Antevisão Tex 603, desenhado por Marco Torricelli

O blogue português do Tex, divulga em nova antestreia2 páginas do próximo Tex italiano, o nº 603, a ser lançado no próximo dia 7 de Janeiro de 2011, com o título ”Faccia di cuoio“.

Argumento e roteiro de Mauro Boselli, com desenhos de Marco Torricelli que se estreia no mundo de Tex Willer e capa de Claudio Villa.

Um misterioso homem sem rosto em busca de vingança…
Juntos em Sacramento, na Califórnia, em companhia de alguns caubóis do rancho “Triplo X”, Tex e Carson encontram-se envolvidos numa intriga sinistra, entre roubos de gado e tentativas de linchamentos. O ambíguo rancheiro Dave Ryan procura fazer recair a culpa de tudo nos índios Modoc, que habitam nas montanhas vizinhas e que são guiados por um misterioso indivíduo com o rosto sempre escondido por uma máscara de couro…

Passemos agora ao desenhador da história…
Marco Torricelli nasceu em Génova no dia 30 de Novembro de 1957. Frequentou o Instituto Técnico de Contabilidade, mas a paixão pelo desenho levou-o à profissão de cartunista. Vem de uma família de artesãos, professores, escritores e jornalistas. Além dos quadradinhos, Torricelli gosta de literatura e de cinema, gosta de nadar e caminhar pelos bosques.

Marco Torricelli começou no mundo dos comics aos dezoito anos, fazendo quadradinhos para La Bancarella, suplemento do jornal Il Lavoro, e para Eureka com a personagem cómica em tiras Gudrun. Em 82, com o Staff di IF (Equipa de IF) de Gianni Bono, trabalhou com algumas séries como Candy Candy, Mickey Mouse, Pequeno Ranger, Magic Girl e Zagor. Nesse meio tempo fez muitas capas para a revista escolar Andersen.

Em 88 deixou o Staff di IF para colaborar com as revistas Corto Maltese, com textos do irmão Alessandro, e com L’Eternauta como autor de pequenas histórias fantasy. Depois de um intervalo com Gordon Link da Dardo (n.t.: a primeira personagem de Gianfranco Manfredi, hoje autor de Mágico Vento) e com a revista Moby Dick, voltou à SBE e colaborou com Zagor, Dampyr e Tex. Entre 2004 e 2008 frequentou um curso na Academia Lígure de Belas Artes e, desde 2007, sempre a desenhar as aventuras do Espírito da Machadinha, faz quadradinhos e ilustrações para o Mensageiro de Jesus Menino de Praga dos frades carmelitas descalços de Arenzano, belíssima cidadezinha na costa da Ligúria.

No que a Tex diz respeito foi o próprio Sergio Bonelli quem o convidou a desenhar o Ranger, durante uma visita que fez à redacção milanesa e quanto ao seu Tex, mais do que aos filmes, inspirou-se em fotos da época, embora também tenha levado em consideração filmes como “Rio vermelho”, um clássico de John Wayne, com Montgomery Cliff e Walter Brennan. Usou inclusive a fisionomia deste último para caracterizar o cozinheiro dos caubóis que aparece na história, mas para saber mais sobre Marco Torricelli não deixe de ler a longa e interessante entrevista que este autor nos concedeu em exclusivo.

Agradecemos à organização do XVI Salão Internacional de Moura, o MouraBD2007, por ter permitido a obtenção das fotografias, durante a exposição dedicada à nova vaga dos desenhadores de Tex Willer.

(Para aproveitar a extensão completa das imagens, clique nas mesmas)

2 Comentários

  1. Esse Tex do segundo quadro da segunda página é Galep puro! Curioso, não segue o “Ticci style” que parece ser a regra hoje na SBE.

Responder a Filipe Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *