Universo Bonelli na revista Mundo dos Super-Heróis: Capa e belíssima ilustração de abertura

Por Ezequiel Guimarães

Conforme foi anunciado aqui neste mesmo blogue, o Universo Bonelli pela primeira vez tem uma grande reportagem inserida na prestigiada revista MUNDO DOS SUPER-HERÓIS (líder no mercado brasileiro no seu segmento).

Houve um pequeno atraso, mas finalmente está pronta a aguardada edição.
Vai às bancas a edição nº 25 (Especial de Aniversário), com a capa tendo a chamada para o dossier do lendário Jack Kirby, como se pode ver na imagem aqui ao lado. Infelizmente a chamada para a matéria Bonelli ficará no verso, pois a editoria priorizou o belo trabalho da capa, procurando não polui-la com chamadas de matérias, para que ela fosse o mais apreciável possível.

Bem, mas o que importa é que saiu, e os bonellianos terão uma das maiores matérias já registadas em língua portuguesa, e pela primeira vez, na língua de Camões, 15 personagens Bonellianas estarão lado a lado para uma divulgação conjunta. Divulgamos agora também a belíssima ilustração de abertura da matéria, uma interpretação do consagrado desenhador Daniel Brandão, que nos brinda com uma bela página inteira onde se encontram nove grandes personagens bonellianas e cuja colorização foi feita por Alzir Alves.

E reafirmo o solicitado na matéria anterior:
Após lerem a revista, manifestem-se sobre a matéria relativa ao Universo Bonelli, directamente à redacção da revista, peçam aos amigos para opinarem também, pois se a matéria tiver uma boa repercussão, poderemos ter uma sessão bonelliana fixa em cada nova edição, ou pelo menos, a chance de matérias esporádicas.

Isso é a grande chance de estar novamente num grande ‘canal de divulgação’ no mercado de BD’s (no Brasil, HQ’s), que é a revista Mundo dos Super-Heróis. Muitos já me falaram que a revista tem muito conteúdo Marvel e DC: realmente tem, mas porque os fãs Marvel e DC ficam ‘entupindo’ o mailbox deles com e-mails (fora as cartas), solicitando matérias das suas personagens favoritas, opinando, etc.

Então fãs bonellianos, não se esqueçam: querem uma sessão fixa? Querem divulgar as suas personagens preferidas? Querem que vários dessas personagens voltem às bancas? Querem que novas personagens bonellianas cheguem ao Brasil e a Portugal? Então opinem, manifestem-se após ler a revista, directamente à redacção da revista Mundo dos Super-Heróis!

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

40 Comentários

  1. Muito obrigado pela divulgação, Zeca!
    Gostaria que citasse que a bela colorização da ilustração foi feita pelo meu amigo Alzir Alves. É possível?
    Fiquei feliz demais de mais uma vez estar presente no blogue do Tex! É sempre uma imensa honra para mim!
    Sou um grande fã do universo bonelliano e admiro muitíssimo o seu trabalho.
    Quero enfatizar mais uma vez meu muito obrigado.
    Um forte abraço,
    Daniel Brandão

  2. Olá prezado Daniel,
    Agradeço imenso as suas palavras, mas o prazer em divulgar o seu trabalho é todo nosso, ainda mais quando diz respeito a Tex ou às demais personagens bonellianas, mas antes de mais nada, deixe-me dar-lhe os parabéns pela excelente (em todos os sentidos) página que realizou contendo estas 9 maravilhosas personagens da Casa Bonelli.

    Quanto à informação de que a colorização da ilustração foi da autoria do Alzir Alves, obrigado pela informação e nada mais justo do que incluí-la no texto e portanto ela já consta no post como pode constatar 😉

    Um abraço.

  3. O quê? Esta é a capa? Que falta de respeito com Sergio Bonelli, personagens deixados para segundo plano.
    Se bem que a principio não acreditei na informação, e estou convicto que a Bonelli não merece tamanha desconsideração.
    Um fato lamentável para os leitores de Tex.

  4. Pelo visto ficaram sem pauta e jogaram alguma coisa de Bonelli só pra tapar buraco. Pagar 15 reais por essa revista só pra ler sobre os personagens que estão circulando ai faz uma cara? Nem a pau, Juvenau!

  5. Merecia a capa…. A MDSH sempre prioriza capas para Marvel ou DC. Pelo menos os fumetti estão ganhando mais espaço…

  6. Olá, amigos

    Sou o editor da Mundo. Um detalhe importante: a matéria se propõe a apresentar o universo Bonelli. São 10 páginas com alguns dos mais conhecidos personagens. Conforme a resposta dos leitores podemos voltar ao assunto.

    Nosso foco é Marvel e DC porque os leitores nos pedem isso. Mas não temos preconceito contra nenhum quadrinho, seriado, filme, game…

    Espero que curtam a reportagem e ela ajude nossos leitores acostumados com comics e a interessarem também por trabalhos europeus.

    Também agradeço a inestimável ajuda de diversos bonellianos brasileiros.

    Abs,

  7. Na capa ou não, acho que sempre é bom estar presente nas mais diversas mídias. A propaganda é a alma do negócio, mesmo que o produto esteja vendendo bem é preciso reforçar a idéia… ou seja, como faz a Coca-Cola (comerciais institucionais)… vira e mexe.
    Isto ajuda a conquistar novos leitores e a manter sempre viva na cabeça do consumidor determinado produto.
    Se não, como é que fica? E quando os atuais leitores de Tex morrerem? É preciso, sempre, renovar o público-leitor…

    De fato, Mundo dos Super-Heróis,do nosso amigo Manoel, enfoca mais os super-heróis, pois este é seu público alvo. No entanto, ele sempre abriu espaço para divulgar outros gêneros nas páginas de suas belas edições.
    No ano passado, atendendo a minha solicitação, ele também publicou uma nota sobre o lançamento de Apache.
    Até Jonah Hex (cowboy da DC Comics), já apareceu por lá… depois de Tex, tá faltando só Blueberry, Manoel (rsss…).
    Zeca, querido bengala friend, parabéns por mais esta conquista.

    PS: Ah… fui lá no TexBR conferir e vi o grande destaque que foi dado à nossa entervista. Vc está em todas, agora, cowboy!
    Sucessãooooo!

  8. Olá amigos.

    Para se chegar ao alto de uma escada tem que pisar o primeiro degrau, não dá para querer dar um ‘pulo’ e já estar no alto, então não dá para na PRIMEIRA matéria exigirmos capa, a capa é Marvel/DC por ser o carro-chefe da revista.

    E não é um desrespeito à Sergio Bonelli, ao contrário, por muito respeito aos personagens bonellianos, é que logo na primeira matéria já foi dado 10 páginas!!!! É a 2ª maior matéria da revista (obviamente Marvel/DC é a primeira). Não é qualquer universo que consegue logo de cara 10 páginas na MUNDO (sem ser MARVEL/DC). Penso que só temos que agradecer ao Manoel por ter aberto esse generoso espaço, pois NÃO é nada comum se conseguir 10 páginas de publicação em uma revista que nunca teve matéria exclusivamente daquele universo de personagens.

    E como realcei nos dois posts que fiz aqui no blog, é a boa repercussão que vai abrir mais espaço, aí sim para até falarmos de outros bonellianos como aqueles que ainda não chegaram ao Brasil (citei isso também nos posts).

    Entendo os fãs que já conhecem bem os personagens, mas realmente como o Manoel bem citou é uma apresentação dos personagens (até porque falar a fundo de todos em 10 páginas é impossível).
    E alguém pode achar que quem lê Marvel/DC não vai se interessar por bonellianos, mas sempre tem alguém que se interessa; eu mesmo antes de ler Bonelli, lia muito Marvel/DC até conhecer um certo Ranger chamado TEX……. (o mesmo aconteceu com o Zeca).

    E como o Tony bem lembrou a ‘propaganda é a alma do negócio’; o objetivo é a divulgação dos bonellianos (como citei nos posts) em um canal de divulgação de alta tiragem que é a MUNDO. Afinal, aonde há divulgação de bonellianos sem ser apenas nas próprias páginas das revistas Bonelli da Mythos?
    Esse é o objetivo MAIOR da matéria.

    E por outro lado também atinge os ‘colecionadores’, pois vários já me falaram que vão adquirir a revista, apenas por ter a matéria Bonelli (embora, claro,também entendo quem não quer gastar R$ 14,90 por 10 páginas com personagens conhecidos). Mas tendo uma boa repercussão, no futuro poderemos ter matérias que, se não agradem a todos (o que é muito difícil conseguir), pelo menos agrade a maioria.

    Esse aqui é só o primeiro passo.

    E repito novamente: Muito obrigado Manoel pela espaço cedido.

    Ezequiel Guimarães

  9. E só complementando algo que faltou no meu comentário anterior, para esclarecimentos:
    a MUNDO não estava sem pauta e não usou a matéria BONELLI como tapa-buraco;
    ao contrário, a matéria Bonelli, após as conversas iniciais que tive com o Manoel, ficou NA FILA para ser produzida/publicada durante meses, exatamente por não haver espaço para publicá-la, devido a inúmeras matérias que já estavam em pré-produção, ou finalização.

    Abs.
    Ezequiel Guimarães

  10. Eu sou convicto que a partir desse fiasco, o Bonelli autorize mais revistas editadas por TEXBR, com belas capas e excelentes matérias, porque os bonellianos não precisam ser coadjuvantes de DC e Marvel, nem da revista em questão.

  11. Pela minha parte foi um grande prazer ajudar, mesmo que minimamente, nesta excelente matéria de uma revista não específica a edições Bonelli realizou divulgando o universo da editora Bonelli e tenho a certeza que Sergio Bonelli ficará muito feliz e grato assim como ficou ao ver as matérias dedicadas a Tex e a outros personagens Bonelli que saíram no BDJornal depois de muita “luta” de minha parte para que o BDJornal, o mais importante meio de comunicação português ligado á banda desenhada mas que também dava sobretudo espaço aos super-heróis, publicasse também matérias alusivas ao Universo Bonelli e mais especificamente a Tex e isso é difícil de se conseguir, daí os meus parabéns ao Ezequiel pela determinação em “convencer” quem de direito a ceder um espaço tão nobre aos personagens Bonelli assim como um agradecimento ao editor Manoel pelo espaço cedido.

    E se o BDJornal no passado não tinha espaço para Tex, depois do constante sucesso a cada novo número (os fieis texianos portugueses – e por vezes até os brasileiros – faziam aumentar as vendas) onde havia um texto dedicado a Tex, quase sempre de minha autoria, hoje em dia, Tex é presença assídua em cada novo número do BDJornal e Sergio Bonelli ficou tão grato ao BDJornal que até dedicou um editorial ao BDJornal e ao seu editor português (telefonando inclusive ao editor Jorge Machado-Dias a agradecer-lhe), publicando inclusive a capa e por isso também tenho a convicção que a revista Mundo dos Super-Heróis perceberá que só tem a ganhar ao falar de Tex e dos demais personagens Bonelli e passará a dedicar sempre um espaço aos fumetti.

    A questão da capa é interessante, claro que seria bom ter uma capa alusiva à matéria, mas quem anda neste mundo editorial compreende que por vezes tal não é possível por um motivo ou por outro. E há vários exemplos do BDJornal em Portugal e até na Itália das consagradas revistas Fumo di China e Scuola di Fumetto que no interior têm várias páginas dedicadas a Tex e na capa nem uma chamada de atenção há, embora em outras edições, como é natural haja até belas ilustrações na capa alusivas ao Ranger, por isso nada impede que no futuro a Mundo dos Super-Heróis também dedique uma capa ao Tex ou a outro personagem Bonelli… se bem que para mim mais importante do que a capa é o conteúdo interior, pois penso que vale mais 10 páginas de conteúdo e 0 na capa do que uma bela capa e depois no interior apenas uma página de conteúdo, mas claro que respeito quem discorde deste meu pensamento.

    E se a revista conseguir um só leitor para o Universo Bonelli devido a esta matéria, embora eu tenha a certeza que conquistará vários, já terá valido a pena o esforço de todos que tornaram possível aquela que considero ser a maior divulgação que o Universo Bonelli já teve no Brasil!

    E como a revista também será vendida em Portugal, os portugueses também ficarão gratos e claro que o blogue português do Tex cá estará para divulgar novamente esta excelente matéria quando a revista for distribuída em Portugal 🙂

  12. Nem acredito em algumas coisas que leio aqui. NUNCA houve uma divulgação como essa. A Mythos nunca fez propaganda de suas revistas em lugar algum. Agora, a MUNDO faz essa propaganda e ainda reclamam? Ora, vocês merecem é ficar sem ter o que ler.

    Como poderia o Universo Bonelli ser capa logo de uma revista de heróis? Eu nem acreditei quando me informaram que iria sair uma matéria sobre os Bonellis nela, pq os gibis italianos não são de heróis, conforme conhecemos aqui.

    Compra quem quer, obviamente, e o público-alvo a ser atingido não é apenas quem já conhece os fumetti, mas sobretudo quem nunca nem os viu em bancas, por falta de divulgação.

  13. Fazer e vender quadrinhos no Brasil é uma tarefa árdua, ora gratificante, ora estressante.
    Quero parabenizar o Manoel de Souza e Ezequiel Guimarães, responsáveis pela revista Mundo dos Super Heróis, por abrirem esse enorme espaço para o Universo Bonelli. Uma única linha dedicada aos nossos heróis de papel já é motivo de comemoração, quanto mais DEZ páginas e ainda com uma brilhante ilustração feita pelo Daniel Brandão e Alzir Alves. Continuem divulgando nossos heróis, não importando se for numa linha ou numa página inteira. Como disse o mestre Tony Fernandes, a propaganda é a alma do negócio.
    Vou providenciar minha edição e espero encontrar o Daniel e o Alzir para pedir um autógrafo.
    Abraços,
    Nilson

  14. Todos nós, fãs, dos fumetti em geral e Tex em especial, só temos de agradecer por um veiculo tão prestigiado como a Mundo dos Super-Heróis, dedicar espaço para divulgar ainda mais estes personagens por aqui. Principalmente onde, fora da Internet, não existem outros meios de divulgação. Manoel mais uma vez acertou em diversificar. Com certeza muitos leitores da linha Bonelli irão procurar comprar a revista e será um dos números campeão de vendas.
    Abraço
    Jesus Ferreira

  15. Caro ZECA, obrigado pelos parabéns, mas eu que agradeço sua participação, a de outros bonellianos, e principalmente ao Manoel pela simpatia, receptividade, e abertura das portas da MUNDO aos bonellianos.

    E te parabenizo novamente pelo excelente e incansável trabalho junto ao BDjornal, que aliás, hoje sou leitor dele graças aos seus belos textos texianos neles contidos (e convido a quem não conhece ou não leu ainda, a adquirir o seu), embora, como bem lembrou, não é uma publicaçào voltada exclusivamente aos Fumetti (o mesmo caso da MUNDO), mas tem ajudado a divulgar o mundo Bonelli em terras lusitanas e brasileiras (o mesmo que eu espero que a MUNDO consiga, e confio que conseguirá).

    Caro Nilson Farinha, também agradeço seus parabéns, espero poder fazer muito mais pelo Universo Bonelli na MUNDO e outros canais (se for possível), mas só esclareço que o responsável e chefe-supremo da MUNDO é só o grande Manoel.

    Abraços a todos.

  16. O mundo dos quadrinhos especialmente Tex está cheio de advogados do diabo, enaltecendo uma péssima publicação, mas, os verdadeiros e autênticos colecionadores de Tex e Bonelli, ficaram arrasados, e não adianta os editores e alguns colecionadores que nem compram Tex atualmente levantar a bandeira em defesa desses editores.
    A Bonelli è um monstro sagrado, não tem complexo de vira-lata e, não deveria autorizar tal acinte.
    Observem o Tex inicial, eles optaram por não poluir a arte do Capitão América com a chamada dos personagens Bonelli…
    Tenham paciência, se isso não é desconsideração… Tex, coadjuvante do Capitão América… inacreditavel, quadrinho por quadrinho, a Bonelli tem bem mais qualidade que Marvel e DC.

  17. A Bonelli autorizar? Mas quem é este cara? Quem diz uma barbaridade destas só revela pouco entendimento e ser alguém sem conhecimento.

    Não sei é como os responsáveis deste excelente blog ainda autorizam este cara comentar aqui, pois ele só quer é polémicas. Basta ver todos os comentários dele, mas a verdade é que ninguém o leva a sério. Deixem ele a falar sozinho!

  18. Após ler algumas das várias mensagens acima, confirmei a minha tese, já antiga, que explica porque personagens Bonelli são lançados e cancelados constantemente no Brasil. Com exceção da Vecchi que faliu, foi assim na Record (Zagor, Zagor Extra, Zagor Especial e Anual), Martin Mystère, Mister No, Dylan Dog e Nick Rider, na Globo com Tex, Zagor e Nathan Never, na Mythos com Mister No, Martin Mystère, Nick Raider, Dampir, Dylan Dog e fatalmente acontecerá o mesmo com Júlia.

    Os ditos fãs de Bonelli compram muito é nas listas/grupos e fóruns da Internet. Pedem lançamentos de novas revistas, de personagens antigos e de novos que nunca saíram por aqui, pedem edições especiais, em cores, etc. Mas na hora que vai se verificar a vendagem não aparece a venda para 90% por cento dessa galera tão apaixonado assim por Bonellis. Então as revistas são canceladas, pois a editora vive de vendas, como todos nós vivemos de nossas vendas, que é o nosso trabalho, para sobreviver.

    Toda vez que uma revista é cancelada só se houve lamúrias e xingamentos aos editores, como se eles, estes “leitores” em questão, não fossem parte do problema. Bem, pelo menos eles não são a solução. Gostam de comprar em sebos, pegar emprestada a revista de um amigo ou baixar o scan na Internet.

    Agora voltam sua fúria contra a Mundo dos Super-Heróis porque ela só vai dar DEZ páginas para o Universo Bonelli. MAS SÓ DEZ PÁGINAS??????????? Acham que R$ 14,90 é muito caro para pagar por dez páginas com a matéria de seus personagens… Rssssss Eu já comprei revistas que tinham MEIA página com matérias de meus personagens favoritos, seja de HQ ou seriados de TV.
    O problema não é esse, pois eles também não pagaram valores bem menores por uma edição das várias revistas canceladas de seus personagens “tão” favoritos. Tem uma certa estirpe de brasileiros que gosta de tudo de graça, comida na boquinha, se possível já mastigada para não dar mais trabalho.

    Para pagar a MDSH R$ 14,90 é caro, comprar pelo menos uma das revistas que foram canceladas era caro, mas não dispensam os vários maços de cigarro por semana, o chope no final de tarde ou nos finais de semana, o motelzinho com a namorada/mulher ou amante…

    Sou assinante da MDSH desde seu lançamento. Tenho TODAS. É uma revista voltada para os Super-Heróis, como diz textualmente sua capa. É de uma qualidade de matérias, pesquisas e imagens fabulosa, melhor que qualquer revista sobre quadrinhos que foi editada até hoje no Brasil, inclusive melhor que aquela famosíssima, que nem sei se ainda continua sendo editada.

    Vê-se de cara que é feita por quem gosta de quadrinhos.

    Se é voltada para super-heróis deve ter uma razão, não acham, “Bonellianos indignados”? Talvez seja porque o mercado deste tipo de quadrinhos ocupe mais de 60% da área destinada a HQ das bancas de revistas. Se não for mais. Se compararmos friamente, visitando bancas por aí, tem lugares em que é quase 80% de participação. Os grandes blockbusters dos últimos anos, deste ano e dos próximos anos, serão adaptações de personagens de super-heróis, notadamente de Marvel e DC.

    Talvez então esteja aí a explicação para que a revista seja voltada para este público, não acham “Bonellianos Indignados”?

    Agora conseguimos DEZ páginas numa edição desta prestigiada revista e os “BI” acham pouco, acham uma afronta porque não vai ter a capa com o Tex, Zagor, etc..

    Meus amigos, DEZ páginas desta revista, para uma primeira matéria, deveria levar a TODOS os Bonellianos convictos a comprar a revista, talvez até dois exemplares para os que possam, ou queiram ter uma segunda para guardar junto a coleção de Tex. Do sucesso de vendas DESTA edição é que se criarão as condições para novas matérias, até mesmo para uma seção fixa de duas ou três páginas, ou até mesmo para uma capa.

    Não adianta chegar na casa de quem nos convida gritando, querendo abrir a porta da geladeira e reclamando que a cerveja está quente e a carne passada demais. Temos é que procurar saber em que nós podemos ajudar para que a coisa fique ótima. E como é que nós podemos ajudar? Prestigiando a revista, comprando-a, falando dela para os amigos, postando no Facebook, no Orkut, no Twiter, fazendo a melhor e maior divulgação possível.

    Isto será muito mais aceitável e louvável do que escrever meia dúzia de palavras criticando algo que só trará benefícios aos seus personagens favoritos, pois quanto maior a divulgação, maior a chance de novos leitores. Certamente entre os leitores assíduos da MDSH haverá os que só gostam de super-heróis e dirão: “– Porra, gastar dez páginas com Bonelli, que nem são super-heróis???”

    Mas haverá entre eles muitos que tem cultura de quadrinhos, conseguem ler vários gêneros de histórias sem ficar bitolados em um único tema. Dentre estes, muitos que não leem ainda Bonelli, por não conhecer este universo, ou por nunca terem tido a curiosidade de comprar um revista para fazer uma análise melhor, ou por N outros motivos, certamente terão agora uma chance de conhecer. E muitos vão comprar.

    Eu não vou esperar chegar minha revista da assinatura, pois assim que ela pintar na banca já vou comprar a minha. Vou ler e guardar junto aos meus Bonellis. Depois vou escrever uma mensagem para a MDSH fazendo minha analise do que li e dando minha opinião e sugestão para próximas matérias.

    É o compromisso de um amante dos quadrinhos, sejam Bonellianos ou não, mas de qualidade.

    Abraços

    Alvarez

  19. A cada dez números da revista, mando para a encardenação. Já se vão dois volumes. Mas esse nº 25, vou ter que comprar mais exemplares. Pois um vai para o volume 3 e outros para amigos de outras terras. A divulgação do Universo Boneliano é sempre uma festa. Pois, como leitor das publicações SBE há mais de 40 anos, é com grata satisfação e louvável trabalho, este realizado pela publicação MDSH. Não li ainda. Mas creio no profissionalismo e no amor aos quadrinhos dos envolvidos no expediente da mesma. E que venha mais…

  20. Eu compro revistas informativas sobre quadrinhos de uma série de países e devo dizer que uma matéria de dez páginas sobre o que quer que seja é BASTANTE rara nesse tipo de publicação!

    Não lembro de já ter havido alguma no BD Jornal de Portugal (no qual eu colaboro), por exemplo.

    Geralmente são o apanágio de revistas ditas “acadêmicas” como a americana The Comics Journal ou a francesa dBD (dossiers de la Bande Dessinée).

    Portanto, um artigo de dez páginas sobre um assunto que NÃO faz parte do conteúdo habitual da revista (que é claramente voltada para a produção Marvel/DC) é um EXCELENTE destaque para os personagens da Bonelli! Ainda mais porque esse material costuma ser ignorado pelos especialistas brasileiros (em várias palestras em que eu participei no Brasil, quando se falava em Tex o que mais se ouvia era a pergunta “Tex ainda é publicado?“…).

    Aproveito e já digo para o pessoal da revista, que parece estar lendo esta discussão, que se algum dia quiser falar sobre quadrinhos franco-belgas (minha especialidade), eu teria o maior prazer em ajudar. E aposto que os leitores desse tipo de material, ainda mais obscuro no Brasil do que o Bonelli, não se queixarão por não ter menção na capa…

    Hunter (Pedro Bouça)

  21. Luis Felipe, deixe eu me apresentar para você que é leigo em quadrinhos. Eu sou apenas o maior colecionador de Tex do Brasil, aquele que tem várias vezes repetidos os principais itens raros do Tex, inclusive aquele número um com o bonequinho, que ninguém tem no Brasil.
    Não faça ataques pessoais em quem não conhece, mas, você não é obrigado a ser inteligente…
    Falar a verdade não é polemizar, e se os quadrinhos respiram hoje em dia é por causa de pessoas como eu, não como você, entendeu?

  22. Se o site TEXBR quiser, vários colecionadores ajudariam no lançamento da revista TEXBR com exclusividade aos personagens Bonelli. Esta sim uma excelente publicação, porque se é para os personagens Bonelli ficarem à margem de personagens secundários da Marvel, melhor lançar revista própria, além do mais todos sabemos que o Sergio Bonelli não aprecia quadrinhos de super-herois. Não quis lança-los na sua editora quando foi oferecido a ele, tempos atrás.

  23. Ei, Antonio, manda umas fotos dessa sua coleção. Afinal, não é todo dia que podemos ver algo que ninguém tem, ou melhor, quase ninguém, já que vc tem. Na verdade, EU tenho algo que ninguém mais tem: o Zagor 65 da Record.

  24. Eu já fui entrevistado aqui no blog do Tex (http://texwillerblog.com/?p=20599) e lá tem fotos. Vocês não são do meu circulo de amizades, nem eu pertenço ao circulo de vocês que se acham superiores, nem me interessa o seu Zagor 65. Na verdade temos ainda grandes colecionadores que não frequentam a Internet e têm raridades maravilhosas. Os 10 maiores colecionadores do país nunca mexeram em computador. Para não perder tempo com pessoas arrogantes, lembrem-se disto, e verão que nada sabem de quadrinhos, como imaginam, mas, no próximo encontro de colecionadores, levarei várias preciosidades.

  25. Por favor, vamos cingir-nos ao assunto do postUniverso Bonelli na revista Mundo dos Super-Heróis” senão vamos ter que fazer uma moderação mais activa e eficiente, o que penso não agradar a ninguém.

    Caso alguém deseje referir-se a algo relacionado com o Antonio Marcos Matias, ou caso o próprio queira falar da sua façanha de ser o maior coleccionador de Tex no Brasil, por favor comentem no local apropriado, o da entrevista cujo link é
    http://texwillerblog.com/?p=20599#comments

    Agradeço a compreensão de todos,

    José Carlos Francisco

  26. Eu também sou da corrente de opinião de que toda divulgação é válida, mesmo que não haja chamada na capa ou uma capa do Universo Bonelli. Temos é que nos congratularmos pela divulgação e pelo grande espaço de 10 páginas sobre os personagens. Como colecionador, será um item que pode um dia ser raro na coleção de todos. Nâo vejo a hora de adquirir e ler o meu exemplar. Zeca, parabéns pela colaboração e incentivo na divulgação dos nossos estimados heróis!

  27. Caros Quadrinautas,
    de acordo com a História Texiana no Brasil, a Editora Vecchi lançou o primeiro volume da série “Tex”, em fevereiro de 1971, com um arco e flecha como brinde. Desconheço esse bonequinho do Ranger mais temido do Oeste.
    Quanto ao Mundo Bonelli, vários de seus heróis – super-heróis em seus universos – vendem bastante álbuns na Itália e em vários países do mundo.
    Cordiais saudações a todos.
    Afrânio Braga
    Admnistrador de http://www.texbr.com/forum
    Autor de http://www.texbr.com/blueberry
    Colaborador de http://www.texbr.com/tex

  28. O bonequinho a que me referi é o arco com flecha amigo Afranio, até você dando uma de sabidão…
    Você é convicto ser mega especialista em hqs especialmente Bonelli, sem querer desfazer da sua condição, mas, pra mim com toda essa bagagem, sua atividade e conhecimento não representa absolutamente nada….
    Uma coisa é você achar e se exibir como especialista, outra coisa é você ser especialista de verdade e para falar a verdade achei um senhor que tambem tem esse brinde. Levarei-o em um encontro Bonelli, se for em São Paulo.

    Finalizo, com a reflexão: Será que os fãs da Bonelli aprovaram de verdade essa cadjuvancia em revista de super-heroís?
    Para mim foi imensa decepção, mas, como tenho tudo do Tex vou comprar, mas, convicto de que não vou ficar bancando o doutor em quadrinhos, nem o legalzinho, o bonzinho, fazendo estilo, pollyanna, onde tudo é legal, todo mundo é bom…
    O mundo das hqs não se resume apenas em internautas, tem colecionador em São Paulo com mais de 500 mil gibis.

    Acho que apesar de tudo essa revista com a Bonelli vai ser a mais vendida de todas.

  29. É claro que uma matéria numa revista do porte da MSH tem uma importânica imensa. A divulgação é mais do que necessária, pois assim irão se formar novos leitores, e dessa forma quem sabe alguns dos melhores personagens da Bonelli (Dampyr, Nick Raider, Julia Kendall, Dylan Dog) voltem às bancas brasileiras.

  30. Os quadrinhos Bonelli merecem um dossiê, não uma matériazinha feita só pra tapar buraco. Os 60 anos de Tex passaram em branco, Zagor #100 passou em branco e Magico Vento #100 passou em branco. Parabéns!

  31. Prezados Pards,

    Fiz uma pesquisa no Portal TexBr sobre os brindes nas edições brasileiras:

    Arco e flecha: http://www.texbr.com/texnormal/tx001.htm

    Bonequinho: http://www.texbr.com/texnormal/tx200.htm

    Voltando ao assunto: em 15 de abril de 2009, Caio Leite criou, no Fórum TexBr, um tópico sobre a vestimenta de Águia da Noite, aludindo a ser um uniforme de super-herói:

    http://www.texbr.com/forum/viewtopic.php?t=3632&start=0

    Como citei anteriormente, os heróis bonellianos são uma espécie de super-heróis em seus mundos. Claudio Villa desenhou Tex, mesclando o Ranger com o Superman e o Batman:

    http://www.ubcfumetti.com/tx/cinquanta.htm

    Saudações texianas,

    Afrânio Braga
    http://www.texbr.com
    http://www.texbr.com/tex
    http://www.texbr.com/forum
    http://www.texbr.com/blueberry

  32. Muito obrigado ao Ezequiel Guimarães!
    Agradeço em meu nome e no do Alexandre!
    Eu é que fiquei feliz e muito honrado em participar deste Blog e de uma matéria de tal porte e que tivesse tal repercussão!
    Obrigado também a todos os que elogiaram aqui!
    SUCESSO À TODOS!
    Ricardo Quartim

  33. Mais uma coisa que gostaria de falar, é que fiz esta matéria com todo o carinho e foi uma das que eu mais gostei de escrever. Realmente o Universo Bonelli é ADMIRAVEL e FANTÁSTICO!
    Espero que vocês gostem tanto de lêr quanto eu gostei de escrever.
    Ao contrário do que muitos podem pensar, essa matéria não foi um tapa-buraco mas sim planejada com bastante antecedência e foi a segunda de maior destaque depois do dossiê que é o carro chefe da revista.
    Se dependesse exclusivamente da Mundo dos Super-Heróis, teríamos uma capa e um dossiê da Bonelli, mas devemos estar atentos ao que o público leitor pede e primeiro fazer uma experiência para vêr o retorno.
    Abraços à todos!

  34. Olá Manoel.
    Legal o link, interessante, valeu.

    Olá Ricardo.
    Muito obrigado pelas palavras.
    Eu que agradeço à vc pelo entusiasmo com que desempenhou seu trabalho, e agradeço também ao Alexandre; e ao Manoel pelo espaço cedido, valeu.
    E agradeço à todos bonellianos que ajudaram de uma forma ou de outra com correções e sugestões.
    Espero podermos estarmos juntos breve numa 2ª matéria.
    Obrigado e abraços à todos.

  35. Comprei essa revista e valeu cada centavo. A matéria Bonelli está excelente parabéns. Espero que tenham outras com essa quantidade de páginas.

  36. E esse desenho no início da matéria está muito lindo, parabéns também. O desenhista até pode trabalhar na Bonelli na Itália que não vai fazer feio não.

  37. Essa eu tinha lido mas não tinha escrito nada por falta de costume mas agora resolvi escrever pois ganhei essa revista a alguns dias atrás. A matéria é muito boa e todo mundo deveria agradecer a revista por uma matéria tão boa e que divulga os italianos para o Brasil inteiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *