Município de Milão presta singela homenagem a Sergio Bonelli

Desde o dia 30 de Setembro de 2011, por ordem expressa do Presidente do Município de Milão, Giuliano Pisapia, está exposto no prédio da Assessoria da Cultura, na praça do Duomo, um cartaz, com o famoso desenho de Tex feito por Fabio Civitelli para a capa do seu livro “Il West Secondo Civitelli” (“O Oeste Segundo Civitelli“), que diz “Sergio Bonelli deixou-nos. Tiremos o chapéu“.

“Sergio Bonelli deixou-nos. Tiremos o chapéu” – Homenagem do Município de Milão a Sergio Bonelli

É o próprio presidente da autarquia de Milão a dar conhecimento desta homenagem da cidade que viu nascer e morrer Sergio Bonelli, na sua página no Facebook e cuja nota pode então ser lida clicando aqui.

Giuliano Pisapia, Presidente do Município de Milão

Sobre este acontecimento, disse o Assessor da Cultura, Stefano Boeri: “Nós pretendemos dar um último adeus a Sergio Bonelli, uma lenda da editoria de quadradinhos, pai de Tex, Zagor, Dylan Dog e de muitos outras personagens que já fazem parte da história e da nossa memória. Na sexta-feira, 7 de Outubro, às 18h30, temos um encontro marcado com todos aqueles que desejarem recordá-lo connosco no Museu dos Quadradinhos, ocasião em que inauguraremos a mostra dedicada ao 25° aniversário de Dylan Dog“.

A mostra “Dylan Dog – 25 anos no pesadelo” permanecerá no Museu dos Quadradinhos de 7 de Outubro a 11 de Dezembro de 2011.

5 Comentários

  1. Justa homenagem para quem destacou tantos lugares pelo mundo, nas aventuras de seus personagens e daqueles publicados por ele: Sergio Guido Nolitta Bonelli. E também deu mais destaque a já famosa cidade aonde localizada a sede da SBE: Milano.

  2. Meritória homenagem a um grande Mestre dos fumetti, que infelizmente já não está entre nós. Em Milão, sua cidade natal, a obra que deixou projecta-se no reconhecimento das entidades oficiais e culturais e na veneração dos leitores, que acorrerão certamente em grande número ao Museu dos Quadradinhos. Como li num dos comentários a esta homenagem do Município de Milão, “il fumetto è cultura“.
    Bem sei que há que ressalvar as diferenças, mas por que é que em Portugal não temos um Museu dedicado também à 9ª Arte?

  3. Sergio Bonelli equivale aos italianos e europeus em geral,tanto qto Stan Lee e Jack Kirby, significam para os americanos. Aliás,pensando bem… ele significa até muito mais, pois conseguir abrir espaço com seus quadrinhos Made in Itália, num mundo impregnado de heróis made in USA e conseguir se destacar é, sem dúvida, um feito incrível!
    Toda homenagem é mais do q válida, com certeza. O homem foi um herói nacional!

Responder a Orlando Santos Silva Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *