Secção “Mundo Bonelli” estreia na renovada revista Mundo dos Super-Heróis

Por Ezequiel Guimarães

Chega hoje, dia 15 de Março, às bancas brasileiras a 31ª edição da reformulada revista MUNDO DOS SUPER-HERÓIS, comemorando o seu 5º aniversário, com dois grandes heróis europeus: TEX e TINTIM

.
Tudo na vida está em constante mutação: o nosso corpo a cada dia sofre transformações, as empresas estão sempre mudando, na verdade o mundo está sempre transmudando. E a conceituada revista MUNDO DOS SUPER-HERÓIS não poderia ficar alheia a isso: ela mudou! Não é mais totalmente centrada em super-heróis como antigamente, está mais diversificada.

Tudo isso para ampliar a sua gama de opções e dar mais informação e entretenimento aos seus leitores. A mudança não vai fazer a revista abandonar os quadradinhos, apenas ampliar o foco de suas matérias, agora com definitiva abrangência multimídia, ou seja, abarcando outras mídias, mas desde que tenham algo a ver com quadradinhos. Por exemplo, cinema e TV, mas com matérias que sejam sobre produções que tenham produtos oriundos de quadradinhos, ou que geraram quadradinhos.

Isso já vinha acontecendo em algumas edições: produções televisivas e cinematográficas já haviam sido citadas, mas não era algo definitivo no escopo da revista. Mas, as últimas 3 edições (nºs. 28, 29 e 30) tiveram cinema na capa (uma parte importantíssima da revista, pois a matéria principal é a que estará na capa). Stars Wars, o filme do Capitão América, e a Marvel no Cinema foram capas das edições citadas acima. Como a resposta do público foi muito positiva, agora é definitivo: isso vai acentuar-se cada vez mais, e todas as mídias terão espaço prioritário na revista, com foco, sobretudo em cinema e TV. É a MUNDO ampliando os seus horizontes para cada vez mais cativar os seus leitores. Tudo isso faz parte de uma reestruturação editorial que se iniciou em 2010, e agora chega nesta edição para consolidar esse facto. Manoel de Souza, editor da revista, informa: “A ideia é deixarmos a revista cada vez mais divertida e informativa, mostrando os heróis que tanto gostamos nas diversas mídias em que participam”.

E o Ranger mais destemido do velho Oeste não poderia ficar de fora desse novo enfoque multimídia, pois Tex Willer já brilhou na tela grande. Na nova edição da MUNDO (nº 31 – Março de 2012) temos TEX NO CINEMA, falando sobre essa questionada, criticada, mas também amada produção cinematográfica, que foi “Tex e o Senhor do Abismo”, com o grande Giulianno Gemma no papel principal e com o próprio G.L. Bonelli participando também do filme!!

E falando em mudanças, essa matéria também marca a estreia de uma nova coluna na MUNDO, a “Mundo Bonelli”. Isso quer dizer que, apesar de Tex não estar na capa, como muitos queriam, ele agora tem mais do que isso, ele tem a sua própria coluna! A nova secção trará notícias, matérias ou curiosidades sobre o mundo bonelliano. Não haverá periodicidade fixa, pode ser que haverá a matéria em meses consecutivos, como poderá ser que haja espaçamentos. Dependerá da solicitação dos leitores. Para os que querem Tex na capa, isso também é possível! Tudo dependerá da solicitação dos bonellianos.

E as mudanças não param por aí: outra importante é a periodicidade da revista. Agora a MUNDO torna-se mensal, a partir desta edição 31. Com isso teremos o dobro de matérias no ano sobre quadradinhos (das 6 edições vamos para 12 edições anuais), e de suas aplicações multimídias (cinema e TV). Como explicou o editor da MUNDO, Manoel de Souza: “A Editora Europa decidiu aumentar o investimento na publicação. Acreditamos que há grande potencial junto aos leitores e ao mercado anunciante”.

E além de Tex, outro grande herói europeu está nessa edição: TINTIM!
A grande criação do banda desenhista belga Hergé (que já vendeu mais de 200 milhões de álbuns), chegou às telas do cinema e está em 6 páginas, com os detalhes do filme “As aventuras de Tintim: O Segredo do Licorne” (de Peter Jackson e Steven Spielberg), além de outros detalhes do personagem nas revistas e em outras mídias (inclusive com uma galeria de capas de toda a colecção de Tintim).

A matéria de capa é do seriado The Walking Dead. Bastidores das filmagens, curiosidades, resumo dos episódios e muito mais são dissecados ao longo de 25 páginas com diagramação moderna e fartamente ilustrada.

A nova Mundo dos Super-Heróis 31 será lançada esta quarta-feira, dia 15, nas cidades brasileiras de Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Goiânia, Porto Alegre, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Salvador, São José dos Campos, São Paulo e Santos. Mais tarde, no meio do mês de Abril, a revista será recolhida, e seguirá para as demais bancas do Brasil no final de Abril. Há uma intenção de nacionalizar a distribuição eliminando a sectorização actualmente vigente. Isso ajudaria muito as vendas, mas ainda é um projecto.

Caso na sua cidade, caro leitor brasileiro, demore a chegar, ou talvez nem chegue, o ideal é você pedir directamente à editora, ou melhor ainda, assinar a revista. O assinante vai pagar menos por cada edição, além de receber confortavelmente em casa a revista, e em melhor estado de conservação. Para mais detalhes, entre em contacto: ligue (11) 3038-5050 ou 0800 8888 508 ou clique AQUI!

E se você quer, nas próximas edições, mais matérias dos heróis da Casa Bonelli, ou de outros heróis europeus, como das grandes publicações franco-belgas (Astérix, Tintim, Blueberry e muitos outros), faça a sua reivindicação directo com o editor, através do e-mail manoel.souza@europanet.com.br . Ele sempre dá ouvidos à “voz” do povo (prova disso é a nova secção Bonelli, mas que para continuar existindo, precisa continuar a ser solicitada). Também acesse o site www.europanet.com.br/superheroi. E siga no Twitter: @superherois

E fora as matérias já citadas aqui, a revista tem muito mais!
Conforme o release oficial, ainda temos:

Herói sobrenatural (13 páginas)
O Motoqueiro Fantasma é famoso por suas acções radicais: tem pacto com o demónio e age movido pela vingança. Conheça sua carreira no cinema e nas BDs.

Fábrica de clássicos (10 páginas)
Conheça a incrível história da Ebal, a saudosa editora brasileira que publicou grandes fases da Marvel e da DC.

Volta em grande estilo (6 páginas)
Com roteiros mais elaborados e estilo anime, os populares Thundercats ganharam uma nova série animada.

Entrevista inédita com Al Rio (4 páginas)
Pouco antes de sua morte em Janeiro, o desenhador brasileiro contou detalhes da sua carreira, quais eram seus desenhadores preferidos e deu dicas para os iniciantes.

Marvel Universe (3 páginas)
Com figuras menores para baratear os custos, essa colecção de action-figures conquistou os coleccionadores.

Herói absurdo (2 páginas)
Conheça Battle Pope, a polémica e absurda revista independente dos mesmos criadores de The Walking Dead.

Peneira Pop (8 páginas)
Notícias e curiosidades: a biografia de Stan Lee escrita pelo brasileiro Roberto Guedes; como foi a entrega do prémio Angelo Agostini; cursos e eventos. Também saiba mais sobre o cineasta Donald F., que, ainda criança, já criava filmes amadores estrelados por dinossauros, monstros e super-heróis.

E também dois pósteres exclusivos:
Lado A: The Walking Dead
Lado B: As revistas da Ebal que encantaram os leitores entre as décadas de 1940 e 1980

E as já famosas promoções da revista MUNDO:
São três maneiras de ganhar muitos prémios. Basta responder a algumas perguntas de maneira criativa no site www.europanet.com.br/superheroi. Veja só:
1. Promoção The Walking Dead
Cada um dos 10 autores das frases mais criativas ganhará exemplar de The Walking Dead: A ascensão do governador, livro baseado na série de TV.
2. Promoção Transformers
Cada um dos autores das cinco frases mais criativas ganhará um Blu-ray 3D do filme Transformers, O Lado Oculto da Lua.
3. Promoção Clássicos da Comix
Concorra a três superkits, cada um com as BDs Os Mortos-Vivos (Volume 1 a 5); As Aventuras de Tintim: O Caranguejo das Pinças de Ouro; Sandman: Caçadores de Sonhos; Hellbrazer: Origens Volume 2 – Triângulos Infernais; Motoqueiro Fantasma – A Estrada Para a Danação e o DVD DC Super-Heróis Aventuras Lendárias Perdidas. Ganham as três frases mais criativas.

Para finalizar, voltemos a TEX, e já que na edição temos artigo sobre o filme de Águia-da-Noite, relembremos algumas imagens marcantes dessa grande película:


.


.


.


.


.


.


.


.


.


.

* Agradecimentos especiais a Gervásio Santana de Freitas, Rodrigo Bratz, Júlio Schneider e José Carlos Francisco, por cessão de imagens de cartazes e informações sobre traduções, edições italianas e sobre Tex na Itália, para a realização da matéria na MUNDO.

* Agradecimentos especiais a todos que, de uma forma ou de outra, divulgaram a revista e solicitaram matérias bonellianas à MUNDO, via cartas, e-mails, e telefonemas (inclusive Adriano Rainho, e webnautas do Grupo BonelliHQ). A coluna “Mundo Bonelli” é para todos vocês.

* Agradecimentos especiais a Gervásio Santana de Freitas, pela divulgação constante da revista MUNDO no maravilhoso Portal TexBR, e a José Carlos Francisco pelo apoio constante. 

 TEX WILLER, A BANDA DESENHADA DE NOSSAS VIDAS!!!!!!!!!!!

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

29 Comentários

  1. Eu enchi muito o saco do editor Manoel de Souza, pra ele abrir um espaço na revista para os quadrinhos europeu. A princípio ele relutou, mas aos poucos foi cedendo. Agora temos um espaço pra eles. Mas, com certeza, eu não fui o único a pedir pra ele este espaço na revista…

  2. Outrora, eu fiquei irritado por não ter o Tex na capa, agora não tenho nenhum sentimento, de tão ruim que é essa materia, a Bonelli não merecia isso, nem os autênticos colecionadores, o que me anima é que essa revista vai passar e o Tex vai ser eterno.
    Justificar no blogue que arrumaram um espaçozinho para o Tex, é o fim da picada, sou o maior colecionador de Tex do Brasil, mas, nunca mais compro produto que não seja essencialmente quadrinhos…

  3. Vou correndo comprar, e fiquei surpreso de ver que agora tem seção Bonelli, muito bom isso, a Mundo dos Super-Heróis está melhorando a cada dia. E parabéns por colocar Tintim também. Espero que venha Asterix também.

  4. Legal que tem agora seção Bonelli, eu vou comprar e acho muito bom ter Tex. A matéria parece ser muito legal e estou curioso pra ler. Ainda bem que tem quem defende Tex nas revistas sobre quadrinhos. Maior colecionador do Brasil? Coloque sua coleção aí para gente ver, acho que tem coisas interessantes. Qual é seu ítem mais raro?

  5. Itens mais raros? Duas coleções do Tex completas em estado de banca, do 1 ao 37 eu paguei 42 mil reais, a coleção Junior em estado de banca, e todos os demais itens que você considera raridade, e não são, o álbum, Histórias do Faroeste nº 22, etc…
    O adesivo do Tex 300 é o produto mais dificil de achar.
    Acho que ainda veremos Tex na capa dessa revista, o Tex 1 foi o gibi mais caro do Brasil vendido em leilões, merece capa em qualquer publicação…
    Pegue meu endereço com o Zeca e te mostro meus itens.

  6. Acredito que a Mundo vai crescer com essa introdução do Ranger mais temido do Oeste.
    Parabéns aos editores e ao nosso pard Ezequiel, que foi incansável para conseguir esta conquista para Tex. Realmente, quem tem um mercado como Tex não pode ser desprezado. Não entendo como funciona as mentes dos editores. Preferem navegar sozinhos, sem parcerias, sem pensar na melhoria do mercado como um todo, o que certamente traria benefícios para todos.
    Mas quem gosta de Tex precisa ajudar na divulgação com amigos, amigos dos amigos, para que outros venham a conhecer esse grande herói.
    Hoje entrou um cliente no meu studio e viu a minha bibliotex e foi logo perguntando se eu lembrava de Durango Kid, e depois de um papo, emprestei-lhe Tex Coleção 300 para ele ler, dizendo que é revista da minha coleção e por isso tome cuidado. Na verdade espero que ele goste e volte a comprar revistas.
    Renovo meus parabéns e tomara que Tex alcance mais gente por esse Brasil a fora.

  7. PABLO CASADO – o porque da citação de Indiana Jones é explicado no texto impresso. Não deixe de adquirir a sua MUNDO. Obrigado pela participação no blog.

    CARLOS BRANDINO – legal vc ter pedido. Com certeza seu pedido teve um peso especial para o Manoel. Mas continue pedindo, e peça à outros para pedirem, pois há necessidade disso para o espaço continuar existindo. Obrigado por participar conosco do seu interesse por quadrinhos europeus.

    NELSON E PEDRO – legal que gostaram. Tenho certeza que gostarão muito ao ter a edição em mãos, Tem muita coisa boa na edição, como Tintim, EBAL, Motoqueiro Fantasma e outros. Obrigado pela participação no blog.

    G.G. CARSAN – pard, muitíssimo obrigado pelas palavras. Realmente a luta não foi fácil e agradeço à todos que solicitaram à MUNDO um espaço bonelliano. E obrigado por divulgar sempre Tex, aliás, vc é um exemplo a ser seguido, por sua dedicação já a muitos anos em prol do ranger. Também espero que muitos conheçam Tex pela MUNDO. Como a revista atinge locais no Brasil todo, inclusive muitos que não tem a Internet tão massificada, e um público que já tem uma “queda” por quadrinhos, temos chances aí de influenciarmos e trazermos novos leitores para as fileiras texianas. Muito obrigado pelo comentário.

  8. Sergio Bonelli dizia: quem coleciona Tex, compra o gibi do Tex!
    Quem mais compra o gibi do Tex, e os maiores colecionadores, não estão na internet, apreciam arte e textos que vem dos autores originais, e divulgam o Tex muito mais do que pessoas que estão na midia, compram mais, incentivam outros leitores. Pessoalmente, recentemente um site famoso referiu-se a Bonelli como criadores do vaqueiro Tex, quem deveria lançar reportagense nas revistas do Tex é a Mythos Editora, a Mundo teve sua oportunidade, ficou na retranca, teve receio de pôr o Tex na capa… o personagem não precisa ser submetido a testes, é um clássico, de outro publico, diverso dos personagens da Mundo…

  9. Muito bom terem conseguido espaço para TEX mas pelo que vi é só uma página, aí fica difícil comprar a revista só por isso. Vou ver na banca se realmente tem mais coisa boa para ver se vale a pena comprar.

  10. Estou emocionado e contentíssimo com a confirmação desta seção fixa na revista Mundo dos Super-Herois. É como tenho dito ao Manoel e ao Ezequiel: a Mundo é vitrine no Brasil no que diz respeito a revista sobre quadrinhos, cinema e cultura Pop em geral. E, para mim, não importa qual seja o tema ou personagem Bonelli a estar na vitrine da Mundo, tenho certeza de que com a competência do Ezequiel e edição do Manoel, qualquer que seja o tema Bonelli escolhido será muito bem trabalhado e apresentado ao público brasileiro. Parabéns!

  11. Pard Gervásio, eu é que fiquei emocionado com o seu depoimento. Muitíssimo obrigado pelas palavras de incentivo e apoio. Fico muito feliz que uma personalidade texiana da sua estatura, tenha gostado das notícias. Muito obrigado pelo apoio à mim e à revista. Agradeço muito em meu nome e em nome da revista MUNDO. Abraço.

  12. Os leitores do Tex realmente divulgam, mas uma revista divulga muito mais. Se isso não funcionasse, as empresas não gastariam uma grana enorme com propagandas em revistas e TV.

  13. HQs como Tex e Fantasma são clássicos, independem de divulgação, diverso de Marvel/DC e Disney que tem uma serie de produtos licenciados e multimidia fortissima, quem compra um clássico dos quadrinhos como Tex é motivado pela arte e roteiro, as empresas não visam vender HQs e sim bonecos, dvs, roupas, etc…
    Um personagem clássico não vai deixar o editor rico, porem, dá pra se manter.
    Porque o Tex não está na capa da revista? Todos nós sabemos… pena os divulgadores de Tex no Brasil não questionarem, tal fato, não enxergam que é o Tex que está divulgando a revista e não a revista divulgando o Tex.

  14. Todo gibi precisa de divulgação, senão acaba. Cadê o Fantasma? Cadê o Mandrake e tantos outros? Acabaram por falta de divulgação. Os leitores morrem ou desistem e se não surgirem outros leitores o personagem também morre. A Mythos mesmo falou que Tex vem pouco a pouco perdendo leitores e vendendo menos. E ela não investe em divulgação. Não entendo porque acham tão ruim a Mundo dos Super-Heróis divulgar. A Mythos e Tex deveriam é agradecer. O pessoal do portal Texbr viu bem isso e elogiaram. Estou com eles, apoio Tex na Mundo. A Mundo também vai vender mais com Tex, mas Tex também venderá mais sendo divulgado na Mundo.

  15. Todas as grandes e decisivas etapas, tanto na nossa vida como na de qualquer evento, começam geralmente por pequenos passos. Se a Mundo dos Super-Heróis (que infelizmente deixou de vir para Portugal, onde as vendas eram muito baixas) continuar o seu esforço de divulgação de Tex e do panorama Bonelli (mesmo em pequenas doses), isso já representará um grande incentivo, não só para o editor brasileiro de Tex, como para todos os agentes e distribuidores que vendem o material da Bonelli nos lugares mais recônditos do Brasil.
    Hoje em dia, a publicidade é fundamental em toda a casta de produtos… mas custa (como nós dizemos aqui) os olhos da cara. Por isso, como não estar grato à Mundo e a todo o seu pessoal, com destaque para o Ezequiel Guimarães, por prestarem este bom serviço à causa texiana e da BD europeia, sabendo que estão também a remar contra a maré, num espaço até agora dedicado quase exclusivamente aos super-heróis americanos?
    Quem não quiser comprar, não compra… mas há que valorizar o facto de termos uma matéria como a dos filmes de Tintin e de Tex (que já perdeu atualidade, menos para os fãs do Ranger), numa revista tão conceituada e exclusiva como a Mundo.
    Claro que se o filme de Tex tivesse saído agora seria muito provável que a revista lhe desse um destaque de capa. Um trabalho jornalístico bem feito tem de se dirigir ao apetite insaciável dos leitores (cuja grande massa alimenta o mundo da comunicação), destacando os nomes e os factos que estão na berra, sobretudo, no caso da BD, os que se relacionam mais diretamente com o próprio título. E creio que a Mundo sabe fazer esse trabalho… senão não teria chegado ao nº 31 e ao seu quinto aniversário!
    Pessoalmente não gosto da série The Walking Dead, exibida também entre nós, mas só as matérias sobre Tintin, Tex e os heróis da Ebal já me fariam comprar esta edição. Não haverá maneira de a revista poder voltar a ser distribuída em Portugal?

  16. Também acho que Tex e a Mundo dos Super-Heróis só tem a ganhar um com o outro. Se quem gosta de quadrinhos se unissem, ao invés de ficarem malhando e reclamando, todos só teriam a ganhar. A falta de união enfraquece o mercado de quadrinhos.

  17. Toda unanimidade é burra, crítica de quem conhece quadrinhos deve ser respeitada e valorizada por pessoas inteligentes, o próprio Sergio Bonelli relatou que o futuro do Tex não era problema dele, nem dos atuais colecionadores, que não são obrigados aceitar as convicções de determinados segmentos, eu compro essa revista Mundo, mas, nunca vou aceitar divulgação do Tex como coadjuvante.
    A Bonelli e os leitores autênticos do Tex, não se submetem a fracas divulgações, muitas foram as empresas que procuraram Sergio Bonelli para publicidades, e, ele recusou, o dia em que a revista se despir de certas reservas e pôr o Tex na capa, serei o primeiro a elogiar, temos ainda pelo menos mais 15 anos de sucesso com o Tex.
    Tentem comprar uma coleção do Fantasma ou do Mandrake, ou um exemplar antigo, e verão qual é o valor desses personagens.
    Recentemente uma empresa de comunicação que ja publicou o Tex colocou no site deles que Sergio Bonelli, o criador do vaqueiro Tex havia morrido, certas divulgações, cheias de reservas, não acrescentam nada ao personagem, Tex é um classico não é uma empresa coletora de lucros, não deve se misturar com DC e Marvel, que tem seus seguidores…

  18. Pard e amigo Ezequiel Guimarães, Parabéns!!!

    Uma seção permanente sobre Tex e todos personagens Bonelli na revista Mundo dos Super Heróis é algo realmente importante na divulgação dos quadrinhos italianos, principalmente para as novas gerações, quantos jovens que não sabiam quem era Tex e a partir destas reportagens passaram a conhecer o nosso Águia da Noite!

    Nos dias de hoje, na Itália, na casa do Tex, são publicadas a todo momento novas coleções, um mundo de ítens colecionáveis diferentes surgem a cada dia, estatuetas, filmes, pôsters, etc… a todo momento ocorrem Exposições Texianas, isto logicamente com o claro objetivo de divulgação e propaganda.

    Por exemplo, se não existissem estas mídias como o Blogue Português do Tex ou mesmo o maior site da América Latina de Tex, o Texbr, eu não estaria aquí opinando sobre o meu herói dos quadrinhos, este espaço que você conquistou tem o mesmo valor destes sites da Internet, pois abrange um público diferente, a mídia escrita, nesta seção poderemos opinar, dar sugestões, participar ativamente, não é mesmo?!!!

    Então, vá em frente, continue nesta luta, pois você é um grande guerreiro e sei que você trava uma batalha diária para manter este espaço conquistado na revista e conte comigo, pois estarei pedindo mais matérias e Tex na capa, e tudo que for possível, se todos nós, amantes dos quadrinhos Bonelli fizermos isso, com certeza você terá uma maior força para ampliar este espaço na revista Mundo dos Super Heróis.

  19. O blogue português do Tex é o que há de melhor no mundo dos quadrinhos, especialmente do Tex, e o Zeca é o representante maior do Tex no mundo, o Tex ainda é uma reserva moral dos quadrinhos, mesmo tendo sido especulado exageradamente nos últimos anos, ainda bem que temos colecionadores autênticos, tradicionais, na defesa do personagem.
    A Mundo dos Super-Heróis é uma grande revista, o Ezequiel, um expoente dos quadrinhos no Brasil, e o blogue abre espaço inteligente para opiniões diversas, não posso opinar sobre propaganda porque não sou comerciante, sou colecionador, nem gosto de bonecos, porém uma revista com Tex na capa, acho fundamental, quanto mais opiniões diversas da minha, mais realizado estarei, porque defendo a independência do personagem, como sempre foi no Brasil, subitamente, algumas pessoas supõe que o Tex vai acabar, se não se submeter a todo tipo de divulgação.
    Tex, Fantasma, Mandrake, Superman, Homem-Aranha, Batman, Disney, e outros clássicos, na minha opiniâo se equivalem… não necessitam de pequenos espaços, porém, sinto ainda muita reserva em relação ao Tex por ser faroeste italiano, e, batalho sozinho para acabar com isso…

  20. Caro Jorge Magalhães.
    Muitíssimo obrigado pelo seu interessante e balizado comentário. Após décadas e mais décadas dos seus belos serviços prestados à BD (e que ainda continua a prestar), é muito importante conhecermos sua opinião. Muito obrigado pelas palavras de incentivo. Quanto à MUNDO voltar a Portugal, vou passar sua solicitação ao Editor, e veremos se há possibilidade. Voltaremos com mais informações sobre esse assunto à você e aos amigos portugueses que se interessam pela revista.

  21. Li esses dias aqui essa matéria e fui procurar a revista e não achei. Mas hoje consegui achar e comprei. Está muito boa a matéria do filme de Tex, com coisas que eu não sabia. Parabéns pra Mundo dos Super-Heróis pela matéria. Só acho que ela deveria ser maior e estar em 2 folhas. Tomara que tenha o mês que vem também, mas em 2 folhas no mínimo. E que tenha também matérias de Zagor. E também Mágico Vento, que é muito bom também.

  22. Caro Ezequiel:
    De facto, estou nesta frente de batalha pelos quadrinhos há várias décadas – desde que fui coordenador do ‘Mundo de Aventuras’, nos anos 70 e 80, e espero continuar com o meu modesto contributo enquanto tiver vida e saúde – e por isso sei apreciar o esforço, a dedicação e o talento de quem ocupa as novas trincheiras deste combate, numa época em que a revolução tecnológica veio pôr em causa o próprio futuro dos quadrinhos tal como ainda os concebemos.
    É preciso estar atento a esse fenómeno, sob o signo de uma atualidade que, quer queiramos quer não, muitas vezes nos escapa, e procurar observá-lo e analisá-lo de forma lúcida e objectiva, como fazem você, caro pard Ezequiel, e outros especialistas da ‘Mundo dos Super-Heróis’, uma revista que tem sempre muitos tópicos com interesse e uma apresentação gráfica de ‘encher o olho’, mesmo àqueles leitores que privilegiam outras matérias.
    Acompanhei parte do seu percurso enquanto foi distribuída em Portugal, encontrando nela um bom complemento para outras revistas que só se dedicavam à BD franco-belga, como a ‘Bodoi‘, e por isso a minha mágoa quando deixei de a encontrar nas nossas bancas, embora soubesse que continuava em publicação.
    Longa vida à ‘Mundo‘ e oxalá que, como é desejo de tantos fãs de Tex Willer e Zagor, entre os quais me incluo, possa dedicar cada vez mais espaço aos nossos amados heróis da Bonelli e a outros tão dignos de apreço e de divulgação como a maioria dos super-heróis americanos.

  23. E deveriam falar de Ken Parker também. Apesar de não ser mais publicado é um grande personagem.

  24. Caríssimo Jorge Magalhães, muitíssimo obrigado pelas palavras e pelo grande incentivo. Fico muito contente que aprecias a MUNDO. Para ela conter mais matérias bonellianas e de outras BDs européias, e possivelmente até ampliando o espaço para tal, caso queira ajudar que isso ocorra, por favor, envie um e-mail de solicitação desse tipo de matéria ao editor Manoel, no e-mail manoel.souza@europanet.com.br , e incentive outros amigos portugueses a fazerem o mesmo. O editor Manoel está sempre avaliando mês a mês as solicitações que recebe, para ampliar ou manter (ou cortar) espaços dentro de cada edição. Muitíssimo obrigado pela participação, e pelo incentivo, grande abraço.

  25. Caro Pard e amigo Adriano, muitíssimo obrigado pelas suas palavras, fico muito agradecido. Você viu com muita propriedade o que estou tentando fazer na MUNDO: DIVULGAÇÃO! Muito obrigado pelo comentário e incentivo. E muitíssimo obrigado pelas solicitações de matérias à MUNDO, pois realmente isso é fundamental para a continuação do espaço conquistado. Grande abraço amigo, e PARABÉNS pelo empenho e a realização agora de seu 2o. evento texiano, FANTÁSTICO!!!

  26. Comprei essa também. Muito boa a matéria sobre o filme, tem várias coisas lá que eu não sabia. A Mundo Bonelli está de parabéns. Gostei muito também do Tintim, muito completa a matéria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.