Relatório anual do Clube Português de Banda Desenhada destaca A FESTA DOS 70 ANOS DE TEX

Os 70 Anos de Tex

Exposição realizada em parceria com o Clube Tex Portugal e a Sergio Bonelli Editore.
Inaugurada em 29 de Setembro de 2018, na Sede do Clube Português de Banda Desenhada, na comemoração dos 70 anos desta personagem.
Com a participação dos autores Bruno Ramella e Moreno Burattini.

Não há memória de alguma vez ter estado tanta gente na sede do Clube!

Uma boa comemoração Texiana reclama a presença de autores que tenham trabalhado na série, garantindo momentos inesquecíveis de contacto com os leitores. Fabio Civitelli iniciou esta presença, e já esteve em Portugal por cinco vezes (em 2007 em Moura, em 2008 na Amadora, em 2010 em Beja, em 2011 em Viseu e em 2012 no Porto), recebido sempre com o mesmo entusiasmo. A partir dessa primeira visita em 2007, Portugal já recebeu Marco Bianchini (em 2008 na Amadora), Andrea Venturi (em 2013 em Viseu e em 2017 em Anadia), Pasquale Del Vecchio (em 2014 em Anadia), Pasquale Frisenda e Stefano Biglia (em 2015 em Anadia), Massimo Rotundo e Maurizio Dotti (em 2016 em Anadia), Leomacs (em 2017 em Anadia), Walter Venturi e R. M. Guéra (em 2018 em Coimbra), Alessandro Bocci e Alessandro Nespolino (em 2018 em Anadia) e Rossano Rossi (em Beja em 2018).

E não podem ignorar-se, num contexto Texiano, a presença de dois grandes mestres que visitaram Portugal por motivos que não se ligavam ao universo de Tex, mas em que Tex não passou despercebido: Ivo Milazzo em 2011 no Festival de Beja (onde, de resto, estiveram expostas páginas originais do seu Tex Gigante) e Horacio Altuna em 2015 no Amadora BD.

70 anos de Tex comemorados em Portugal com Bruno Ramella e Moreno Burattini

Os autores que estiveram presentes na Amadora, no grande evento comemorativo dos 70 anos de Tex, organizado pelo Clube Português de Banda Desenhada e pelo Clube Tex Portugal, foram o desenhador Bruno Ramella, que se lançou inspirado em Ivo Milazzo e se notabilizou noutros títulos da Bonelli antes de chegar a Tex, e o argumentista e historiador Moreno Burattini. Para além dos autógrafos, também tiveram muito a dizer em encontro com os leitores.

Bruno Ramella falou da dimensão quase real de Tex, com leitores exigentes que obrigam a que o herói seja reconhecível: “O mais difícil é desenhar o chapéu: tem de ser Tex.

Moreno Burattini, argumentista e historiador de BD, já tem colaborado na revista do Clube Tex Portugal. Chegou a Portugal também como “embaixador” de todo o staff da redacção Bonelli, e partilhou as suas memórias de Giovanni Luigi Bonelli, Aurelio Galleppini, Sergio Bonelli  e outros nomes quase lendários. Para lá dos homens, Moreno conhece bem o protagonista Tex, tendo escrito vários livros sobre o herói. Tal como referiu em entrevista que concedeu em exclusivo ao blogue do Clube Tex Portugal, “Tex representa a segurança de uma presença: ele sempre esteve e sei que sempre estará. Uma espécie de tio que dá bons conselhos e sempre sabe o que fazer, que queremos ser como ele, que consegue tomar as decisões certas e reconhecer de imediato quem está certo e quem está errado. Também representa o máximo do profissionalismo para argumentistas e desenhadores: um produto bem feito e sem quedas de qualidade, uma garantia.

70 anos de Tex comemorados em Portugal com Bruno Ramella e Moreno Burattini

Muito obrigado ao Clube Tex Portugal, à Sergio Bonelli Editore, aos autores convidados, e a todos os que visitaram a sede do Clube para este grande evento!

(Para aproveitar a extensão completa  das imagens acima, clique nas mesmas)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *