O editorial da revista nº 7 do Clube Tex Portugal

dezembro 4, 2017
Tags:

O editorial da revista nº 7 do

Clube Tex Portugal

O editorial da revista nº 7 do Clube Tex Portugal

O mês de Dezembro, quando habitualmente se publica mais um número da revista do nosso Clube, marca o início do Inverno, estação caracterizada por ambientes agrestes, muitas vezes plenos de neve. Convidado a desenhar as capas deste novo número, Stefano Biglia achou por bem homenagear estes cenários, ilustrando (perdão, pintando), numa das capas, dois magníficos pards, Tex Willer e Kit Carson, cavalgando na neve em direcção ao leitor. Uma capa magnífica, perfeitamente ilustrativa de um dos cenários mais queridos dos leitores texianos, quando as aventuras de Tex são ambientadas nas paisagens invernosas e enevadas, em contraponto com o desenho da capa alternativa, onde um Tex pujante surge também a cavalgar, desta vez numa paisagem bem mais ensolarada.

Uma revista onde conseguimos bater duas marcas, uma vez que, por um lado publicamos o maior número de páginas dedicadas apenas a artigos(54) e, por outro lado, reunimos, no mesmo número, a mais extensa galeria de nomes do staff texiano e da SBE. Isto porque, para além do magnífico Stefano Biglia, contamos com a participação de Leomacs, Alessandro Nespolino, Massimo Rotundo, Moreno Burattini, Pasquale Frisenda, Pasquale Del Vecchio, Walter Venturi, Bruno Brindisi, Maurizio Dotti, Lucio Filippucci, Andrea Venturi e Fabio Civitelli, uns a desenharem outros a escreverem, mas todos a manifestarem o enorme carinho que têm pelos leitores texianos.

Um número onde, naturalmente, há espaço para mais artigos e opiniões sobre o ranger, através de textos de habituais colaboradores da revista como o Sandro Palmas, que escreve sobre Stefano Biglia, o Jesus Nabor Ferreira, com um artigo dedicado ao horror e magia presentes em algumas aventuras de Tex, o José Carlos Francisco, que escreve sobre os kalkitos de Tex, o Júlio Schneider, que apresenta uma matéria sobre telefone, dólar e cerveja no mundo de Tex e o Mário João Marques, que assina a introdução de um conjunto de testemunhos de autores de Tex sobre Aurelio Galleppini, assim como um artigo dedicado à actividade editorial do ranger em 2017.

Para nosso agrado, estreiam-se novos colaboradores: o consagrado jornalista brasileiro Thiago Gardinali, que aborda a sua recente peregrinação pelo universo do fumetto italiano, o Carlos Almeida, que escreve sobre a aventura Ouro Negro, recentemente editada em Portugal pela Polvo, o Ricardo Leite, um Toybroker que nos traz um texto sobre o universo de brinquedos inspirados na banda desenhada, nomeadamente Tex, e o Grupo Galep que, em conjunto com a nossa querida Fernanda (Nanda) Martins, assina uma pequena reportagem sobre a Mostra de Casale di Pari, alusiva ao centenário do nascimento de Galep, texto este complementado por mais um desenho de António Lança-Guerreiro.

Terminamos como sempre o fazemos, deixando os nossos agradecimentos a todos os que contribuíram para que este sétimo número da revista seja uma realidade, à SBE que desde o início nos apoia incondicionalmente e ao Jorge Machado-Dias, incansável na sua preparação.

Nota do Clube Tex Portugal a todos os sócios:

Como habitualmente, os sócios do Clube Tex Portugal (com excepção dos sócios menores) COM AS QUOTAS DO MÊS DE DEZEMBRO PAGAS, terão direito a receber gratuitamente um exemplar da revista. Dado que este 7º número será publicado com duas versões da capa, o exemplar gratuito será o da versão com desenho de Tex e Kit Carson a cavalgar na neve.

Adicionalmente, sem qualquer limite, os sócios podem adquirir mais exemplares da revista, quer da versão oficial quer da versão alternativa, sendo o preço unitário de 10 euros.

Deste modo, todos os sócios que desejem adquirir exemplares da revista, devem informar desde já (e impreterivelmente até ao dia 4 de Dezembro) o Clube Tex Portugal, na forma de comentário a este post ou escrevendo para José Carlos Francisco (josebenfica@hotmail.com), indicando o nº de exemplares pretendido para cada versão da capa e procedendo ao respectivo pagamento na conta do Clube Tex Portugal ou através de paypal, enviando o comprovativo desse mesmo pagamento.

  • Pagamentos internacionais por transferência bancária  devem ser feitos com todas as despesas a serem suportadas pelo ordenador, sem qualquer dedução no valor a receber pelo Clube, devendo ser creditada a conta PT50003600009910590434664 em nome do Clube Tex Portugal na Caixa Económica Montepio Geral – código swift: MPIOPTPL;
  • Pagamentos nacionais por transferência bancária  devem ser feitos para o NIB 0036.0000.99105904346.64
  • Pagamentos por Paypal devem ser efectuados para o e-mail cacem.moreira@gmail.com com todas as despesas a serem suportadas pelo ordenador, sem qualquer dedução no valor a receber pelo Clube.

Leave a Reply