Da arte a lápis à capa final de Tex #694 (“Kit contro Kit”), passando inclusive pelas cores originais de Claudio Villa

Por José Carlos Francisco

Claudio Villa

No próximo dia 8 de Agosto a Sergio Bonelli Editore irá publicar a edição número 694 de Tex, intitulada “Kit contro Kit” (“Kit contra Kit”) que contém a segunda parte de uma história escrita por Pasquale Ruju e desenhada por Bruno Ramella, uma aventura que traz o retorno, mais de 25 anos depois, do surpreendente homem dos cem rostos, o “ressuscitado” Proteus!

Impiedoso, indiscritível, capaz de imitar qualquer pessoa, mudando de aparência em pouco tempo! Proteus continua a perseguir o seu plano criminoso, feito de insuspeitáveis intrigas e assassinatos brutais. Depois de ter personificado o juiz Lindon e o xerife Houseman, ninguém parece compreender que aspecto poderá assumir o homem das mil faces… E os seus propósitos de vingança!… Ninguém, excepto Tex! Para derrotar o infame “Mister P”, o Ranger deverá fazer uma escolha que poderá revelar-se fatal!

A capa, tal como todas posteriores ao número 400, é da autoria do conceituado desenhador Claudio Villa, capa essa que divulgamos hoje aqui no blogue do Tex acompanhada do esboço inicial, mas também da arte final a preto e branco e da capa original pintada pelo próprio Claudio Villa tal como temos feito com alguma regularidade devido à gentil cortesia de Villa que nos tem dado a conhecer nos últimos tempos as suas cores originais das capas que vai produzindo para Tex. Mas esta capa tem uma rara particularidade… é uma das raríssimas, em quase 700 capas, onde não comparece Tex:

Arte a lápis da capa de Tex #694, da autoria de Claudio Villa

Arte final a preto e branco da capa de Tex #694, da autoria de Claudio Villa

Capa de Tex #694, com as cores originais de Claudio Villa

Capa de Tex #694

(Para aproveitar a extensão completa das imagens, clique nas mesmas)

Um comentário

Responder a Antônio Marcos Matias Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.