A visita do pard Olímpio Constâncio

maio 6, 2014

A visita do pard Olímpio Constâncio

Por José Carlos Francisco

Neste último domingo, dia 4 de Maio, tive o grande prazer e a enorme honra de conhecer pessoalmente mais um grande e especial fã português de Tex Willer: o pard Olímpio Constâncio, que passando pela Bairrada no dia da 1ª Comunhão da sua filha, teve a feliz ideia de vir conhecer o Museu português do Tex!


Olímpio Constâncio, Sócio nº 35 do Clube Tex Portugal, há mais de 30 anos que convive (e colecciona) o nosso Ranger, daí a natural paixão por Tex, mas um dos motivos maiores dessa paixão é o facto de haver histórias que se cruzam (muitas fazem referência a outras já publicadas), mas o motivo maior é “haver histórias desde quando Tex era novo até ele já com filho adulto, o que transforma a saga Tex Willer numa autêntica novela de uma vida inteira. Também a forma como as histórias são narradas lembra os filmes de Alfred Hitchcock, onde muitas vezes o leitor está até perto do final a tentar descobrir quem é o “mau da fita” até perto do final.

Segundo o pard OlímpioTambém existe uma particularidade que não é habitual em nenhuma das outras revistas de BD que eu conheço, que é o convite feito a muitos desenhadores e argumentistas para entrarem em muitas das aventuras do Tex o que torna muitas histórias únicas e belas obras de arte.


O encontro ocorreu portanto na minha residência, para deleite deste Texiano de Lisboa, mas que actualmente reside em São Jacinto, freguesia do concelho de Aveiro, e durante as cerca de duas (agradáveis)  horas de estadia de Olímpio Constâncio na Malaposta, falamos do nosso Águia da Noite (mas também de Conan) e das nossas colecções assim como de muitas novidades sobre Tex que o futuro nos trará, ficando já prometida a presença de Olímpio Constâncio na primeira exposição dedicada a Tex a realizar pelo Clube Tex Portugal na cidade de Anadia, capital da Bairrada, nos dias 15, 16 e 17 de Agosto deste ano e que contará com a presença do consagrado desenhador italiano Pasquale Del Vecchio!


Foi enfim, mais um dia fantástico na minha vida de coleccionador de Tex, onde a amizade predominou e que só foi possível devido ao Ranger, ser uma personagem (de papel) tão especial e publicamente, agradeço ao Olímpio Constâncio, por estes maravilhosos momentos (poucos mas bons) vividos em minha casa, pois é sempre um tremendo prazer falar sobre o nosso Tex, ainda mais entre Amigos com a mesma paixão e que no fundo são como família, mesmo quando o Glorioso Benfica está a jogar, como foi o caso, pois enquanto o pard Olímpio me visitou, jogava-se o jogo da consagração do meu Benfica, campeão de Portugal pela 33ª vez!

2

A realização da capa de Tex #643, “L’indomabile”

maio 5, 2014

A realização da capa de Tex #643,
.

“L’indomabile”

Por José Carlos Francisco

As diversas fases da capa de Tex #643

Neste mês de Maio, mais precisamente no dia 7, a Sergio Bonelli Editore irá publicar a edição número 643 de Tex, intitulada “L’indomabile”, que contém a primeira parte daquela que será a última história do malogrado José Ortiz na série principal de Tex (teremos ainda uma última história de Ortiz, mas na série Maxi Tex), história escrita por Mauro Boselli e cuja capa, como todas posteriores ao número 400, é da autoria do conceituado desenhador Claudio Villa, capa essa que divulgamos hoje aqui no blogue do Tex acompanhada do esboço inicial assim como da capa original pintada pelo próprio Claudio Villa tal como temos feito com alguma regularidade devido à gentil cortesia de Villa que nos tem dado a conhecer nos últimos tempos os seus esboços e as suas cores originais das capas que vai produzindo para Tex.

Como se pode constatar entre o desenho inicial de Claudio Villla e o definitivo que foi para a gráfica houve várias alterações, por mais ligeiras que fossem, talvez sendo as mais significativas a retirada do barrote queimado à esquerda de Tex, provavelmente para não ser confundido com o eventual braço do Ranger e a posição do seu Colt, mas sobre estas alterações, eis as palavras do próprio Villa: “Efectivamente na redacção da editora fizeram várias alterações ao meu desenho inicial, como por exemplo o encolhimento das costas e dos ombros de Tex e a cabeça ligeiramente aumentada.“.

Já no quesito cores, também houve algumas alterações às sugestões de Villa, como por exemplo privilegiando o habitual amarelo vivo característico na camisa do Ranger para além de um fogo mais alaranjado…

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

0

Tex Gold nº 9 – Inferno bianco

maio 4, 2014

Tex Gold nº 9 – Inferno bianco

Tex Gold nº 9 – Inferno bianco

(Para aproveitar a extensão completa da imagem acima, clique na mesma)

0

Fabio CIVITELLI, Sócio Honorário do Clube Tex Portugal

maio 3, 2014

Fabio CIVITELLI,
.
Sócio Honorário do Clube Tex Portugal

Por José Carlos Francisco

Fabio CIVITELLI, consagrado desenhador italiano de Tex e um dos mais admirados e elogiados, não somente por fãs e coleccionadores de Tex, mas também pela crítica especializada, tem um enorme carinho por Portugal, país onde esteve por cinco vezes (único artista da Nona Arte Mundial a ter sido convidado pelos cinco maiores eventos relacionadas à banda desenhada em Portugal na última década: Moura em 2007, Amadora em 2008, Beja em 2010, Viseu em 2011 e Porto em 2012), carinho esse que é recíproco por parte dos fãs lusitanos do Ranger, que para o demonstrar (como se tal fosse preciso…) elegeram-no como Sócio Honorário do Clube Tex Portugal logo aquando do nascimento do Clube, no 18º Salão Internacional de Banda Desenhada de Viseu, em Portugal, mais precisamente durante a Tertúlia Texiana realizada ao final do dia 10 de Agosto de 2013 e na presença do não menos renomado desenhador Andrea Venturi.

Facto esse que muito honrou o desenhador aretino, que faz questão de demonstrar isso mesmo na belíssima fotografia que mostramos de seguida e onde se pode ver Fabio Civitelli exibir orgulhosamente os símbolos (Cartão de Sócio Honorário e PIN Oficial) do neófito Clube Tex Portugal, único Clube no nosso país dedicado exclusivamente a um herói da BD, e o primeiro Clube Oficial de Tex Willer no mundo.

Fabio Civitelli, Sócio Honorário do Clube Tex Portugal

Fabio Civitelli, que se junta assim a duas outras grandes personalidades italianas do mundo de Tex Willer que prestigiam o Clube Português e que também são Sócios Honorários do Clube Tex Portugal: Davide Bonelli, Director Geral da Sergio Bonelli Editore, não esquecendo que a própria Editora Sergio Bonelli Editore também é Sócia Honorária, e Andrea Venturi, Sócio Honorário e Padrinho da agremiação lusitana dedicada a Águia da Noite!

Outras personalidades do Mundo de Tex, em especial de nacionalidade brasileira, também receberão em breve, algumas em solo português, o respectivo Cartão de Sócio Honorário e o PIN identificativo do Clube, mas recordamos a todos os interessados que as inscrições para sócio do CLUBE TEX PORTUGAL podem ser efectuadas via e-mail para José Carlos Francisco, com o pagamento de uma jóia de inscrição (que será de € 5,00) acrescido do pagamento da quota (€ 2,00 é o valor da quota mensal) desse mesmo mês. Menores de 18 anos estão isentos do pagamento de quotas e todos os associados terão um cartão oficial do CLUBE TEX PORTUGAL devidamente numerado e personalizado assim como um pin exclusivo do Clube autorizado pela Sergio Bonelli Editore!


Recordamos também que se trata de uma iniciativa destinadas aos fãs e coleccionadores de Tex Willer residentes em Portugal, excepção feita aos Sócios Honorários e aos texianos estrangeiros que participem em pelo menos um convívio português já que o Clube visa sobretudo um maior convívio não somente entre os admiradores do Ranger, mas também, entre outras coisas, proporcionar a vinda a Portugal e consequente convívio com autores de Tex que se mostrem disponíveis para se deslocarem ao nosso país (como acontecerá já em Agosto próximo com a presença de PASQUALE DEL VECCHIO, num evento a organizar em Anadia, capital da Bairrada) e também uma publicação periódica devidamente autorizada pela Sergio Bonelli Editore e destinada em exclusivo aos sócios do oficial CLUBE TEX PORTUGAL.

Para tomar conhecimento da lista com  todos os sócios do Clube e tomar conhecimento dos Estatutos do Clube Tex Portugal, clique AQUI!

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

2

Portugal – Edições da Mythos Editora à venda em Maio

maio 2, 2014

Portugal – Edições da Mythos Editora à venda
.
em Maio

Relação das revistas da Mythos Editora, distribuídas em Portugal, pela VASP – Distribuidora de Publicações Lda, para o mês de MAIO de 2014:

.
TEX 496
Duelo ao meio dia
Texto: Mauro Boselli – Desenhos: Alfonso Font

História originalmente publicada em Tex italiano 594

Na perseguição ao cúmplice no assassinato de Deadwood Dick, um certo Luke Harrigan, Tex e Carson chegam a Albuquerque, onde a pista se perde. A Tex resta somente uma fraca esperança: a de encontrar Harrigan no trem do meio-dia para o Colorado. Se tiver sucesso, ele e Carson poderão conhecer os mandantes do homicídio e começar a resolver o complexo enigma deixado pela morte de Wild Bill Hickock. Enquanto isso, na pista do vingador sem rosto que matou o senhor Black deixando junto ao cadáver um oito de espadas, Kit Willer encontra outro morto, uma outra carta do jogo e um misterioso índio Dakota que tem a boca bem fechada…
3,40€

.
TEX COLEÇÃO 288
O círculo de sangue

Texto: G. L. Bonelli – Desenhos: Giovanni Ticci

História originalmente publicada em Tex italiano 236

Cão Amarelo não desiste de seu propósito de exterminar os navajos e tirar o escalpe de Águia da Noite, mas depois de ficar sem as armas e sem os cavalos após ataques de Tex e seus parceiros, os utes e os hualpais rebeldes se vêem caçados pela Cavalaria e terão que rever seus planos. Os caçadores viram caça, e terão que lutar muito para manter o escalpe. Além disso, Cão Amarelo terá que receber a justa punição por seus crimes, aplicada por Águia da Noite.
3,40€

.
TEX OURO 68
A volta de Morisco

Texto: Mauro Boselli – Desenhos: Guglielmo Letteri

História originalmente publicada em Tex italiano 452 a 454

Tex e Carson salvam um velho Ranger chamado Jesse Hawks de um ataque de índios. Os dois justiceiros resolvem ajudar o amigo a achar o comanchero Juan Raza. Enquanto isso, em Pilares, Morisco está às voltas com um misterioso caso de uma múmia egípcia que, levada para o museu de Durango, parece ter despertado e assombra os habitantes locais. É claro que o simpático feiticeiro chama Tex e Carson para ajudá-lo a desvendar o enigma.
11,00€

.
TEX EM CORES 15
Os anjos da justiça
Texto: G. L. Bonelli – Desenhos: Aurelio Galleppini

Tex, Carson e Kit Willer envolvem-se na luta entre pobres agricultores e um rico e prepotente criador de gado que quer a todo custo tomar as suas terras. Kit Willer e o seu padrinho Kit Carson até se disfarçam de lavradores para enganar e apanhar os bandidos em flagrante. Tudo isso (e muito mais) magistralmente colorido e com papel de primeiríssima qualidade, naquela que muitos consideram a colecção definitiva de Tex Willer.
15,00€

.
ZAGOR 149
Uma forca para Gisele
Texto: Moreno Burattini – Desenhos: Prisco

História originalmente publicada em Zagor italiano 528

Durante a viagem de volta para Darkwood, Zagor e Chico chegam ao povoado de Winnfield, na Carolina do Sul, e descobrem que a amiga Gisele está trancada numa cela, no escritório do xerife Atkinson, à espera de subir no patíbulo.
A bela aventureira foi condenada por homicídio depois de ter sido surpreendida ao lado do cadáver de um homem que havia acabado de ser morto!
4,00€

.
ZAGOR EXTRA 113
A múmia dos Andes
Texto: Moreno Burattini – Desenhos: Prisco

História originalmente publicada em Zagor italiano 562

O Capitão Missão revela a Zagor onde está escondido o ouro de Lima, o tesouro que ele roubou há muitos anos e que era procurado por McGunn: mas qual será o destino da valiosa carga?
4,00€

.


.

.
.

ZAGOR ESPECIAL 42
O complô dos mascarados
Texto: Toninelli – Desenhos: Michele Pepe

História originalmente publicada em Zagor italiano 287 a 289

Zagor e Chico participam do grande encontro das sete tribos cheyennes que acontece a cada vinte anos.
Durante o evento o Espírito da Machadinha sofre um atentado praticado por um grupo de guerreiros que usam estranhas máscaras de madeira e que fazem parte do Clã do Rosto de Madeira, uma sociedade secreta que quer eliminar Zagor.
9,00€

.
AVENTURAS DE UMA CRIMINÓLOGA 105
O imitador
Texto: Giancarlo Berardi  e L. Calza– Desenhos: Claudio Piccoli

História originalmente publicada em Júlia italiana 105

Um assassino busca as suas vítimas entre casais de jovens amantes. Seria um assassino serial, ou a sequência dos homicídios ocultaria uma maquinação obscura? Para resolver esta trama, a doutora Kendall arriscará a própria vida e deverá confiar num homem que vive em um mundo feito de perigosas obsessões.
4,50€

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

0

L’orda del tramonto (A Horda do Entardecer), o Tex Gigante desenhado por Corrado Roi e escrito por Pasquale Ruju

maio 1, 2014

A Horda do Entardecer, o Tex Gigante
.
desenhado por Corrado Roi e escrito por
.
Pasquale Ruju

Por José Carlos Francisco

O Tex de Corrado Roi

É já em Junho próximo, mais precisamente no dia 20, que teremos nos quiosques italianos o vigésimo nono Texone, nome carinhosamente dado ao Albo Speciale, mais conhecido por Tex Gigante, a série anual que publica, em tamanho gigante, aventuras geralmente ilustradas por desenhadores convidados e fora do staff regular de Tex.

L'orda del tramonto (A Horda do Entardecer), o Tex Gigante desenhado por Corrado Roi e escrito por Pasquale Ruju

E depois de alguns anos em que essa regra foi desvirtuada (Ernesto Garcia Seijas, em 2011, se bem que na realidade, o Tex Gigante Le iene di Lamont tenha marcado a estreia do argentino em Tex, Fabio Civitelli, em 2012 e Andrea Venturi, em 2013) a velha fórmula foi retomada e este ano teremos como artista convidado, CORRADO ROI, consagrado desenhador italiano (“um grande desenhador em qualquer parte do mundo” como o jornalista João Miguel Lameiras o definiu um dia) que só no que à Editora Bonelli diz respeito já trabalhou para Mister No, Martin Mystère, Dylan Dog, Brendon, Julia, Magico Vento e Dampyr.

Arte de Corrado Roi em Tex

Mas este vigésimo nono Texone também tem a particularidade de estrear (nesta afamada série) Pasquale Ruju na escrita, um dos actuais e mais apreciados argumentistas do Ranger, mas também escritor de Dylan Dog, Nathan Never, Dampyr, Martin Mystère, Demian e Cassidy.

Arte de Corrado Roi em Tex

L’orda del tramonto (A Horda do Entardecer) é o título deste Tex Gigante que a Mythos Editora publicará, também este ano, no Brasil e tem a particularidade de ser uma aventura insólita cujos ingredientes principais da história são constituídos por um aristocrata proveniente de um país dos Balcãs, um assassino que vê no escuro, uma cigana encantadora e malvada, um castelo sombrio cheio de segredos e armadilhas e uma velha lenda…

Arte de Corrado Roi em Tex

Não são, obviamente, os ingredientes habituais das histórias mais tradicionais do Ranger, mas a escolha de uma história particular tem a ver com a presença de dois autores verdadeiramente especiais, que queriam lidar desta forma o seu desafio pessoal com as 224 páginas do Texone. O argumentista Pasquale Ruju preparou uma trama que se adequa perfeitamente ao traço de Corrado Roi, um verdadeiro mestre das atmosferas inquietantes e góticas.

Carson e Tex desenhados por Corrado Roi

O enredo original de Ruju e as sombras do pincel de Roi destacam-se em Tex n’A Horda do Entardecer: cabe a você, caro leitor, descobrir o quanto será intrigante e imperdível o resultado desta fantástica combinação!

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

7