Antestreia MUNDIAL de CINCO páginas do Tex Gigante “La cavalcata del morto”, escrito por Mauro Boselli e desenhado por Fabio Civitelli

Por José Carlos Francisco

Após ter estado patente na cidade do Porto, integrada na 1ª Edição do MAB Invicta – Festival Internacional de Multimédia, Arte e Banda Desenhada que se realizou na Faculdade de Belas Artes dessa bela cidade nortenha, no fim de semana de 17 e 18 de Março, uma exposição com 10 pranchas inéditas, cabe agora a vez ao blogue português do Tex, devidamente autorizado pela SBE, de divulgar em nova antestreia MUNDIAL5 (CINCO) páginas do próximo Speciale Tex (Tex Gigante ), o nº 27, a ser lançado, na Itália, no próximo dia 21 de Junho de 2012, com o título ”La cavalcata del morto“ (A cavalgada do morto), com argumento e roteiro de Mauro Boselli e com desenhos e capa de Fabio Civitelli.

Pranchas INÉDITAS do Tex Gigante de Mauro Boselli e Fabio Civitelli expostas no MAB Invicta

Um fantasma sem cabeça aterroriza o deserto do Sudoeste…

Nas noites solitárias ao redor da fogueira dos acampamentos, os cowboys contam muitas lendas aterradoras. Uma delas é a de Arturo Videla, o Comanchero decapitado, que vaga sem descanso pelas pradarias e desertos do Sudoeste no seu demoníaco garanhão negro. Mas talvez haja alguma verdade na lenda, porque o fantasma do homem morto começou a matar. E a sua primeira vítima foi um dos quatro rangers que o tinham executado há mais de vinte anos. El Morisco crê que a macabra aparição esteja relacionada com a sociedade secreta dos “ressurreicionistas”, que roubam cadáveres dos cemitérios do México, na estranha convicção de lhes poder trazer de volta à vida. Tex e os seus pards chegam a Pilares para ajudar o amigo e encontram-se imersos no mistério. Quem é o cavaleiro sem cabeça que aparece precedido pela sinistro som de uma flauta indígena? Como pode ser visto simultaneamente em locais muito distantes entre si? E que papel, tem na intriga, uma jovem e encantadora feiticeira Comanche?

(Para aproveitar a extensão completa das imagens, clique nas mesmas)

18 Comentários

  1. Civitelli sempre me impressiona pela qualidade de seu trabalho.
    Um abraço para todos!

  2. Nossa!

    Os efeitos do Civitelli para criar a noite são espetaculares.

    Mais um belo Texone para a coleção 🙂

    Abraços,

    Sílvio Introvabili

  3. Na minha opinião o ápice do genial Civitelli!

    Fantástico!

    E mais uma vez o blog do Tex cumprindo seu papel formidavelmente.

    Forte abraço a todos.

  4. GRANDE CIVITELLI!
    Mais um exemplo do seu FORMIDÁVEL trabalho e MESTRIA! Sem dúvida, um dos seus melhores trabalhos onde se prova toda a BELEZA do Traço envolvente e cheio de pormenor de Civitelli.
    Infelizmente, desta vez não me foi possível estar no Porto e ver “in loco” estas pranchas maravilhosas. Mas o GRANDE ZeCa encarrega-se de me fazer descobrir esse prazer, com a divulgação em primeiríssima mão no Blog do Tex de mais esta jóia de beleza rara. Parabéns ao ZeCa e ao Fabio. Um abraço.

  5. Muito legal ter um Gigante do magnifico Civitelli, meu Deus, cada página mais bela que a outra, o aspecto noturno está perfeito, sem fala no Cavaleiro sem Cabeça, de arrepiar, o Boselli é ótimo em histórias com um tom sombrio, junto com os desenho perfeitos do Fabio… nada a dizer, é só esperar chegar no Brasil e ter na coleção.

  6. Fantásticas pranchas, fantástica matéria. Parabéns Zeca pela matéria de altíssima qualidade (e da exclusividade).

  7. Non ho idea di come sarà la storia, ma queste tavole semplicemente straordinarie ci dicono che quello a cui stiamo per assistere è l’ennesimo capolavoro grafico di Civitelli!
    La tavola con Kit e il “senza testa” è semplicemente puro spettacolo!

  8. Non vedo l’ora di averlo tra le mani; sicuramente questa sarà, la migliore storia di Tex che io abbia letto finora.
    Inoltre io adoro il genere macabro-horror.

  9. I disegni di Civitelli in queste tavole sembrano una evoluzione del tratto alla Letteri (non sò perchè mi hanno ricordato Diablero). 😀

  10. Boselli e Civitelli… imperdível! Tive a oportunidade de ver algumas das pranchas desenhados por Civitelli para esta história quando de sua visita em São Paulo e me impressionaram a expressão e o capricho com El Morisco. Se já gostava das histórias com o bruxo antes, imagine desta. Acho que finalmente a bela Mitla encontrou uma adversária a altura! 😉
    Na expectativa…

  11. O traço e o estilo de Fabio Civitelli representam, a meu ver, a expressão máxima da arte do “western” enquadrada no universo de TEX… suplantando, de longe, o estilo menos sofisticado de Letteri.
    Os seus esfumados, nas cenas nocturnas, o rigor e o simbolismo da composição, dos enquadramentos, a elegância e a correcção do traço, o movimento aliado ao dinamismo obtido com rápidas mudanças de ângulo e de perspectiva, a eloquência e o impacto dos grandes planos, que funcionam como catalizadores da emoção (pelo menos, nestes exemplos), a iluminação das cenas tanto de interior como de exterior, num perfeito contraste do preto e branco, fazem destas páginas autênticos capolavori, no seu género! Uma obra-prima!
    Quanto ao argumento, conhecendo o talento e o prestígio de Boselli, que nunca deixa os seus créditos por mãos alheias, promete, sem dúvida, tornar esta aventura uma das mais espectaculares e memoráveis na série, já de si excepcional, do Tex Gigante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *