CITAÇÕES DE TEX: Livro ´O Mundo dos Quadrinhos´ e a revista Mundo dos Super-Heróis #44 citam Tex

Por Ezequiel Guimarães

Como já citei em outro post aqui no Blogue do Tex, há fãs que gostam de ler (e até coleccionar), materiais de suas personagens favoritas, mesmo que seja apenas uma inserção homenageatória em uma história de outra personagem, ou até uma matéria ou apenas uma citação em algum texto.

Em muitos casos, mesmo sendo uma citação, permite entender mais sobre algum assunto que envolveu directamente, ou indirectamente o herói, ou até algum bastidor de algo que tenha a ver com aquele herói, mesmo se for de uma forma resumida (às vezes nem tanto).

É o caso, por exemplo, de ´Orgulho Nacional´.

Mas antes de falar dela, quero citar uma obra histórica, e que também cita Tex, que é o livro ´O mundo dos quadrinhos´, com mais de 250 páginas. Obra de fôlego, é um verdadeiro dicionário com mais de 1.800 personagens de quadradinhos citados. O grande justiceiro Tex Willer não poderia ficar de fora, e há um verbete destinado a ele.

Curiosamente, a data de criação do herói é citada erroneamente como sendo 1966 (e não 1948 que é o correcto). Mas temos que considerar que a publicação é do longínquo ano de 1977 do século passado, onde não se tinha acesso a tanta informação como se tem hoje, ao alcance do clic de um mouse (rato). Então nem todo autor que não fosse totalmente inteirado no assunto (pelo menos de fumetti), poderia citar com precisão algo que não conhecesse bem. Apesar do autor desse livro ser um apaixonado por quadradinhos, mas, naqueles anos, saber de tantas personagens, de vários países e ter informações precisas, aí é outra coisa, era uma tarefa hercúlea. Além de que, naquela época fazia poucos anos que Tex tinha retornado às bancas brasileiras, após estar ausente durante muitos anos.

Mas será que ele sabia a data correcta e o que aconteceu foi um erro de impressão ou revisão? Difícil saber, mas o facto é que a editora da obra, Edições Símbolo era bastante competente nos quesitos revisão e impressão.

Bem, o que importa é que o autor, o pernambucano e apaixonado por quadradinhos Ionaldo Cavalcanti, se esforçou (e muito) para gerar a obra, e fez questão em inserir Tex, o que ajudou também na divulgação do herói. A interessante obra, pode não ser a pioneira em citações de personagens, mas teve o mérito de aparecer numa época onde não era comum encontrar-se tantas opções (e esse tipo de livro, tipo um dicionário, menos ainda) sobre quadradinhos em livrarias como temos hoje. A importância da obra era tamanha, que foi saudada com euforia pelos fãs de BDs naqueles anos 70. E ainda seria uma das grandes referências sobre o tema quadradinhos nas décadas seguintes, de 80 e 90.

O prefácio é da lenda Álvaro de Moya, e é difícil de ser encontrado (coitados dos coleccionadores), pelo mesmo em bom estado de conservação. O preço será muito salgado, isso se for achado.

Voltando ao ´Orgulho Nacional´, que citei no início, é uma matéria sobre a saudosa editora brasileira Press, onde é citado Tex, mais precisamente pelo escandaloso caso de plágio do ranger mais temido do velho Oeste (esse plágio foi descrito pela primeira vez pelo grande escritor GONÇALO JUNIOR em sua magnífica obra O MOCINHO DO BRASIL – A HISTORIA DE UM FENÓMENO EDITORIAL CHAMADO TEX).

A matéria assinada por Antonio Luiz Ribeiro traça um panorama da vida e morte da editora, e foi publicada na revista Mundo dos Super-Heróis nº 44, publicação da Editora Europa voltada à cultura pop, quadradinhos, TV e cinema. Essa edição é a de Junho deste ano e ainda pode ser encontrada em muitas bancas brasileiras, sobretudo nas grandes cidades.

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

5 Comentários

  1. Caro pard Ezequiel
    Eu possuo esse livro em perfeito estado de conservação e o mesmo é como se fosse uma enciclopédia sobre os personagens de quadrinhos, trata-se de uma obra de referência. Na época eu tomei conhecimento do mesmo numa revista em formatinho do Homem-Aranha da editora Abril e entrei em contato com o autor, adquirindo o citado exemplar diretamente com o mesmo.
    Renato Alves da Silva
    Teresina-PI

  2. Esse livro eu tenho é muito bom, foi meu primeiro livro sobre personagens de quadrinhos que comprei.

  3. Não conhecia esse livro. Achei muito bacana, vou procurar ele. E essa edição da Mundo dos Super-Heróis vou procurar também, mas faz tempo que nao vi mais essa revista nas duas bancas aqui perto de casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *