Tex, Carson, Zagor e Chico por Fernando Costa (Pallino)

Por José Carlos Francisco

Fernando Costa, conhecido por Pallino nos fóruns italianos dedicados a Tex, é um fervoroso fã italiano de banda desenhada com jeito para o desenho conforme facilmente se constata na foto abaixo, onde para além de dois belíssimos desenhos de sua autoria (inspirados em Giovanni Ticci e Giovanni Romanini) podemos também ver alguma das séries que colecciona: a colorida colecção histórica de Zagor, o Texone de Fabio Civitelli “La cavalcata del morto” e a edição especial L’audace Bonelli.

Este pard italiano de 45 anos ama coleccionar os fumetti Bonelli (não todos apenas por uma questão de espaço) e actualmente colecciona Tex inédito, os  Maxi Tex, a Colecção Histórica a Cores, os Almanaques  (embora lhe faltem alguns números), todos os Tex Gigantes desde o longínquo 1988, ano da publicação de “Tex il grande” do mestre Buzzelli, Zagor Colecção Histórica a Cores, todos os Maxi de Zagor, os Almanaques da Aventura, Mister No reeditado pela editora IF, O Pequeno Ranger igualmente da IF, Shanghai Devil, Cassidy (porque adora o mestre Alessandro Poli, o capista da mini-série), e por fim colecciona também as publicações western da GP Publishing (Durango,Comanche e proximamente em Setembro também Jonhatan Cartland). E desde Julho colecciona também a nova série Bonelli “Saguaro”, considerando-se um orgulhoso amigo (por enquanto somente no  Facebook) do artista Marco Foderà considerado o melhor intérprete gráfico desta nova personagem.

Acima podemos observar um desenho de Tex de sua autoria realizado como forma de homenagear o grande maestro Giovanni Ticci. À parte o nariz (é muito difícil imitar o nariz ticciano) trata-se efectivamente de um magnífico desenho que à primeira vista parece mesmo ser de Giovanni Ticci, mas voltando à sua faceta de “desenhador”, a Nona Arte foi sempre uma grande paixão de Fernando Costa, mas infelizmente as vicissitudes da vida o afastaram desse caminho, mas o “bichinho” foi mais forte e há cerca de um ano (para nosso gáudio) recomeçou a desenhar novamente e bem como se pode observar neste magnífico Kit Carson inspirado numa ilustração de Giovanni Romanini, um verdadeiro mestre que ajudou o grande Magnus aquando do seu Texone La valle del terrore” (O vale do terror) ao realizar os magníficos cavalos, como todos nós sabemos:

Fernando Costa não é um desenhador na verdadeira acepção da palavra, até porque nunca frequentou uma escola de arte ou sequer algum curso, apenas exercitou com o seu lápis e a sua borracha embora recentemente se tenha também aventurado com a tinta da china para poder arte-finalizar os seus desenhos e assim poder realizar pranchas de banda desenhada como tantos autores que aprecia.

E entre esses desenhadores admirados estão acima de todos, Galep, Ferri, Villa e Mastantuono, mas no presente também os irmãos Cestaro se juntaram à lista por terem dado uma versão viril e decidida do nosso amado Ranger. E foi Gallieno Ferri quem o motivou em mais uma bela arte, esta de Zagor e Chico naquela que foi a sua primeira interpretação de ambas as personagens criadas por Guido Nolitta:

Fernando Costa, ou Pallino como é mais conhecido, espera melhorar os seus trabalhos cada vez mais, só para ter uma satisfação pessoal já que infelizmente a sua idade (45) não lhe permite aspirar a seguir uma via profissional relacionada com a banda desenhada, mas a sua paixão é tão grande que recentemente fundou um grupo no Facebook chamado “La vetrina del fumetto” e que lentamente ganhou simpatia inclusive junto de muitos autores famosos, incluindo o nosso admirado Claudio Villa.

Entre uma leitura e outra Fernando Costa pega no seu lápis e se ainda não consegue reinterpretar os grandes mestres da Nona Arte, fica satisfeito com o que desenha, tal como certamente ficarão todos os leitores do blogue do Tex ao apreciarem a sua arte!

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

Um comentário

  1. Molto bello!!

    Parabéns, e que siga treinando Pallino, pois vemos vários mestres do desenho na casa dos 90 anos (como o Ferrig, em breve e com muita saúde e disposição), e firme e fortes, idade sempre adicionaremos mais, e com coisas que gostamos, aguardaremos mais e mais velinhas pela vida.

Responder a Wilson Sacramento Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.