Vídeo: 18º Salão Internacional de Banda Desenhada de Viseu

agosto 25, 2013

Vídeo:
.
18º Salão Internacional de BD de Viseu

Por José Carlos Francisco (texto)

Os promotores da Feira de São Mateus, uma feira franca que se realiza na cidade de Viseu, Portugal, desde 1392, sendo actualmente a mais antiga de toda a Península Ibérica divulgaram esta semana um vídeo realizado no primeiro andar do pavilhão Multiusos, local do 18º Salão Internacional de Banda Desenhada de Viseu (uma iniciativa do GICAV – Grupo de Intervenção Cultural e Artística de Viseu) e onde podemos observar partes das exposições dedicadas por exemplo a Sergio Bonelli, Andrea Venturi (desenhador de Tex que compareceu aquando da inauguração do Salão), João Amaral, Geraldes Lino,  Álvaro, Santos Costa, Rui Lacas, Joana Afonso, Miguel Rebelo, Pedro Emanuel, Dani, Didier Comès, 50 anos do Homem-Aranha, Will Wandersteen e Eça de Queiroz, como mostramos de seguida:

1

Tex indiano em evento texiano realizado em Bangalore, sul da Índia

agosto 24, 2013

Tex indiano em evento texiano realizado em
.
Bangalore, sul da Índia

Por José Carlos Francisco

Evento com Tex realizado em Bangalore, sul da Índia

Decorreu no passado fim de semana de 1 e 2 de Junho deste ano, no Koramangala Indoor Stadium, situado em Bangalore, uma cidade da Índia, capital e maior cidade do Estado de Karnataka, localizado no sul do país e com uma região metropolitana, com pouco menos de 8.800.000 habitantes, o Comic Con Bangalore 2013, um evento relacionado com a Banda Desenhada, onde as edições de Tex Willer estiveram presentes graças à Lion Comics, a editora indiana que publica Tex (e muitas outras personagens) na Índia.

Shriam Lakshmanan, o Tex Willer indiano compareceu ao evento realizado em Bangalore

E sendo Tex Willer uma personagem universal, existem também na Índia muitos fãs e coleccionadores que aproveitando o evento se deslocaram a Bangalore para desfrutarem de um seguramente aprazível convívio que contou com a presença do tradutor de Tex na Índia, Jerome Saincantin de seu nome, inclusive não faltou um verdadeiro Tex Willer indiano, Shriam Lakshmanan de seu nome real, como comprovam as diversas fotos que ilustram este texto e que comprovam uma vez mais que o Ranger continua a marcar o imaginário colectivo de meio mundo, sendo portador de um diálogo entre culturas graças também ao empreendimento dos seus fãs espalhados pelo mundo.

Fãs e coleccionadores indianos de Tex prestigiaram o evento com a sua presença

Tex e demais pards indianos

Tex com uma sua fã indiana

Tex Willer divulgando as suas edições indianas

Um sempre sorridente Tex Willer indiano

Tex Willer com o seu tradutor Jerome Saincantin

Um Kit Carson indiano sem cavanhaque?

(Para aproveitar a extensão completa das fotos acima, clique nas mesmas)

25

Desenhador de Tex no Salão de BD de Viseu foi destaque no Jornal de Notícias no dia 10 de Agosto de 2013

agosto 23, 2013

Desenhador de Tex no Salão de BD de Viseu
.
foi destaque no Jornal de Notícias no dia
.
10 de Agosto de 2013

Logótipo Jornal de Notícias

Texto da secção Cultura de 10/08/2013
Banda Desenhada

F. Cleto e Pina

“Desenhador de Tex no Salão de BD de Viseu”

Andrea Venturi, Desenhador de Tex no Salão de BD de Viseu foi destaque no Jornal de Notícias no dia 10 de Agosto de 2013

* Abre hoje (10/08/2013), no recinto da feira de S. Mateus, e tem como principal convidado o italiano Andrea Venturi
.

* Certame apresenta várias mostras que ficarão patentes até 22 de Setembro

.

VENTURI, que estará presente hoje e amanhã em Viseu para dar autógrafos e conversar com os seus admiradores, é o grande destaque da edição deste ano. Actualmente um dos ilustradores da Bonelli que se ocupam das aventuras que chegam mensalmente aos quiosques portugueses através das edições brasileiras da Mythos, traz consigo os originais do “Tex Gigante” em que está a trabalhar, bem como o desenho que mostra o “ranger” face à Sé de Viseu.

Agora como bienal, “fruto das contingências orçamentais e estruturais”, segundo o GICAV (Grupo de Intervenção e Criatividade Artística de Viseu), responsável pela sua organização, o Salão de BD de Viseu realiza-se de novo no recinto da Feira de São Mateus e está integrado na sua programação, “procurando desta forma alcançar outros públicos”. Apresenta-se maioritariamente em português, com exposições dedicadas a João Amaral, distinguido com um Prémio Animarte BD pelo conjunto da sua obra, Joana Afonso, Álvaro, Rui Lacas e Santos Costa.

Em destaque estará ainda o “Universo dos Fanzines de BD” em Portugal, através de exposições e da presença de autores e editores “representativos de um fenómeno editorial que sobrevive à margem dos circuitos comerciais livreiros”. Neste âmbito, estará em Viseu Geraldes Lino, um dos maiores conhecedores e divulgadores desta área no nosso país, igualmente distinguido com um Prémio Animarte BD “pelo trabalho incessante na divulgação e promoção dos artistas, muito em particular dos jovens”.

Da programação do XVIII Salão de BD de Viseu, constam também mostras sobre “A obra de Eça de Queiroz na BD”, o “Humor no Jornal do Exército”, as homenagens a Willy Wandersteen, Comés e Sergio Bonelli, os “50 anos do Spider Man” e “Corto Maltese no século XXI” que poderão ser visitadas até 22 de Setembro.

Copyright: © 2013 Jornal de Notícias; F. Cleto e Pina

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

2

Portugal – Edições da Mythos Editora à venda em Agosto

agosto 22, 2013

Portugal – Edições da Mythos Editora à venda
.
em Agosto

Relação das revistas da Mythos Editora, distribuídas em Portugal, pela VASP – Distribuidora de Publicações Lda, para o mês de AGOSTO de 2013:

.
TEX 489
Nas Garras do Tigre
Texto: Claudio Nizzi – Desenhos: Andrea Venturi

História originalmente publicada em Tex italiano 587

Nas ruas de São Francisco, nas vielas mais escuras dos bairros mais mal afamados, o tráfico de ópio é cada vez mais intenso. Preocupado e impotente, o chefe de polícia Tom Devlin mais uma vez recorre aos seus amigos Tex e Carson para tentar resolver a situação. Mal chegam na cidade e os dois justiceiros já começam a seguir os traços dos traficantes para tentar chegar à fonte de distribuição da droga. E os primeiros indícios não deixam dúvida: o cérebro da organização é um velho inimigo dos rangers, o diabólico Tigre Negro, já derrotado duas vezes antes, e agora ainda mais sedento de poder e vingança.
2,90€

.
TEX COLEÇÃO 281
O Horrível Sortilégio

Texto: G. L. Bonelli – Desenhos: Guglielmo Letteri e Fernando Fusco

História originalmente publicada em Tex italiano 229

O terrível e cruel sacerdote egípcio Rakos usa toda sua poderosa magia contra Tex, Carson e El Mortisco. Rakos manda não apenas animais amestrados como também múmias revividas para destruir nosso heróis, e estes precisarão usar toda sua coragem e astúcia para não sucumbir ao Horrível Sortilégio.
E ainda: Tex e seus pards estão à bordo do Barataria, no rio Mississipi, onde descobrem uma perigosa organização conhecida como “5 de Espadas“, conhecida também como “Clã dos Cubanos“, liderada pelo misterioso Máscara de Ferro.
2,90€

.
TEX ANUAL 13
O Longo Braço da Lei
Texto: Antonio Segura – Desenhos: José Ortiz

História originalmente publicada em Maxi Tex italiano 15

No comando de um grupo de rangers, Tex recebeu a missão de escoltar cinco prisioneiros de Sierra Vista até Phoenix, onde serão julgados pelos delitos dos quais são acusados. Durante a viagem de transferência o comboio é atacado e Tex é o único dos representantes da Lei a sobreviver à emboscada. Em seguida, os prisioneiros são libertados pelos misteriosos agressores, que ordenam a cada um tomar uma direcção diversa, com o objectivo de dificultar as buscas. Apenas um dos cinco (aquele que era o objectivo do grupo) permanece com eles. Sem perder tempo, o nosso herói parte no rasto dos fugitivos, decidido a fazer justiça. Seguindo uma pista de cada vez, no curso de uma longa e implacável caçada, ele acabará descobrindo que tipo de intriga se esconde por trás do massacre e qual dos cinco fugitivos havia organizado a fuga.
9,00€

.
TEX GIGANTE 25
Na Trilha do Oregon
Texto: Gianfranco Manfredi – Desenhos: Carlos Gomez

História originalmente publicada em Tex Gigante italiano 25

Tex e Carson estão na caça de um assassino serial psicopata que já fez diversas vítimas no Texas sem motivo aparente. As últimas notícias dão conta que ele fugiu em direcção ao Oregon. Enquanto buscam o assassino, os dois rangers deparam-se com uma caravana em dificuldades: algumas mulheres estão se dirigindo a Oregon City, onde deverão encontrar os seus futuros maridos, que conheceram por correspondência, através de uma estranha agência de matrimónio. Propondo-se a serem guias e protectores das noivas, os nossos heróis encontrarão inúmeras dificuldades: trilhas nunca antes percorridas, rios em cheia, desastres naturais e ataque de índios rebeldes. Mas é apenas em Oregon City que todos os pecados serão pagos. Texto magnífico de Gianfranco (Mágico Vento) Manfredi para os desenhos belíssimos do argentino Carlos Gomez. Uma das melhores histórias de Tex de todos os tempos. CONFIRA!
10,00€

.
ZAGOR 142
O Sumiço de Chico
Texto: Ade Capone e Moreno Burattini – Desenhos: Gallieno Ferri e Marco Verni

História originalmente publicada em Zagor italiano 521

Um dramático final conclui o combate entre Zagor e Stephan, o obscuro sacerdote do culto de Haggoth: o próprio demónio, invocado no decorrer de um ritual mágico, vem à Terra e fica face a face com o Espírito da Machadinha! Mas quando Zagor retorna a Darkwood, eis que reaparece outro dos seus mais perigosos adversários: o diabólico Mortimer! O vilão, autêntico génio do crime, teceu uma nova, inexorável trama…
4,00€

.
ZAGOR EXTRA 106
Duelo no Oceano
Texto: Boselli – Desenhos: Rubini

História originalmente publicada em Zagor italiano 555

Com a ajuda dos agentes de Elsewhere, abre-se a caçada aos sequestradores da princesa Marada e de Dexter Green. Conseguirão Zagor e Cain salvá-los antes que Richter e o necromante kushita, seu aliado, os transformem em escravos do Mal ou zumbis privados da vontade? A luta prossegue em alto mar, entre um barco a vapor da marinha americana e o veleiro maldito dos zumbis. Quando os fuzileiros abordam o barco, parece que finalmente chegou o fim para os adversários de Zagor… Mas o diabólico prof. Richter tem à disposição um fabuloso ás na manga…
4,00€

.
MÁGICO VENTO 127
Os Olhos do Falcão
Texto: Manfredi – Desenhos: Siniscalchi

História originalmente publicada em Mágico Vento italiano 127

Os apaches de Victorio infligem as primeiras vitórias contra o exército americano. O imprudente comandante de um forte da fronteira organiza um contra-ataque, recorrendo aos seus “especialistas”, um esquadrão formado por ex-militares sem escrúpulos e entre os quais estão os assassinos do grande chefe indígena Mangas Coloradas. Mas eles precisam lidar com o fantasma do líder que tinham assassinado e também com Mágico Vento, que trilha o caminho da vingança. Tal é o descuido do perigo de Ned que ele decide confrontar os ferozes executores sozinho… Tendo alcançado o pueblo, Ned toma consciência de algo que mudará para sempre a sua vida…
4,50€

.
AVENTURAS DE UMA CRIMINÓLOGA 98
Corrida pela vida
Texto: Giancarlo Berardi  e Lorenzo Calza – Desenhos: Enio

História originalmente publicada em Júlia italiana 98

Prossegue a frenética “Wild West Contest” e Júlia e Leo se empenham ao máximo na corrida lado a lado com pilotos concorrentes que são muito mais do que apaixonados por competições de quatro rodas. Agentes do FBI, narcotraficantes, médicos, outros com obscuros passados, todos dispostos a arriscar a vida pela satisfação de chegar em primeiro lugar na competição…
4,50€

.

2

Andrea VENTURI e os desenhos feitos na passagem pelo Salão de Viseu

agosto 21, 2013

Andrea VENTURI e os desenhos feitos na
.
passagem pelo Salão de Viseu

Por José Carlos Francisco (texto) e Orlando Santos Silva (fotos)

Desenho exclusivo de Andrea Venturi para Hernâni Portovedo

Durante o decurso do XVIII Salão Internacional de Banda Desenhada de Viseu, o SalãoBDViseu2013, Andrea VENTURI brindou dezenas de Texianos presentes com desenhos feitos no momento por si, para gáudio de todos os presentes no evento beirão.

Mas os desenhos realizados por Andrea VENTURI não se ficaram apenas pelos produzidos no decorrer do Salão em Viseu, isto porque Venturi foi muito assediado pelos seus fãs na tentativa de conseguirem um desenho original de sua autoria feito na hora e com a respectiva dedicatória, levando a que o autor italiano tivesse por vezes que os realizar em condições inapropriadas (por exemplo até altas horas da madrugada em pleno quarto no hotel), mas a todos Andrea VENTURI sempre respondeu positivamente, apesar de em alguns casos o cansaço do autor ser bem visível no seu rosto, fazendo um belíssimo desenho a cada Texiano e sempre com um sorriso encantador no rosto dando uma verdadeira lição de profissionalismo e de humildade, confirmando porque Venturi é tão querido e admirado pelos seus fãs portugueses.

O blogue do Tex mostra, de seguida, a todos os interessados, alguns desses fantásticos desenhos que esperamos sejam do agrado de quem acessa o blogue.

(Para aproveitar a extensão completa das imagens, clique nas mesmas)

5

Tex e Kit Carson sob ataque, por Orestes Suárez Lemus

agosto 20, 2013

Tex e Kit Carson sob ataque, por Orestes Suárez Lemus

(Para aproveitar a extensão completa do desenho, clique no mesmo)

4

O nascimento do 332º póster de Claudio Villa em Tex Nuova Ristampa

agosto 19, 2013

O nascimento do 332º póster de Claudio Villa
.
em Tex Nuova Ristampa

Por José Carlos Francisco

Tex Nuova Ristampa é a terceira reedição de Tex na Itália, ou seja a 4ª série do Ranger: Tex (inédito), Tex Tre Stelle, Tutto Tex e Tex Nuova Ristampa. O principal atractivo da mais recente reedição de Tex, que actualmente tem uma periodicidade quinzenal, são os mini-pósteres da autoria de Claudio Villa, um extra que sempre acompanha a revista desde o número 1.

Vinheta de Claudio Villa que serviu de inspiração para o mini-póster de TNR 332

No Brasil estes pósters têm sido utilizados, sobretudo mas não só, como capas de Tex Edição Histórica, aliás foi o Brasil através do lançamento de Tex Edição Histórica, em Agosto de 1993, que deu azo a estas magníficas ilustrações, de Claudio Villa, muito bonitas e interessantes e que retratam situações passadas em histórias antigas de Tex Willer, já que os responsáveis da Editora Globo pediram a Sergio Bonelli a possibilidade de se produzirem capas inéditas para a “nova” série brasileira, pedido esse que o editor italiano atendeu de pronto e mais tarde, em Fevereiro de 1996, Sergio Bonelli também deu a conhecer aos leitores italianos os pósteres de Claudio Villa ao reproduzi-los no interior de cada número de Tex Nuova Ristampa.

Esboço inicial da ilustração para Tex Nuova Ristampa #332 inspirada numa vinheta da página 48 da edição italiana #502

A propósito da autêntica galeria Tex Nuova Ristampa que no passado dia 31 de Julho viu então o seu 332º póster, Claudio Villa confidenciou-nos que “Nestas imagens procurei, desde o seu início, “encontrar” o Tex mais autêntico: a Lenda. Aquele Tex que está no coração de cada leitor desde a primeira história lida e por quem foi “capturado”. E imagem após imagem o retrato de Tex fica cada vez mais claro no papel. Com a convicção de que o leitor que está dentro de mim guia o lápis do desenhador que trabalha.

Ilustração a tinta da china do mini-póster de TNR 332

Antes do falecimento de Sergio Bonelli tudo começava com um esboço da imagem pretendida, determinado pelo próprio editor, já que ao contrário do que muitos pensavam, o desenhador não tinha liberdade para fazer a ilustração que bem entendesse para a história, como nos explica Claudio Villa: Se no passado tudo nascia na editora, onde Sergio Bonelli examinava pessoalmente a história em questão para procurar uma cena “de capa” entre as vinhetas desenhadas e depois elaborava um esboço veloz que me era enviado por fax, junto às cópias das páginas correspondentes (em geral, duas ou três), hoje em dia cabe-me a mim seleccionar a cena a eleger.

Ilustração pintada manualmente, por Claudio Villa, do mini-póster de TNR 332

Inclusive as cores da capa, são da responsabilidade de Claudio Villa: “Eu dou uma “indicação” de cor: faço uma fotocópia em A4 a preto e branco e passo a colori-la com tintas líquidas, pintando-a como gostaria de vê-la impressa. Depois é o impressor que deve, com os seus instrumentos, aproximar-se daquilo que fiz…“

Póster Tex Nuova Ristampa 332

Pois bem, foi todo este processo de criação da mais recente edição de Tex Nuova Ristampa que demos hoje a conhecer aqui no blogue do Tex, uma ilustração que nasceu inspirada da edição nº 502 de Tex, a história do retorno de Mefisto!

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

2

CITAÇÕES DE TEX: Livro ´O Mundo dos Quadrinhos´ e a revista Mundo dos Super-Heróis #44 citam Tex

agosto 18, 2013

CITAÇÕES DE TEX:
Livro ´O mundo dos quadrinhos´ e a revista Mundo dos Super-Heróis #44 citam Tex

-
Por Ezequiel Guimarães

Como já citei em outro post aqui no Blogue do Tex, há fãs que gostam de ler (e até coleccionar), materiais de suas personagens favoritas, mesmo que seja apenas uma inserção homenageatória em uma história de outra personagem, ou até uma matéria ou apenas uma citação em algum texto.

Em muitos casos, mesmo sendo uma citação, permite entender mais sobre algum assunto que envolveu directamente, ou indirectamente o herói, ou até algum bastidor de algo que tenha a ver com aquele herói, mesmo se for de uma forma resumida (às vezes nem tanto).

É o caso, por exemplo, de ´Orgulho Nacional´.

Mas antes de falar dela, quero citar uma obra histórica, e que também cita Tex, que é o livro ´O mundo dos quadrinhos´, com mais de 250 páginas. Obra de fôlego, é um verdadeiro dicionário com mais de 1.800 personagens de quadradinhos citados. O grande justiceiro Tex Willer não poderia ficar de fora, e há um verbete destinado a ele.

Curiosamente, a data de criação do herói é citada erroneamente como sendo 1966 (e não 1948 que é o correcto). Mas temos que considerar que a publicação é do longínquo ano de 1977 do século passado, onde não se tinha acesso a tanta informação como se tem hoje, ao alcance do clic de um mouse (rato). Então nem todo autor que não fosse totalmente inteirado no assunto (pelo menos de fumetti), poderia citar com precisão algo que não conhecesse bem. Apesar do autor desse livro ser um apaixonado por quadradinhos, mas, naqueles anos, saber de tantas personagens, de vários países e ter informações precisas, aí é outra coisa, era uma tarefa hercúlea. Além de que, naquela época fazia poucos anos que Tex tinha retornado às bancas brasileiras, após estar ausente durante muitos anos.

Mas será que ele sabia a data correcta e o que aconteceu foi um erro de impressão ou revisão? Difícil saber, mas o facto é que a editora da obra, Edições Símbolo era bastante competente nos quesitos revisão e impressão.

Bem, o que importa é que o autor, o pernambucano e apaixonado por quadradinhos Ionaldo Cavalcanti, se esforçou (e muito) para gerar a obra, e fez questão em inserir Tex, o que ajudou também na divulgação do herói. A interessante obra, pode não ser a pioneira em citações de personagens, mas teve o mérito de aparecer numa época onde não era comum encontrar-se tantas opções (e esse tipo de livro, tipo um dicionário, menos ainda) sobre quadradinhos em livrarias como temos hoje. A importância da obra era tamanha, que foi saudada com euforia pelos fãs de BDs naqueles anos 70. E ainda seria uma das grandes referências sobre o tema quadradinhos nas décadas seguintes, de 80 e 90.

O prefácio é da lenda Álvaro de Moya, e é difícil de ser encontrado (coitados dos coleccionadores), pelo mesmo em bom estado de conservação. O preço será muito salgado, isso se for achado.

Voltando ao ´Orgulho Nacional´, que citei no início, é uma matéria sobre a saudosa editora brasileira Press, onde é citado Tex, mais precisamente pelo escandaloso caso de plágio do ranger mais temido do velho Oeste (esse plágio foi descrito pela primeira vez pelo grande escritor GONÇALO JUNIOR em sua magnífica obra O MOCINHO DO BRASIL – A HISTORIA DE UM FENÓMENO EDITORIAL CHAMADO TEX).

A matéria assinada por Antonio Luiz Ribeiro traça um panorama da vida e morte da editora, e foi publicada na revista Mundo dos Super-Heróis nº 44, publicação da Editora Europa voltada à cultura pop, quadradinhos, TV e cinema. Essa edição é a de Junho deste ano e ainda pode ser encontrada em muitas bancas brasileiras, sobretudo nas grandes cidades.

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

5

Exposição de homenagem a título póstumo a Sergio BONELLI, no 18º Salão Internacional de Banda Desenhada de Viseu

agosto 17, 2013

Exposição de homenagem a título póstumo a
.
Sergio BONELLI, no 18º Salão Internacional
.
de
Banda Desenhada de Viseu

Por José Carlos Francisco (texto e fotos) e Orlando Santos Silva (fotos)

José Carlos Francisco e a exposição de homenagem a Sergio Bonelli

Para além da exposição com pranchas do Tex Gigante da autoria de Andrea Venturi, abrilhantada no passado fim de semana pela presença do próprio desenhador italiano, está também patente, até ao dia 22 de Setembro, na cidade de Viseu, integrada igualmente na 18ª Edição do Salão Internacional de Banda Desenhada de Viseu (integrado no programa de exposições da Feira de S. Mateus) uma exposição de homenagem póstuma a Sergio Bonelli (Milão, 2 de Dezembro de 1932 — Monza, 26 de Setembro de 2011), autor italiano de personagens de banda desenhada, entre eles Zagor e Mister No e editor de Tex, falecido no dia 26 de Setembro de 2011, com 78 anos.

Andrea Venturi e a sua homenagem a Sergio Bonelli

A exposição de homenagem a SERGIO BONELLI (Sergio Bonelli foi o principal artificie da passagem da banda desenhada como simples instrumento de entretenimento popular a produto de dignidade cultural, criando, ao longo da sua carreira de cinquenta anos, uma das mais importantes editoras de banda desenhada no contexto italiano e mesmo mundial e se o seu pai criou Tex Willer ele continuou a escrever as suas histórias antes de dedicar-se à faceta de editor. Com amor, paixão e respeito pelos criadores e desenhadores. Criou Zagor e Mister No, e com a sua editora publicou Dylan Dog e Nathan Never entre muitas outras personagens de sucesso) é baseada na iniciativa do blogue português do Tex aquando do 1º aniversário do falecimento do mítico editor italiano, em Setembro passado.

Texto dedicado pelo Salão de Viseu a Sergio Bonelli

Estão expostos no Salão de Viseu trabalhos que diversos autores da editora Bonelli fizeram propositadamente para o nosso blogue, assim como homenagens realizadas também por autores portugueses, colaboradores e leitores do blogue. Uma exposição que sem dúvida alguma prestigia Sergio Bonelli como as fotografias que ilustram este texto o comprovam.

Vista parcial da exposição dedicada a Sergio Bonelli no 18º Salão Internacional de BD de Viseu

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

1