G. G. Carsan e a homenagem a Sergio Bonelli

Caro Sergio Bonelli

A maioria das palavras são meros sons ao vento e mesmo quando são inéditas, ainda assim, não passam disso. Mas, há sempre um mas, quando vêm recheadas de atitudes e de sentimentos, tornam-se verdadeiros diamantes.

E foram palavras assim que fizeram de ti este fenómeno mundial das BDs, capaz de chover aventuras das mais belas e incríveis e de regar os anseios de justiça e de liberdade de várias gerações.

Que sina iluminada ocorreu, fazendo-te cria de Gianluigi e Tea, apadrinhado de Galep e circundado por tios como Albertarelli, D’Antonio, Calegari, Lettèri, Gamba, Muzzi e tantos outros, numa casa apropriada para a produção de sonhos (parentescos figurativos).

Dado ao convívio de décadas com Tex e por vezes vestindo uma roupagem igual, sentia-me muito próximo a ti, embora separado por um oceano. Passado um ano de tua partida para os verdes campos de caça de Manitu, embora Tex e Zagor continuem connosco e sejam lembranças vivas a e reais, sinto a falta das epístolas iniciadas com um ‘caro amico’ e as boas novas que abriam as edições especiais.

A saudade é apenas física, pois em cada aventura, em cada palavra dita, em cada situação vivida , em cada amigo, em cada imagem, em cada homenagem, em cada nota que se publica sobre a Bonelli, estais mais vivo do que nunca… e não sumirás nem serás esquecido enquanto houver uma personagem sendo publicada ou nas mãos de um coleccionador, ou mesmo nas prateleiras de uma biblioteca.

A segunda capa do livro Tex no Brasil – Justiça a Qualquer Preço traz uma homenagem a ti, realizada pelo também, recentemente, falecido Francesco Gamba e ali deixo marcada a minha maior homenagem e agradecimentos por tantas emoções e tanto aprendizado conquistado ao longo da minha jornada texiana.

Hasta la vista!

G. G. Carsan


6 Comentários

  1. Caro Amigo Carsan, tens também o dom da palavra e fico feliz que tenhas começado a publica-las, pois assim não serão apenas meros sons ao vento.

    Parabéns pela simples e bela homenagem ao SB.

    Abraços,

    Sílvio Introvabili

  2. Desejo o maior sucesso ao novo livro de G. G. Carsan. Tenho o primeiro e espero não perder também este.
    Sim, as palavras são autênticos diamantes quando espelham a sensibilidade, o talento, a sabedoria e o dom de comunicar de um mestre como Sergio Bonelli, que quis manter a herança dos seus pais para que na casa dos sonhos onde conviveu com tantos heróis continuasse a existir um lugar onde se reuniam, em volta da mesma távola redonda, as personagens reais e as de papel, os aventureiros e os seus símbolos, os autores e as suas fantasias.
    Foi esse o maior dos seus legados e foi essa também a sua maior aventura… que nunca se apagará da memória dos seus milhares de leitores e amigos.

  3. Parabéns GG pelas belas palavras que expressam com veracidade os teus sentimentos. Assim como os ventos se transformam em ventanias e até furacões, também as palavras possuem uma força inimaginável quando representam as emoções que exprimem.
    Abraços,

  4. Obrigado caríssimos Introvabili, Magalhães e Nanda.

    Jorge, por certo que irá uma boa tiragem do livro 2 para Portugal e terás oportunidade de consegui-lo.

    E viva Sergio Bonelli, numa nuvem nollitana.

  5. Grande pard GG Tex Brasileiro Carsan , parabéns pelo belíssimo e inspirado texto. Bela homenagem. E parabéns pela também belíssima 2a. capa. Excelente idéia a inserção da bela homenagem no livro. Um abraço.

  6. Pard Ezequiel Floyd, gracias! Era o momento exato para essa homenagem no livro. Coincidiu de lançar na data exata do primeiro aniversário da morte de SB e chegou conjugada com esta longa relação de homenagens.
    Abraço no amigo!

Responder a Jorge Magalhães Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *