O Alfabeto do Velho Oeste – Letra J

Wilson Vieira:

Desenhador e Argumentista Brasileiro de Banda Desenhada, com mais de 36 anos de experiência, dos quais 7 deles (1973/80), participando como colaborador do estúdio Staff di IF em Génova/Itália, ilustrando também alguns episódios de Il Piccolo Ranger para a Sergio Bonelli Editore, Diabolik, Tarzan e o Homem-Aranha (Octopus desafia o Homem-Aranha). É também o autor da saga Nordestina: Cangaceiros – Homens de Couro e da série western – Gringo, assim como autor de vários outros roteiros. E escreve, escreve…
É também autor do seguinte blogue na Internet:

http://brawvhqs.blogspot.com/

Caros LeitoresGeograficamente falando, como sabem o território dos Estados Unidos da América pode ser dividido em três zonas:
1 O Leste, ou seja, a faixa costeira Atlântica delimitada a ocidente pelas cadeias montanhosas de Allegheny e Apalaches.
2 O Oeste, ou seja, o planalto central ocupado inteiramente pela bacia hidrográfica do Mississipi-Missouri e caracterizado, principalmente em sua parte ocidental, pela imensa vastidão de planícies.
3 E o Far West, ou seja, a região que compreende as Montanhas Rochosas e suas vertentes ocidentais que deslizam para o Oceano Pacífico. Tais configurações geográficas são importantes, para compreendermos bem o desenvolvimento histórico da colonização da América do Norte; a faixa costeira Atlântica foi logicamente a primeira a ser dominada pelos Europeus e por ela surgiram os primeiros vilarejos e as primeiras cidades (1600 e 1700), depois, (início de 1800), o grande planalto central foi, não só atravessado, como colonizado, enquanto que os pioneiros erroneamente o consideraram inapto para a cultivação e preferiram seguir para o Far West, ou seja, o Oregon e a Califórnia. Na segunda metade do século, finalmente também foi retomado o imenso planalto, deixado por tanto tempo antes aos índios e bisontes, transformando-se em objectivo de emigrantes, que lá se estabeleceram e colonizaram. Isso deverá ser recordado, para estabelecer dois conceitos, geralmente confusos. 1 Aquele de “fronteira”. 2 Aquele de “conquista” do West. De facto, desde que núcleos de colonizadores ingleses estabeleceram-se na Virgínia em 1620, a vida dura de fronteira, foi para os predecessores brancos uma realidade quotidiana, com todos os percalços e perigos que ela representava; principalmente a hostilidade natural dos índios nativos diante dos cruéis invasores. Ao contrário, com a expressão “conquista” do West, entende-se somente aquele movimento de massa humana, que teve início nos primeiros anos de 1800 e avançou além das fronteiras, pelas cadeias de montanhas, até o vale do Mississipi e depois, foi até à costa do Pacífico; nesse sentido a “conquista” do West não é mais que, o último período da história da fronteira americana. Sendo assim, para esmiuçar o passado americano, que tanto nos fascina, apresento com imensa satisfação O ALFABETO DO VELHO OESTE propondo esse database western básico, narrado a verbetes, em ordem alfabética, os pormenores sobre tal época. Projecto online penso, pioneiro tanto em Portugal, quanto no Brasil, estimulado a publicá-lo, através do amigo entusiasta José Carlos Francisco (Zeca), o qual me ofereceu generosamente o espaço, neste já renomado Blogue e aceitei. Será um trabalho longo e árduo admito, porém prazeroso, onde a cada letra específica, o amigo leitor encontrará uma variedade de descrições relativas a ela, num período onde homens, mulheres, animais, geografia e clima, entrelaçavam-se na batalha árdua do quotidiano em busca da sonhada sobrevivência o Velho Oeste. Espero que aprovem o conteúdo sugerido e me acompanhem, nessa aventura extraordinária, agora com a letra…

J

Jack Johnson –  O afro americano Jack Johnson, foi campeão mundial dos pesos máximos do boxe em 1908 até 1915. Acumulou uma grande fortuna, obstante o seu grande esbanjamento, perdeu o título com seus 37 anos, após ter derrotado todos os seus desafiantes, por nocaute. Somente em 1900, foram fixados os limites das lutas e foi aderida uma tabela de pontuação, para julgar a supremacia de um pugilista sobre outro.

Jack London –  (1876 – 1916). Escritor socialista chamado também por “Gorki Americano” publicou 43 livros, seus melhores são “O chamado da floresta”, “Caninos Brancos” e o romance quase que autobiográfico “Martin Eden”.

James, Jesse (Woodson) –  Fora-da-lei Americano, nasceu em Kearney (Centerville), no condado de Clay (Missouri) em 3 de Abril de 1882. Sua família (cujo pai era um Pastor Baptista) era originária do Kentuck e apoiava abertamente a causa Sulista, durante a guerra. Com menos de 16 anos, militando nas tropas dos Guerrilheiros Sulistas, comandadas por William Clarke Quantrill, já era famoso por sua bravura e habilidade em atirar. Terminada a guerra, ele se entregou, mas quando retornou para casa, foi declarado fora-da-lei por causa da hostilidade com seus vizinhos. Em 1866, ele se uniu a Alexander Franklin James, Coleman Younger e outros bandoleiros, formando um bando armado, que durante 16 anos, cometeram vários homicídios, assaltos a trens e assaltos em bancos, nos Estados do Middle West. O governador de Missouri, Thomas T. Crittenden colocou um valor sobre a sua cabeça de 10.000 dólares, junto a seu irmão; por isso dois homens do próprio bando, Charles e Robert Ford, tornaram-se seus traidores e o mataram em sua casa em St. Joseph, onde vivia com o nome falso de Thomas Howard. Mais tarde, Frank James, entregou-se, porém nunca foi condenado e passou o resto de sua vida numa fazenda perto de Excelsior Springs, Missouri. Quando ainda vivia, Jesse James foi admirado por muitos, por suas épicas e espectaculares aventuras; quando morto, surgiram as lendas; foi o herói imbatível de certa Literatura popular. Muitos anos após, seu filho Jesse Jr. assistindo ao primeiro filme sobre a vida de seu pai, observou: “Uma coisa o protagonista do filme e o meu pai se assemelham: ambos andavam a cavalo e nada mais”.

James Naysmith – No último quarto do século, pode-se dizer que nenhum desporto fosse ignorado nos EUA. Pelo contrário, foram inventados alguns novos também, como o basquetebol, criado pelo professor James Naysmith, num colégio de Springfiels, Massachusetts, que em 1892, recebeu a incumbência de “Inventar” um novo desporto que podia ser jogado tanto ao ar livre, como em quadras fechadas, e que exigisse poucos adereços. Assim nasceu o “Basket-ball”, que obteve rapidamente uma grande aceitação por parte dos Americanos. Quanto ao futebol, as três quadras melhores foram, por volta de 1880, as da Universidade de Yale, Princeton e Harvard. Na primeira Olimpíada moderna que aconteceu em Atenas em 1896, os Americanos venceram quase todas as competições de atletismo, excluindo as corridas de 800 e 1.500 metros; nas competições de tiro ao alvo, conseguiram tantas vitórias, que foram acusados de serem profissionais.

Jaqueta – A jaqueta do cowboy tinha a forma de uma blusa, pois era para o cavaleiro a forma mais prática. Nas regiões quentes ao Sul, era feita com tecido Mexicano, mais leve e nas regiões ao Norte, eram feitas com algodão da Virgínia, da marca “Machinaw”. Nas montanhas eles preferiam jaquetas feitas com peles de urso, de ovelhas de montanha e do próprio puma. Enquanto que para cavalgarem no dia a dia “Riding Coat”, a jaqueta pertencia como as botas e as esporas, ao equipamento do cowboy e a sua vestimenta quotidiana de trabalho.

Jennings – Os irmãos Ed, Al, Frank e John Jennings, foram advogados que exerceram as suas funções de 1893 a 1895, em Woodward, Oklahoma. Em 8 de Outubro de 1895, durante um processo civil, tiveram como adversário o famoso advogado e pistoleiro Temple Houston. Durante a noite daquele mesmo dia, Ed e John Jennings encontraram Temple Houston no saloon “Cabinet” e começaram a falar mal dele, depois ameaçaram atirar. Houston então sacou o seu revolver e atirou na cabeça de Ed e no braço de John. Quando, uma hora mais tarde, Frank Jennings começou a gritar que se vingaria dos irmãos, Temple Houston colocou-se diante da casa deles, esperando-o. Ninguém apareceu. No dia seguinte, desapareceram da cidade e todo o Estado de Oklahoma riram deles. Então para demonstrarem que tipos de homens eram, formaram uma quadrilha e em 16 de Agosto de 1896, assaltaram o trem de Santa Fé, perto de Tocumseh. Conseguiram 4 dólares e um relógio do bilheteiro. Em Outubro de 1886 assaltaram outro trem, agora da Linha Rock Island. Conseguiram uma garrafa de whisky e um cacho de bananas ainda verdes. Três semanas depois, foram capturados todos eles, pelo vice-xerife Federal Bud Ledbetter e condenados a 5 anos de prisão.

Jerkie –  Tiras de carne de bisonte seca sob o sol, que eram ingeridas pelos Índios, cowboys e Mexicanos, geralmente cruas. Moída e misturada com sebo e gordura e colocada em saquinho de pele bruta, a carne era chamada por “Pemmican”.

Jerky – Na gíria do cowboy, indicava o carroção dos Correios.

Jersey Lily – Saloon e Tribunal do conhecido e pitoresco juiz Roy Bean, em Rio Pecos, Texas. Parte do nome desse local foi inserido, em homenagem à sua grande e impossível paixão, a belíssima actriz Lily Langtry.

Jicarillas – Na linguagem dos Apaches “Xicarillas”, “Hickorias” e também “Ipa-n’de” = Povo. Tribo dos Apaches que habitava no território ao qual hoje corresponde ao Texas ocidental e sul-ocidental e ao Novo México norte-oriental. Cultivavam os campos irrigados com milho e construíam cestos, similares aos habitantes dos “Pueblos”. No século XVIII, para salvarem-se dos “Comanches”, “Wichitas” e “Utes”, que os assaltavam constantemente, procuraram refúgio nos “Pueblos”. Os Jicarilhas consideravam também os Americanos como libertadores da escravidão hispano-mexicana, mas voltaram-se contra eles, depois que em 1849 os primeiros colonos Americanos, ocuparam as suas terras. Kit Carson combateu-os com uma pequena tropa e em 1851 obrigou-os a um tratado de paz. Os Jicarillas foram então conduzidos para uma Reserva, para o Forte Webster, do qual o comissário governativo demitiu-se, pois não recebia ração para distribuir a eles. Em 1853 abandonaram a Reserva e sobreviveram de assaltos e de agressões. Uma tropa Americana, sob o comando do tenente Bell, caiu numa emboscada e foi por eles dizimada, à excepção de 19 soldados. Enfim o general Garland derrotou-os definitivamente e em 30 de Julho de 1853, foi novamente estipulada à paz. Daquele momento os Jicarillas tornaram-se um Povo pacífico, mesmo quando durante o início da Guerra Civil Americana, a União chamou as suas tropas do Oeste e abandonou completamente os Fortes.

Jingle Bobs 1 – Ornamentos de metal em formas de esferas, que eram pendurados nas esporas e tilintavam durante o caminhar. 2 – Marca feita nas orelhas dos bovinos. 3 – Modo de marcar os bovinos nas orelhas: os lóbulos das orelhas eram divididos em duas partes. J. S. Chisum foi o primeiro a introduzir essas marcas e por essa razão os seus animais eram chamados simplesmente de “Jingle Bobs”.

Jogador – (Gambler) – O jogo de cartas era considerado no Velho Oeste, não somente um passatempo, uma especulação, um modo de ganhar dinheiro, mas, sobretudo, uma espécie de competição desportiva. Portanto todos os jogos de cartas, como: “Poker”, “Seven Up”, “Stud Poker”, “Black Jack”, “Monte”, “Faro”, etc., não somente eram considerados uma profissão respeitável, mas os jogadores, não eram desprezados, como são representados hoje. O homem que fosse um bom jogador, frio, imperturbável, e que por isso atingia o sucesso, era altamente considerado. Por exemplo: Wild Bill Hickok, Barkleay Bat Masterson, Ben Thompson, Bill Tilgman e outros. Os cowboys eram grandes jogadores e apostadores apaixonados. Mas, eram desprezados os ladrões, ao serem descobertos, arriscavam de serem mortos no próprio local, ou no melhor dos casos, eram escorraçados das cidades, debaixo de muito insultos.

Jogo do anel e a lança – Galopando em velocidade, precisava o cavaleiro, enfiar e carregar uma pequena argola de metal. Era um jogo muito antigo, usado já como um desporto nacional dos Beduínos, Mongóis, Cossacos e Persianos e que foi praticado com muito entusiasmo também pelos cowboys. As argolas, que possuíam geralmente um diâmetro de 5 cm., eram suspensas, mediante uma fina corda, cerca de 2,10 cm do solo, presa numa haste de madeira fincada ao chão. Em cada haste ou (braço), eram enfiados 3 argolas distantes entre elas. Faziam-se grupos de 4 cowboys e o número de argolas, recuperadas em três vezes, determinava o conjunto vencedor. Quem já viu um cowboy galopar a toda velocidade, sabe o que quer dizer, enfiar a tal argola com uma lança longa 2,10 e manter as três argolas enfiadas em sua lança até ao fim da competição.

John L. Sullivan – Foi campeão mundial de pugilato de 1882 a 1889. Foi o último grande campeão a lutar com os punhos nus. Poucos adversários resistiram além do primeiro “round”. Somente Jacke Kilrain de Baltimore conseguiu resistir durante 2 horas, 16 minutos e 23 segundos. Em 8 de Julho de 1889, Sullivan enfrentava um adversário, quando o médico do local avisou-o: “Se insistir com ele, você morrerá”. Então foi jogada a toalha. O único defeito de Sullivan era que bebia em demasia. O primeiro campeão Americano foi Tom Allen, em 1873. Desde então o predomínio dos lutadores Americanos foi surpreendente.

John Pierpont Morgan – Não existiu sector da Indústria pelo qual John Pierpont Morgan, não tenha se interessado. Foi a mais eminente personalidade do mundo bancário Americano. Adquiriu as minas de ferro de Rockfeller e em 1901, após difíceis tratativas, adquiriu também o “Império de Carnegie”, o qual era então o maior produtor de aço do mundo. Ao fim do século, o banco Morgan, chegou a financiar o Governo Americano.

John Wesley Hardin – Passado para a história do Velho Oeste, como o pior bandido e pistoleiro do Texas. Foi outro jovem, entre tantos que assumiu a responsabilidade de suas acções, no pós-guerra. No ápice de sua carreira como “killer”, disse: “Matar um negro significava naqueles tempos, ser inevitavelmente condenado à morte, por um tribunal sustentado por baionetas Nortistas; assim, contra a minha vontade, eu me transformei num perseguido não da justiça, mas da injustiça daqueles que tinham subjugado o Sul”. O negro mencionado, Hardin o matou em 1868, aos quinze anos. Esta personagem foi morta em 1895, num “saloon” de El Paso, durante um simples, porém trágico, jogo de cartas.

Jornal de bordo – Diário prescrito pela Lei, para navios em viagens internacionais. Neles eram registadas todas as observações e os acontecimentos importantes do ponto de vista náutico. De forma análoga a essa existia também nos primeiros anos em grandes manadas de bovinos do Texas para o Norte. A marcha através do oceano infinito de gramas, pelas grandes planícies, era muito similar às viagens de navios pelos mares. O responsável pela manada, mas também muitos cowboys mantinham o tal diário actualizado, onde escreviam tudo, até os detalhes mais insignificantes. Todos esses diários ou (jornais de bordo), foram recolhidos e publicados em 18 volumes pela “Texas Trail Driver’s Association”. O famoso “The log of a cowboy”, termina assim: “Ocupem vocês desses Texanos! Esses rapazes trazem em suas costas, as mais duras e longas marchas de manadas de toda a História Americana. O que fizerem de bom para eles, sempre será insuficiente. O trem parte, daqui a 20 minutos. Até lá, os meus rapazes, devem sentir-se como no Paraíso. Dêem a eles uma garrafa do melhor whisky e uma caixa de charutos, como daqueles que fuma o nosso Presidente”.

Jorongo – Poncho Mexicano, também conhecido por “Sarape”.

Joseph – (Chief Joseph) – Foi um grande cacique dos Índios “Nez Percés”, possuía uma aparência agradável e possuía certa instrução. Revelou-se um orador hábil e sábio, por isso muitos brancos o admiravam. Filho de um Índio “Cayuse” e de uma Índia “Nez Percé”, foi chamado Joseph por um missionário que foi também seu professor. O seu nome Indígena: “Hinmaton-yalatkit”, que significava: “O Trovão que vem das Águas, além das Terras”. Sua tribo, amiga dos brancos, foi, com o Tratado de 1863, despojada de todo seus bens que possuía em Wallowa Valey e seus subordinados foram obrigados a viverem em Reserva, fugiram para o White Bird Canyon, próximo ao Salmon River, Idaho. Em 6 de Junho de 1877, Chief Joseph foi derrotado pela tropa Americana, conseguindo, porém escapar, juntamente com alguns outros poucos guerreiros. Foram então para o Canadá e durante dois meses, enfrentaram centenas de soldados, num percurso de 2.000 milhas. Enfim, em 5 de Outubro de 1877, a menos de um dia da fronteira Canadense, ele se entregou em Bear Paw Mountains, Montana. Chief Joseph foi deportado para Oklahoma, onde obteve a autorização, para com seus guerreiros fieis, irem par a Reserva de Colville, em Washington. Lá ele morreu, em 21 de Setembro de 1904, em sua casa a Nespelem.

Judge1 –  O Juiz de Paz era um Juiz que participava da administração comunitária de um centro habitado. Ele, em base das leis formuladas em defesa das ordenanças válidas para aquelas comunidades, preside somente debates de natureza civil e pode sentenciar em processos não superiores a 150 dólares. O Juiz Distrital era um Juiz que após eleito para um período de 2 a 4 anos, resolvia processos civis e penais de um distrito ou de uma região. Ele aplicava todos os parágrafos da Legislação. O médico legal “Coroner” conduzia o primeiro exame do cadáver de um homem e indicava as causas de sua morte, as quais podiam também ser formuladas simplesmente por uma denúncia. 2 – Árbitro nas manifestações desportivas, por exemplo; nos rodeios.

Jumenta – (Mare) – Na língua usada pelos cowboys servia para indicar como “Jumenta”, ao animal, unicamente para reprodução e que, portanto não era selada. Antes de tudo porque custava muito caro e depois porque para o cowboy, não eram bastante “duras”. Eles chamavam esses animais de trabalho, seja os machos que as fêmeas com o nome genérico de “Cavalos Bois” (Cow Horses). As jumentas de reprodução eram montadas exclusivamente por mulheres e crianças; para cavalgar, pois eram animais muito dóceis. Essas jumentas nas “Remudas” provocavam muita histeria entre os machos, causando um grande reboliço no local.

Jumper – Jaqueta pesada e reforçada com pele, usada geralmente em vegetação baixa.

Justiça da selva – (Sagebrush Justice) – Justiça popular usada no início do Velho Oeste, onde era aplicada a Lei, digamos, ao “pé da letra”, invés de se encontrar uma solução lógica e útil para toda a comunidade. Por exemplo, segundo o Código de honra do Far West, os ladrões de cavalos eram enforcados rapidamente, enquanto que a Lei os teria condenado somente a quatro semanas ao máximo de cadeia. Certa vez um juiz de Nevada, fez chicotear um ladrão de cavalos e mandou marcar, em cada uma das mãos, do infeliz, com ferro quente, a letra T (de thief=ladrão), deixando essas marcas, esculpidas por toda a sua vida. Certa vez em 1859, uma mulher do Missouri, queria casar-se com um negro. A tradição Sulista, porém proibia que uma mulher branca, casasse com um homem negro, a menos que também ela tivesse sangue negro. Sem titubear, o juiz pegou uma faca, talhou o braço do negro e fez com que a mulher bebesse algumas gotas, depois casou-os, calmamente.

* Caricatura: Fred Macêdo
* Edição, revisão e adaptação portuguesa: José Carlos Francisco

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.