Jornal da Bairrada destaca a 6.ª Mostra do Clube Tex Portugal no Museu do Vinho Bairrada

Jornal da Bairrada, de 11/04/2019
Texto da secção Culturas
Catarina Cerca

Jornal da Bairrada destaca a 6.ª Mostra do Clube Tex Portugal no Museu do Vinho Bairrada

MUSEU DO VINHO BAIRRADA (ANADIA)

6ª Mostra do Clube Tex Portugal regressa a 27 e 28 de Abril

Está de regresso a Anadia mais uma mostra do Clube Tex Portugal. Será nos dias 27 e 28 de Abril, que se vai realizar, como já vem sendo hábito, no Museu do Vinho Bairrada, mais uma Mostra do Clube Tex Portugal que vai já na sua 6.ª edição.

Este evento, que todos os anos traz à cidade de Anadia dois prestigiados autores da banda desenhada italiana Tex Willer irá, com certeza, atrair centenas de fãs e coleccionadores desta emblemática personagem da BD italiana.

Segundo revelou ao JB, o anadiense José Carlos Francisco, presidente do Clube Tex Portugal, esta 6.ª mostra do Clube Tex Portugal, único Clube em Portugal dedicado exclusivamente a um herói da Banda Desenhada e o primeiro Clube oficial de Tex no mundo, trará, este ano, novamente dois conceituados desenhadores italianos a Portugal.

Para além da presença dos consagrados desenhadores italianos Roberto De Angelis e Bruno Brindisi, o evento, à semelhança das anteriores edições, deverá integrar mostras pessoais dos autores e exposição de várias pranchas das suas histórias de Tex.

De acordo com a organização, a mostra volta a contar com o apoio da autarquia anadiense que disponibiliza novamente o Museu do Vinho para a realização de mais esta exposição.

Autores convidados.

Capa do Jornal da Bairrada de 11 de Abril de 2019

Roberto De Angelis inicia a sua carreira em 1983, quando se junta a um grupo de jovens autores que vão criar o fanzine Trumoon. Estreia-se em Tex em 2004, desenhando o álbum gigante Ombre nella notte, um registo em tudo diferente de Nathan Never, e que acabará por ficar atravessado na garganta do autor, que o considera mesmo um fracasso, nunca escondendo o desejo de poder redimir-se. A ocasião surge em 2015, durante o Festival de Lucca, quando se encontra com Mauro Boselli e lhe pede para desenhar uma história curta de Tex, o que acabará por se concretizar em 2016, quando vai receber um argumento de 248 páginas para a nova coleção Tex Willer, centrada na juventude do herói.

Oriundo de uma família de artistas, Bruno Brindisi, autodidacta, com apenas 19 anos fundou em 1983 a chamada Scuola Salernitana com Roberto De Angelis e Luigi Siniscalchi, com quem publicou a revista amadora Trumoon. Em 2002 começa a trabalhar em Tex, desenhando o Texone I predatori del deserto, termina na série mensal Muddy Creek, uma aventura que Vincenzo Monti deixara incompleta devido ao seu falecimento, e inaugura o Color Tex com a história E vienne il giorno. Em 2015, foi galardoado com o prémio Romics d’Oro, mas antes, entre 1993 e 2012, já tinha vencido inúmeros prémios e reconhecimentos pelo seu trabalho, nomeadamente o Comicon 2003, onde foi classificado como “… um jovem de qualidades técnicas e artísticas de elevado nível. Pela sua capacidade de descrever e evocar pesadelos e sonhos, paisagens reais e fantásticas, colocando o seu estilo ao serviço da aventura e da diversão”.

Copyright: © 2019 Catarina Cerca & Jornal da Bairrada

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *