Os lançamentos portugueses (confirmados) de Tex da editora A Seita para o 1º semestre de 2021

Como anunciamos recentemente, em mais um grande exclusivo, aqui no Tex Willer Blog, vamos ter este ano uma segunda editora a publicar o Tex em Portugal: A SEITA, sempre com o objectivo de trazer o que de melhor a Nona Arte tem para oferecer!

Sendo o Tex a principal personagem da BD italiana e tendo muitas linhas editoriais e colecções na Itália nada mais natural haver interesse desta jovem editora em editar também o Ranger no nosso país, até por estar familiarizada com outras personagens bonellianas anteriormente publicadas com o seu selo como foram os casos de Dylan Dog e Dampyr, ambos na colecção Aleph.

Uma colecção de Tex quase perfeita para um mercado como o nosso é a colecção Tex Romanzi a Fumetti, constituída por álbuns em formato franco-belga, essencialmente histórias auto-contidas, que todos os leitores podem ler sem problema, sejam ou não fãs, conhecedores ou não de Tex. É essa colecção que A Seita irá trazer aos leitores portugueses, já a partir de Março, com um ritmo de lançamento que está planeado inicialmente para três álbuns por ano, num formato semelhante ao italiano: capa dura, formato franco-belga, a um preço, que ao que julgamos saber, será muito razoável.

Mas a notícia de hoje é sobretudo dar a conhecer, em mais um rigoroso exclusivo, os dois álbuns que A Seita vai editar no primeiro semestre deste ano, estando ambos os lançamentos já confirmados ao Tex Willer Blog pela editora.

Pasquale Ruju exibe orgulhosamente o seu álbum “La frustata”

O primeiro título a editar será “A chicotada” (“La frustata” no original, o décimo primeiro número da série Tex Romanzi a Fumetti) que contém uma história (obviamente a cores), de Tex e Carson empenhados numa aventura western com caravanas em terras mexicanas, escrita por Pasquale Ruju (um dos autores fixos da equipa de Tex) e desenhada pelo consagrado desenhador italiano Mario Milano. A capa, como é tradição, também é assinada pelo desenhador da aventura, capa essa que divulgamos hoje aqui no blogue do Tex embora não ainda na sua versão final. As cores (da história) são de Matteo Vattani.

Tex, A chicotada; Editora A Seita

A cicatriz de um chicote abre um sulco de ódio na alma…
Diego Portela há muito que preparava a sua vingança contra Don Alvarado. Mas a morte chegou um passo antes dele, levando com ela o poderoso rancheiro. O feroz “desperado” volta então as suas cruéis atenções para Blanca, a deslumbrante filha de Don Alvarado. Mas não contava com Tex e Carson…

O segundo título a editar pel’A Seita, também durante o 1º semestre deste ano, será “O homem das pistolas de ouro” (no original “L’uomo dalle pistole d’oro“, o nono número da série Tex Romanzi a Fumetti), história escrita também por Pasquale Ruju sendo desenhada por Rajko Milošević mais conhecido por r.m. Guéra, sendo as cores da responsabilidade de Giulia Brusco. Trata-se de uma aventura de um Tex jovem, nos seus primeiros anos de Ranger, com ambientação ao redor do Rio Bravo.

Na fronteira do Rio Grande, Juan Gonzales retornou do inferno para matar os velhos Rangers que o haviam caçado muitos anos antes. O cintilar dos seus revólveres é como o toque fúnebre de um sino, porque Gonzales não perdoa. Os amigos de Carson caem um após o outro. E da lista também faz parte o nome dele, que cavalgará com Tex na pista do homem das pistolas de ouro, num crescendo de sangue e de violência.

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *