3 Comentários

  1. Não me lembro de ter visto noutras imagens, ou mesmo em fotografias, Sergio Bonelli com uma expressão tão inefável! Lá no céu de Manitu, nas pradarias eternas onde o seu espírito nos contempla, ele pensa certamente que a sua missão terrena foi bem cumprida e que pode sorrir porque os sinais da sua passagem continuam bem visíveis nas trilhas que desbravou!…

Responder a Jorge Magalhães Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *