A honra de receber em casa Pasquale Del Vecchio, Júlio Schneider e José Carlos Francisco

Por Ezequiel Guimarães

Em minha vida quadrinhística, já tive diversas agradáveis surpresas proporcionadas por pards e amigos, e por mestres do desenho e da escrita.

Pasquale Del Vecchio, Júlio Schneider e José Carlos Francisco em frente à casa de Ezequiel Guimarães

Mas dia 13 do mês passado, Novembro, foi um dia super especial para mim, pois tive a honra de receber em casa uma renomada trinca bonelliana: o mestre italiano Pasquale Del Vecchio, que eu estava também conhecendo pessoalmente pela primeira vez,  bem como dois grandes amigos: o carismático tradutor de bonellianos para a língua portuguesa, Júlio Schneider; e o representante da Mythos em Portugal, além de co-criador e co-gestor deste blogue, o simpático José Carlos Francisco, popularmente conhecido por Zeca.

Ezequiel Guimarães, Pasquale Del Vecchio e Júlio Schneider na BiblioTEX de Ezequiel

Uma tarde agradabilíssima, que, entre uma cerveja e outra, proporcionou um gostoso papo que, não poderia deixar de ser sobre… quadrinhos, of course!!

Ezequiel Guimarães e Pasquale Del Vecchio

Além da agradabilíssima presença da trinca bonelliana, tive outra fantástica surpresa: mestre Del Vecchio desenhou um Tex para mim, na minha mesa no volume italiano ´I mille volti di Tex´, que já era um item especial, e que ficou mais ainda agora, conforme podemos ver nas imagens que se seguem.

Pasquale Del Vecchio desenhando, sob o olhar atento de José Carlos, na mesa de Ezequiel Guimarães

Até lembrei-me daquela famosa propaganda de um cartão de crédito, e posso adaptá-la ao meu momento, dizendo que “ Ter um mestre italiano desenhando em sua mesa domiciliar não tem preço. Para todas as outras coisas existe ….” (ops, propaganda de graça de cartão de crédito não! – risos).

 

Júlio Schneider, Pasquale Del Vecchio e Ezequiel Guimarães com o Tex desenhado no seu livro especial

E também para adicionar à parede de meu escritório, 2 outros belíssimos desenhos de mestre Del Vecchio: Tex e Carson!!!!

Carson e Tex de Pasquale Del Vecchio para Ezequiel Guimarães

Enfim, um dia perfeito. Agradeço imensamente a visita, atenção e simpatia, de Del Vecchio, Júlio e Zeca.

Hasta La Vista, amigos!!

(Para aproveitar a extensão completa das fotografias acima, clique nas mesmas)

5 Comentários

  1. Realmente pard Ezequiel o mundo de Tex não tem preço. Uma visita desse quilate é uma honra para qualquer texiano. Outra coisa parabéns também pela belíssima Estantex. Abraços.

  2. O espírito prazenteiro com que todos estes texianos ilustres fruíram a cerveja, o papo e a hospitalidade brasileira, em casa do pard Ezequiel Guimarães, está bem patente na penúltima imagem, mirando a posição dos pés de Júlio Schneider e Pasquale del Vecchio (curiosamente, de simetria quase perfeita). Uma alegre descontracção própria de um efusivo convívio e de um belo país com clima tropical… que, pelos vistos, contagiou até Del Vecchio!
    O jardim, a varanda, a estantex e os desenhos do mestre, para adicionar à parede do escritório, são de fazer inveja, pard Ezequiel!
    Um grande abraço.

  3. Prezados pards JM Alvarez, Marcilio Ferreira e Jorge Magalhães, muito obrigado pelas palavras. Realmente foi um dia especial. Espero ter outros, inclusive nas companhia dos pards.
    Grande abraço.

  4. Viram o desenho do Jim Halley?!

    Quando ele me mostrou e na Mythos vocês me disseram do encontro na rua … me veio a imagem na cabeça.

    Legal demais Ezequiel, e novamente, fica o convite para a Sampa Fumetti Con, vocês (tu e a esposa) não podem faltar, e estamos aguardando você para uma troca de ideias na Mesa temática sobre “Mundo Bonelli“.

Responder a Jorge Magalhães Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.