Entrevista com o fã e coleccionador: Carlos Moreira

Entrevista conduzida por José Carlos Francisco.

Carlos MoreiraPara começar, fale um pouco de si. Onde e quando nasceu? O que faz profissionalmente?
Carlos Moreira: Nasci em Lisboa a 8 de Março de 1965, vivo no Cacem, sou casado e tenho um filho com 17 anos. Trabalho em artes gráficas onde sou responsável pelos armazéns de matéria-prima.

Quando é que teve início esta paixão pela Banda Desenhada, em especial pelo Tex?
Carlos Moreira: O interesse pela Banda Desenhada começou cedo, quase quando aprendi a ler, com os Tio Patinhas, Pato Donald e seus semelhantes. Mais tarde com publicações como Falcão, Condor, Mundo de Aventuras e outras que proliferavam pelas bancas, conheci Tex (com 12/13 anos) e desde então não parei mais.

Colecção de Carlos MoreiraPorquê o Tex e não outra personagem?
Carlos Moreira: Tex destacou-se dos demais pelo formato e sobretudo pelo desenho, embora possua outros westerns na minha colecção, como por exemplo Tenente Blueberry e História do Oeste, mas Tex será sempre o favorito.

O que Tex representa para si?
Carlos Moreira: A amizade e lealdade com os seus amigos e o seu sentido de honra e justiça.

BiblioTEX de Carlos MoreiraQual o total de revistas de Tex que tem na sua colecção? E qual a mais importante para si?
Carlos Moreira: Tenho 927 revistas na minha colecção: possuo todas as edições de Tex “normal”, Edição Histórica, Gigantes, Almanaques, Mini-Séries, Ouro, Anual, Tex e os Aventureiros, Especiais Férias, Grandes Clássicos e Coloridos. De Tex Coleção faltam-me alguns números e tenho ainda algumas edições italianas, francesas e uma holandesa.
Importantes são todas, mas talvez o nº 94 “Pacto de Sangue” seja o mais especial, pois foi o último a entrar na colecção e pelo facto de ter demorado 30 anos a conseguí-lo.

Caneca Tex e Boné TexColecciona apenas livros ou tudo o que diga respeita à personagem?
Carlos Moreira: Colecciono essencialmente livros, mas se aparecer algum objecto é claro que vai para a estante sem dúvida nenhuma.

Qual a sua história favorita? E qual o desenhador de Tex que mais aprecia? E o argumentista?
Carlos Moreira: Essa é complicada, gosto de várias histórias, mas dentro dessas destaco “O Grande Golpe” e “El Muerto”.
Aprecio entre outros, os desenhos de Fusco, Villa e Civitelli e entre os argumentistas, Nizzi.

Tex no MouraBD2007O que lhe agrada mais em Tex? E o que lhe agrada menos?
Carlos Moreira: Acho que gosto de tudo.

Em sua opinião o que faz de Tex o ícone que ele é?
Carlos Moreira: Todo o trabalho e dedicação desenvolvido ao longo dos anos, pela casa Bonelli assim como pelas editoras que publicaram Tex no Brasil.

Carlos Moreira lendo TexPara concluir, como vê o futuro do Ranger?
Carlos Moreira: Prevejo um futuro risonho. Com o staff que trabalha actualmente, assim como com os novos desenhadores que se vão integrando e demonstrando o seu valor, TEX continuará por muitos e longos anos.

Prezado pard Carlos Moreira, agradecemos muitíssimo pela entrevista que gentilmente nos concedeu.

(Para aproveitar a extensão completa das fotografias acima, clique nas mesmas)

6 Comentários

  1. Caríssimo Carlos Moreira: Parabéns pela sua colecção! Gostaria de saber se posso contar com a sua ajuda. Ando em busca de uma história do Tex, mas não sei em que edição se encontra. Dando-lhe pormenores do que me lembro da história, poderia direccionar-me? Agradeço-lhe imenso! Se possível, contacte-me para: maildoroger@gmail.com

    Obrigado!

  2. Grande colecção e tudo arrumado com carinho como quase todos os pards deste belo país, belas fotos. A seguir sou eu no blog eh, eh…
    Estou a trabalhar nisso!
    Um abraço a todos.
    Carlos (falcão) Santos

  3. Uma das melhores Bibliotex, fantástica. Adorei a entrevista! Um abraço. Orlando Santos Silva

  4. É muito bom conhecer um pouco desse “primo” de além mar, afinal de contas temos “quase” o mesmo nome, já que me chamo Antonio Carlos Moreira.
    Um grande abraço “primo” e parabéns pela coleção.
    AMoreira.

  5. Obrigado pelas vossas palavras AMIGOS, ao Orlando e ao Carlos que tenho o prazer de conhecer pessoalmente (já tenho saudades dos nossos encontros), ao “primo” Moreira e ao Roger quem sabe se um dia nos conhecemos?
    Um abraço texiano a todos.
    Carlos Moreira

  6. É bom saber que há espalhados pelo mundo varios fâs de TEX. Gostei da sua entrevista e gostaria de saber se vc pode me ajudar a encontar exemplares no idiomas ESPANHOL. Aguardo sua resposta ou de algum fã que veja este meu apelo. meu email: catinguera@hotmail.com ou catinguera@uol.com.br
    Abraço a todos.

Responder a Antonio de Deus Lima Filho Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *