Exposição “25 anos de Fabio Civitelli a desenhar Tex” no 6º Festival Internacional de BD de Beja, Portugal

Por José Carlos Francisco

Cartaz do VI Festival Internacional de BD de BejaChegou a Portugal o material a expor na mostra dedicada  aos 25 anos de Fabio Civitelli a desenhar Tex, a realizar em Beja de 29 de Maio e 13 de Junho de 2010, integrada no 6º Festival Internacional de BD de Beja.

Após os grandes sucessos das 3 exposições colectivas dedicadas a Tex que se realizaram recentemente em Portugal: em Viseu (2005) com uma retrospectiva de autores consagrados, em Moura (2007) com a nova vaga de desenhadores e a presença de Fabio Civitelli, e na Amadora (2008) com a comemoração do 60º aniversário de Tex e as presenças de Fabio Civitelli e Marco Bianchini e onde pela primeira vez fora de Itália foram expostos originais de Tex, temos desta vez (agora em Beja) uma exposição de carácter individual: 25 anos de carreira de Fabio Civitelli a desenhar Tex.

Fabio CivitelliE mais uma vez Portugal terá o privilégio de expor originais do Ranger, já que tanto Sergio Bonelli assim como Fabio Civitelli concordaram em expor novamente no nosso país ORIGINAIS de Tex, o que permitirá que possamos apreciar os originais de alguns dos trabalhos mais significativos de Fabio Civitelli de modo a se poder ver na exposição a evolução de Civitelli (e do próprio Tex) ao longo dos 25 anos de trabalho do artista com Tex Willer.

E se ler uma história de Tex é uma aventura maravilhosa,  poder apreciar os originais, é uma aventura muito maior. É uma daquelas coisas que nos ficará na memória para toda a vida. Quem vier a Beja para ver as pranchas originais expostas no Festival, poderá constatar isso mesmo. Até porque hoje a BD tem o estatuto de Arte – a 9ª – e os seus originais podem valer milhares de euros, se bem que algumas das pranchas originais de Civitelli expostas em Beja, estarão à venda, mas por números bem menores, ao alcance de quem quiser enriquecer a sua colecção com algo de valioso e exclusivo.

Tex em BejaAlém disso, através da visão e apreciação ao pormenor dos originais, apercebe-se que entre a prancha desenhada pelo autor e a página que será impressa, por vezes há algumas mudanças, umas mais subtis, outras menos. Também estará exposto o desenho original que Fabio Civitelli fez em exclusivo para o Festival: Tex saudando a cidade de Beja, tendo a Torre de Menagem do Castelo de Beja como pano de fundo.

Esta e muitas outras curiosidades, podem ser então apreciadas por quem visitar a exposição dedicada à célebre personagem da banda desenhada italiana, que contará com a presença do desenhador FABIO CIVITELLI nos dias 29 e 30 de Maio, para abrilhantar o evento.

Eis de seguida o elenco completo, dos ORIGINAIS de Fabio Civitelli a expor em Beja:

Itália - 1985 - Tex nº 293 - Pág. 91Prancha 1 – Particularidade: Primeira página de Tex da autoria de Fabio Civitelli
Itália
– 1985 – Tex nº 293 – Pág. 91
Título da história: I due killers – Fabio Civitelli/Claudio Nizzi
Título do álbum: Gli ostaggi
Brasil – 1986 – Tex nº 199 – Os Dois Killers – Pág. 92
Brasil – 2002 – Tex Ouro nº 2 – Os Dois Assassinos – Pág. 160

Prancha 2 – Particularidade: Página que serviu de base para a capa do álbum
Itália
– 1985 – Tex nº 295 – Pág. 39
Título da história: I due killers – Fabio Civitelli/Claudio Nizzi
Título do álbum: Il passaggio segreto
Brasil – 1986 – Tex nº 202 – A Passagem Secreta – Pág. 40
Brasil – 2002 – Tex Ouro nº 2 – Os Dois Assassinos – Pág. 325

Prancha 3
Itália – 1986 – Tex nº 305 – Pág. 80
Título da história: Omicidio a Corpus Christi – Fabio Civitelli/Claudio Nizzi
Título do álbum: La taverna sul porto
Brasil – 1987 – Tex nº 211 – A Taberna do Porto – Pág. 102
Brasil – 2003 – Tex Ouro nº 6 – Os Conspiradores – Pág. 92

Prancha 4
Itália – 1986 – Tex nº 307 – Pág. 8
Título da história: Omicidio a Corpus Christi – Fabio Civitelli/Claudio Nizzi
Título do álbum: Il giorno della paura
Brasil – 1987 – Tex nº 213 – O Dia do Medo – Pág. 42
Brasil – 2003 – Tex Ouro nº 6 – Os Conspiradores – Pág. 238

Prancha 5 – Particularidade: Originalmente a preto e branco, foi publicada a cores no Brasil
Itália
– 1987 – Tex nº 323 – Pág. 64
Título da história: La città corrotta – Fabio Civitelli/Gianluigi Bonelli
Título do álbum: La città corrotta
Brasil – 1991 – Tex Edição Especial Colorida nº 2 – A Cidade Corrompida – Pág. 64
Brasil – 2008 – Almanaque Tex nº 34 – A Cidade Corrompida – Pág. 62

Itália - 1987 - Tex nº 323 - Pág. 85Prancha 6 – Particularidade: Originalmente a preto e branco, foi publicada a cores no Brasil
Itália
– 1987 – Tex nº 323 – Pág. 85
Título da história: La città corrotta – Fabio Civitelli/Gianluigi Bonelli
Título do álbum: La città corrotta
Brasil – 1991 – Tex Edição Especial Colorida nº 2 – A Cidade Corrompida – Pág. 85
Brasil – 2008 – Almanaque Tex nº 34 – A Cidade Corrompida – Pág. 83

Prancha 7 – Particularidade: Originalmente a preto e branco, foi publicada a cores no Brasil
Itália
– 1987 – Tex nº 323 – Pág. 86
Título da história: La città corrotta – Fabio Civitelli/Gianluigi Bonelli
Título do álbum: La città corrotta
Brasil – 1991 – Tex Edição Especial Colorida nº 2 – A Cidade Corrompida – Pág. 86
Brasil – 2008 – Almanaque Tex nº 34 – A Cidade Corrompida – Pág. 84

Prancha 8 – Particularidade: Uma das histórias mais longas da série (500 páginas), cuja primeira parte foi desenhada por Fernando Fusco (250 páginas) e a segunda por Civitelli. Os soldados do exército mexicano usam carabinas Spencer modelo 1865 enquanto o oficial empunha uma pistola Smith & Wesson New Model Russian calibre 44 Mexican
Itália
– 1991 – Tex nº 367 – Pág. 95
Título da história: Agguato nella miniera – Fabio Civitelli/Claudio Nizzi
Título do álbum: Agguato nella miniera
Brasil – 1992 – Tex nº 277 – Emboscada na Mina – Pág. 63
Brasil – 2007 -Tex Ouro nº 29 – Revolta em Chihuahua – Pág. 63

Prancha 9 – Particularidade: Uma das histórias mais longas da série (500 páginas), cuja primeira parte foi desenhada por Fernando Fusco (250 páginas) e a segunda por Civitelli. Tex e Kit Carson usam carabinas Winchester 1873 calibre 44 enquanto os soldados do exército mexicano usam carabinas Spencer modelo 1865
Itália
– 1991 – Tex nº 368 – Pág. 85
Título da história: Agguato nella miniera – Fabio Civitelli/Claudio Nizzi
Título do álbum: Lampi sul Messico
Brasil – 1992 – Tex nº 278 – A Conquista da Fortaleza – Pág. 58
Brasil – 2007 -Tex Ouro nº 29 – Revolta em Chihuahua – Pág. 162

Prancha 10 – Particularidade: Uma das histórias mais longas da série (500 páginas), cuja primeira parte foi desenhada por Fernando Fusco (250 páginas) e a segunda por Civitelli. Em primeiro plano uma pistola Smith & Wesson New Model Russian calibre 44 Mexican
Itália – 1991 – Tex nº 369 – Pág. 45
Título da história: Agguato nella miniera – Fabio Civitelli/Claudio Nizzi
Título do álbum: Chihuahua!
Brasil – 1992 – Tex nº 279 – A Queda de um Tirano – Pág. 23
Brasil – 2007 -Tex Ouro nº 29 – Revolta em Chihuahua – Pág. 231

Itália - 1993 - Tex nº 393 - Pág. 32Prancha 11
Itália
– 1993 – Tex nº 393 – Pág. 32
Título da história: Intrigo a Santa Fe – Fabio Civitelli/Claudio Nizzi
Título do álbum: Intrigo a Santa Fe
Brasil – 1995 – Tex nº 304 – Intriga em Santa Fé – Pág. 65
Brasil – 2006 -Tex Especial de Férias nº 5 – Intriga em Santa Fé – Pág. 32

Prancha 12
Itália
– 1993 – Tex nº 394 – Pág. 27
Título da história: Intrigo a Santa Fe – Fabio Civitelli/Claudio Nizzi
Título do álbum: Una pallottola per il presidente
Brasil – 1995 – Tex nº 305 – Alvo: o Presidente – Pág. 62
Brasil – 2006 -Tex Especial de Férias nº 5 – Intriga em Santa Fé – Pág. 136

Prancha 13
Itália
– 1993 – Tex nº 394 – Pág. 58
Título da história: Intrigo a Santa Fe – Fabio Civitelli/Claudio Nizzi
Título do álbum: Una pallottola per il presidente
Brasil – 1995 – Tex nº 305 – Alvo: o Presidente – Pág. 93
Brasil – 2006 -Tex Especial de Férias nº 5 – Intriga em Santa Fé – Pág. 167

Prancha 14
Itália
– 1993 – Tex nº 394 – Pág. 113
Título da história: Intrigo a Santa Fe – Fabio Civitelli/Claudio Nizzi
Título do álbum: Una pallottola per il presidente
Brasil – 1995 – Tex nº 306 – Queima de Arquivo – Pág. 41
Brasil – 2006 -Tex Especial de Férias nº 5 – Intriga em Santa Fé – Pág. 222

Prancha 15
Itália
– 1997 – Tex nº 443 – Pág. 28
Título da história: Il ritorno della Tigre Nera – Fabio Civitelli/Claudio Nizzi
Título do álbum: Il ritorno della Tigre Nera
Brasil – 1999 – Tex nº 356 – O Retorno do Tigre Negro – Pág. 55

Itália - 1997 - Tex nº 443 - Pág. 45Prancha 16
Itália
– 1997 – Tex nº 443 – Pág. 45
Título da história: Il ritorno della Tigre Nera – Fabio Civitelli/Claudio Nizzi
Título do álbum: Il ritorno della Tigre Nera
Brasil – 1999 – Tex nº 356 – O Retorno do Tigre Negro – Pág. 72

Prancha 17
Itália
– 1997 – Tex nº 443 – Pág. 50
Título da história: Il ritorno della Tigre Nera – Fabio Civitelli/Claudio Nizzi
Título do álbum: Il ritorno della Tigre Nera
Brasil – 1999 – Tex nº 356 – O Retorno do Tigre Negro – Pág. 77

Prancha 18
Itália
– 1997 – Tex nº 443 – Pág. 70
Título da história: Il ritorno della Tigre Nera – Fabio Civitelli/Claudio Nizzi
Título do álbum: Il ritorno della Tigre Nera
Brasil – 1999 – Tex nº 357 – A Lagoa Morta – Pág. 4

Prancha 19
Itália – 2001 – Tex nº 493 – Pág. 101
Título da história: La morte nera – Fabio Civitelli/Claudio Nizzi
Título do álbum: La morte nera
Brasil – 2002 – Almanaque Tex nº 15 – A Morte Negra – Pág. 111

Prancha 20
Itália – 2003 – Tex nº 511 – Pág. 29
Título da história: Ritorno a Culver City – Fabio Civitelli/Claudio Nizzi
Título do álbum: Ritorno a Culver City
Brasil – 2005 – Almanaque Tex nº 25 – Retorno a Culver City – Pág. 27

Itália - 2003 - Tex nº 511 - Pág. 30Prancha 21 – Particularidade: Numa iniciativa de Fabio Civitelli, são revelados pela primeira vez os nomes dos pais de Tex
Itália – 2003 – Tex nº 511 – Pág. 30
Título da história: Ritorno a Culver City – Fabio Civitelli/Claudio Nizzi
Título do álbum: Ritorno a Culver City
Brasil – 2005 – Almanaque Tex nº 25 – Retorno a Culver City – Pág. 28

Prancha 22
Itália – 2003 – Tex nº 512 – Pág. 104
Título da história: Ritorno a Culver City – Fabio Civitelli/Claudio Nizzi
Título do álbum: La città della paura
Brasil – 2005 – Almanaque Tex nº 25 – Retorno a Culver City – Pág. 211

Prancha 23
Itália – 2005 – Tex nº 536 – Pág. 20
Título da história: Tumak l’inesorabile – Fabio Civitelli/Claudio Nizzi
Título do álbum: Tumak l’inesorabile
Brasil – 2006 -Tex nº 442 – Tumak, o Implacável – Pág. 20

Prancha 24 – Particularidade: A única página pintada a aguarela e publicada a preto e branco em 62 anos de produção texiana
Itália
– 2005 – Tex nº 536 – Pág. 55
Título da história: Tumak l’inesorabile – Fabio Civitelli/Claudio Nizzi
Título do álbum: Tumak l’inesorabile
Brasil – 2006 -Tex nº 442 – Tumak, o Implacável – Pág. 55

Prancha 25 – Particularidade: Página com uma vinheta totalmente vertical, algo raríssimo em toda a saga de Tex
Itália – 2005 – Tex nº 537 – Pág. 60
Título da história: Tumak l’inesorabile – Fabio Civitelli/Claudio Nizzi
Título do álbum: Anasazi
Brasil – 2006 -Tex nº 443 – O Segredo do Túmulo – Pág. 58

Itália - 2005 - Tex nº 537 - Pág. 93Prancha 26
Itália – 2005 – Tex nº 537 – Pág. 93
Título da história: Tumak l’inesorabile – Fabio Civitelli/Claudio Nizzi
Título do álbum: Anasazi
Brasil – 2006 -Tex nº 443 – O Segredo do Túmulo – Pág. 91

Prancha 27
Itália – 2006 – Tex nº 554 – Pág. 62
Título da história: La banda dei tre – Fabio Civitelli/Claudio Nizzi
Título do álbum: La banda dei tre
Brasil – 2007 -Tex nº 458 – O Trio Mortal – Pág. 62

Prancha 28
Itália – 2007 – Tex nº 555 – Pág. 49
Título da história: La banda dei tre – Fabio Civitelli/Claudio Nizzi
Título do álbum: Il killer misterioso
Brasil – 2008 -Tex nº 459 – O Pistoleiro Misterioso – Pág. 49

Prancha 29 – Particularidade: Página que serviu de base para a capa do álbum
Itália
– 2007 – Tex nº 555 – Pág. 70
Título da história: La banda dei tre – Fabio Civitelli/Claudio Nizzi
Título do álbum: Il killer misterioso
Brasil – 2008 -Tex nº 459 – O Pistoleiro Misterioso – Pág. 70

Prancha 30
Itália – 2007 – Tex nº 555 – Pág. 98
Título da história: La banda dei tre – Fabio Civitelli/Claudio Nizzi
Título do álbum: Il killer misterioso
Brasil – 2008 -Tex nº 459 – O Pistoleiro Misterioso – Pág. 98

Com todos estes atractivos (e ainda outras surpresas mais, que em breve divulgaremos), poderemos dizer sem medo de errar que esta é uma das maiores e mais importantes Exposições de Tex realizadas a nível mundial, por isso caro amante da Nona Arte, não deixe de comparecer em Beja durante os dias 29 de Maio a 13 de Junho e veja com os seus próprios olhos, um pouco mais do fantástico mundo de Tex Willer!!!!

3 Comentários

  1. Só pela descrição das pranchas a vontade de ir é imensa! (aliás, os meus parabéns por tão detalhado e interessante trabalho de relacionar as pranchas com as revistas e curiosidades – uma tarefa concretizada de modo fabuloso!).
    Um abraço.
    Orlando Santos Silva

    • Orlando, obrigado pelos parabéns, mas este trabalho de fazer a correspondência das páginas das edições italianas para as edições brasileiras era obrigatório, porque em Beja estarão sobretudo coleccionadores portugueses e brasileiros e adiantei o serviço usando-o em prol do blogue do Tex, acrescentando algumas curiosidades 😉

      Um abraço e até Beja dilecto Amigo 🙂

  2. Parabéns Zeca,
    Simplesmente FANTÁSTICO…
    Isto é um grande post.
    Já fui buscar um guardanapo para ver se paro de me babar 🙂
    Estou mesmo a prever que vou desgraçar as minhas finanças com essa maravilhas.

    Até Beja.

    1 Abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.