Mythos Editora representada ao mais alto nível na exposição dedicada aos 25 anos de Fabio Civitelli a desenhar Tex, a realizar em Beja

Por José Carlos Francisco

Fabio Civitelli e Dorival Vitor LopesA Mythos Editora, a editora brasileira que edita Tex Willer, estará representada ao mais alto nível nas comemorações do 25º aniversário de carreira de Fabio Civitelli a desenhar Tex integradas no 6º Festival Internacional de BD de Beja, com destaque para a exposição de originais do artista italiano, já que será representada pelo editor do RangerDorival Vitor Lopes e pelo legendador (letrista, no BrasilMarcos Maldonado Rodrigues que virá acompanhado da sua esposa, Dolores Maldonado, também ela um nome grande da história de Tex no Brasil, já que no passado também foi legendadora de Tex.

O editor (de Tex, Zagor e outros títulos Bonellianos) Dorival Vitor Lopes regressa a Portugal pela enésima vez e é já sobejamente conhecido da grande maioria dos fãs portugueses do Ranger, pelo que já dispensa apresentações.
Dorival Vitor Lopes, José Carlos Francisco, Antonio Maldonado e Marcos Maldonado em Sorocaba - Dezembro de 2003Marcos Maldonado Rodrigues, natural de Sorocaba, Estado de São Paulo, Brasil, nasceu em 25 de Abril de 1940 e é legendador de Banda Desenhada desde 1969, tendo iniciado a sua ligação com Tex no dia 3 de Março de 1980 (tratava-se de Tex nº 110, “A Sombra do Patíbulo“, 130 páginas), portanto já lá vão 30 anos participando das aventuras deste nosso destemido herói do oeste.
Já de Dolores Maldonado reza a lenda que aquando do legendamento (letreiramento, no Brasil) manual, a sua caligrafia era tão semelhante com a do seu marido que não se conseguia identificar o início de uma e o fim de outra. Durante muito tempo ambos legendaram juntos, pois na época tinham tanto trabalho e algumas histórias tinham o prazo tão apertado que eles dividiam as páginas legendando por vezes a mesma história de  Tex para a Editora Vecchi.
Marcos Maldonado a legendar à mãoDepois de publicadas as revistas ambos tentavam sem sucesso descobrir o que um ou outro tinha legendado. Isso era possível por terem iniciado juntos o treino de legendamento, ainda em 1969, copiando histórias de revistas da época e seguindo o estilo de letras de Antonio Maldonado, irmão de Marcos Maldonado, também ele legendador e que já era muito conhecido no meio das Histórias em Quadradinhos.

A presença de tão ilustres visitantes oriundos da editora brasileira é certamente mais um motivo de peso a juntar à presença do consagrado desenhador Fabio Civitelli, para a comunidade Texiana se deslocar em força à histórica cidade de Beja nos dias 29 e 30 de Maio de 2010, por isso prezado pard, esperamos por si em Beja!

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

Um comentário

  1. Grande Zeca,
    Tudo bem por aí? Por aquí, vamos mais tranquilos que nem “tropeiro de lesma”… Hí,hí,hí! (risadinhas pra lá de ridículas!) Mas báh tchê, que baita evento este que está por acontecer aí, na ‘buenacha’ Beja! Eu, aqui do outro lado do mundo, fico morrendo de inveja, só de ver e de ler! Caray hombre,hay que tenerse cojones de toro! Rá,rá,rá! (gargalhadas pra lá de baguais!)

Responder a Cid M. Marinho. Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *