2 Comentários

  1. Acho muito interessante as cores com as quais os coloristas fazem o degradê no céu (geralmente puxando pro roxo, pro vinho), e como a mesma técnica está presente em quase todas as capas dessa coleção.

Responder a Pedro Henrique Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.