As OITO histórias de Tex de Claudio Nizzi e as TRÊS escritas por Gianfranco Manfredi em PRODUÇÃO (num total de 78 histórias)

Por José Carlos Francisco e Sandro Palmas [1]

Depois de termos apresentado as 25 histórias de Tex escritas por Mauro Boselli e as 23 aventuras de Tex escritas por Pasquale Ruju que se encontram em produção, hoje apresentamos as 8 histórias de Tex com argumento de Claudio Nizzi e as 3 aventuras escritas por Gianfranco Manfredi e que estão a ser produzidas, num total de 78 histórias de Tex em produção pelo actual staff do Ranger na Itália, com base nas informações disponíveis no Tex Willer Forum nesta data:

As histórias de Claudio Nizzi

————————————————–
*** SÉRIE REGULAR MENSAL ***

————————————————–

Lucio Filippucci

L’assedio di Metzcali (título provisório)
220 páginas
Data provável de publicação: 2020
Estado: Filippucci em Março deste ano chegou à primeira metade (110 páginas) da história
Argumento:
História de ambientação mexicana.

Giovanni Ticci

Fuga verso il confine (título provisório)
220 páginas
Data de publicação: Setembro de 2021
Estado: Ticci recentemente desenhou a décima página desta história.
Argumento: Uma história com Tex, índios e Ely Donehogawa Parker.

————————————————–
*** SÉRIE MAXI TEX ***
————————————————–

Giancarlo Alessandrini

La grande congiura (título provisório)
274 páginas
Data provável de publicação: Abril de 2020
Estado: Roteiro e desenhos em curso
Argumento:
Nenhuma informação disponível.

————————————————–
*** TEX MAGAZINE ***
————————————————–

Mario Rossi (MaRo’)

Título desconhecido
78 páginas
Data provável de publicação: Janeiro de 2021
Estado: Roteiro e desenhos em curso
Argumento:
Nenhuma informação disponível.

————————————————–
*** COLOR TEX ***
————————————————–

Desenhador desconhecido

Título desconhecido
160 páginas
Data provável de publicação: Agosto de 2020
Estado: Roteiro e desenhos em curso
Argumento:
Nenhuma informação disponível.

Giuseppe Candita

Título desconhecido
32 páginas a cores
Data provável de publicação: Novembro de 2018
Estado: História terminada
Argumento:
Nenhuma informação disponível.

Rodolfo Torti

Título desconhecido
32 páginas a cores
Data provável de publicação: Novembro de 2019
Estado: Roteiro e desenhos em curso
Argumento:
História com ambientação mexicana.

Desenhador desconhecido

Título desconhecido
32 páginas a cores
Data provável de publicação: Novembro de 2020
Estado: História concluída
Argumento:
Nenhuma informação disponível.

As histórias de Gianfranco Manfredi

————————————————–
*** SÉRIE REGULAR MENSAL ***

————————————————–

Alessandro Nespolino

Título desconhecido
220 páginas
Data provável de publicação: Em Março de 2019
Estado: História concluída
Argumento:
História ambientada no Deserto do Mojave numa mina a céu aberto, tendo como protagonistas os mohaves e os condenados.

Alessandro Bocci

La regina dei vampiri (título provisório)
220 páginas
Data provável de publicação: 2020
Estado: Em Novembro de 2017 Bocci atingiu a metade da história (página 110)
Argumento:
Uma história ambientada no México, com El Morisco, com contornos de terror, que também contará com vampiros!

Massimo Rotundo

Sulle rive del Mississipi (título provisório)
330 páginas
Data provável de publicação: Em 2021
Estado: Em Março deste ano Rotundo desenhou a página 180
Argumento:
Tex vê-se envolvido numa aventura fluvial no Louisiana, nas margens do Mississipi.

NOTA:
– Todas as informações provêm de fontes directas ou da Internet, são portanto confiáveis mas sujeitas a alterações, sobretudo no que diz respeito à sua conclusão e publicação.
– Um agradecimento sentido ao staff do Tex Willer Forum e sobretudo a Carlo Monni, colaborador e relator de numerosíssimas informações úteis à compilação deste post dedicado às histórias de Tex em produção.

Copyright: © 2018 Sandro Palmas; TEX WILLER FORUM
[1]
(Texto publicado originalmente no Tex Willer Forum)

5 Comentários

  1. Per la cronaca. Il Tex magazine lo sto’ disegnando io:
    MARIO ROSSI (MaRo’)

  2. Confermo, sono alla fine dei disegni del primo di due albi intitolato “L’assedio di metzcali” scritto dal grande Claudio Nizzi. Storia molto complicata da disegnare (torme di indiani sul piede di guerra, teatranti e giocatori d’azzardo, soldati a cavallo e naturalmente i nostri pards con un delinquente al seguito) ma molto bella. Un degno rientro per un maestro della sceneggiatura al quale sono onorato di partecipare.

Responder a José Carlos Francisco Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *