Fanzine “A Conquista do Oeste” – Maio/Novembro 2001 – Página 81 – Os outros artistas que participaram em filmes de “western” (Parte 1)

OS OUTROS ARTISTAS QUE PARTICIPARAM EM
.
FILMES DE “WESTERN” (Parte 1)

Muitos outros artistas teriam também um papel importante, na divulgação de filmes de “western”, ainda que em artigos anteriores, só nos tivéssemos preocupado mais com os actores que acabariam em Histórias aos Quadradinhos. Mas claro, houve muitos artistas de craveira mesmo, que tiveram um papel muito significativo nos filmes de “western”. No entanto, sobre esses iremos unicamente indicar os nomes e pouco mais. O espaço assim o obriga:

Art Acord (1890-1931). Actor de filmes mudos, começou no cinema em 1910 e fez filmes até 1929. Suicidou-se.
Rodolfo Acosta (1920-1974). Começou a trabalhar em filmes mexicanos. John Ford conheceu-o e levou-o com ele. Fez filmes de 1950 a 1971, inclusive participou em séries de TV.
Claude Akins (1918-1994). Entrou em vários filmes, quase sempre como bandido. Participou também em séries da TV.
Broncho Billy Anderson (1882-1971). Entrou numa larga centena de filmes mudos (300), desde 1903 até 1918, quase sempre como bandido que se regenerava no fim. Participaria num único filme sonoro em 1965, “The Bounty Killer”.
Pedro Armendariz (1912-1963). Era um grande actor mexicano. Entrou em filmes desde 1934 a 1962.
Robert Golden Armstrong (1917). Trabalhou em filmes desde 1958 a 1987.
James Arness (1923). Foi um actor de pouco sucesso, trabalhando em filmes de 1948 a 1952. A sua coroa de glória é alcançada com a série de TV “Gunsmoke”.
Roy Barcroft (1902-1969). Participa em filmes desde 1938 até 1967, entrando em mais de 100 películas.
Lex Barker (1919-1973). Um dos artistas que interpretaria no Cinema a figura de “Tarzan”. Também participou de filmes de “western” desde 1947 a 1968, em paralelo com outros filmes.
Don Barry (1912-1980). Data de 1938 o seu primeiro “western”. Trabalhou até 1976, inclusive na TV.
Afonso Bedoya (1904-1957). Entrou em uma dezena de filmes de 1948 a 1958.
Wallace Berry (1885-1949). Trabalhou no Cinema desde 1913 até á sua morte. Fez alguns papeis cómicos.
Bruce Bennett (1906-2007). Chegou a desempenhar a figura de “Tarzan”, em dois modestos filmes. Trabalhou desde 1938 até 1965, inclusive na TV.
Lyle Bettger (1915-2003). Fez sempre papeis de vilão. Participou em filmes desde 1952 até 1970.
Charles Bickford (1889-1967). Trabalhou desde 1929 até 1966, incluindo séries de TV.
Chief John Big Tree (1865-1967). Era um verdadeiro índio, que começaria a sua carreira no Cinema, desde 1915 até 1950. Desempenhou os papeis para que tinha nascido: os de índio. Morreu com 102 anos.
Ward Bond (1905-1960). Versátil e extraordinário actor, embora, quase sempre, tenha feito papeis secundários. Trabalhou desde 1930 até 1957.
Richard Buone (1921-1981). Outro extraordinário actor secundário. Obteve fama com a sua série de TV, “Have Gun, Will Travel” (1957). Trabalhou desde 1952 a 1972. chegou a fazer papeis de bandido muitas vezes.

(Para aproveitar a extensão completa da imagem acima, e/ou imprimí-la, clique na mesma)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *