Walter Venturi e R. M. Guéra ABRILHANTARAM o Coimbra BD 2018


O Coimbra BD 2018 – Mostra Nacional de Banda Desenhada que teve a sua terceira edição, realizada tal como as anteriores na Casa Municipal da Cultura, encerrou as suas portas ao final do dia deste último domingo, depois de  mais uma aposta firme da Câmara Municipal de Coimbra (CMC) no panorama cultural português.



O evento conimbricense, internacionalizou-se este ano pela primeira vez ao contar com a presença de dois consagrados desenhadores europeus: Walter Venturi e R. M.  Guéra, que com estas suas presenças vieram dignificar e ao mesmo tempo mostrar a maior consideração e maior relevo dado pelo Município de Coimbra a esta Festa Anual da Banda desenhada em Portugal, tendo a particularidade de este ano também ter aberto as portas ao maravilhoso mundo do Ranger,  já que Walter Venturi faz parte do staff oficial de desenhadores de Tex, mas havendo também a particularidade do desenhador sérvio estar no presente a desenhar uma história de Tex Willer, tendo inclusive exposto em Coimbra três pranchas inéditas dessa mesma história, numa antestreia mundial de grande impacto para o nosso país.

Além de tudo isso, ainda houve a abrilhantar o evento a grandiosa exposição dedicada aos 70 anos de Tex, onde estavam expostas dezenas de ilustrações originais da colecção particular de José Carlos Francisco, exposição essa que foi alvo de grandes elogios por parte de inúmeros dos visitantes, mas sobretudo por parte dos dois autores presentes. E de modo a dar mais cor e brilho à exposição, foram também expostos inúmeros itens relacionados a Tex e ao seu mundo, com especial relevo para livros e revistas de diversos países e de alguma raridade, para além de diversas estatuetas do Ranger assim como muitos outros itens que deliciaram os visitantes, em especial os fãs e coleccionadores de Tex.



Durante o fim  de semana houve uma excelente afluência de público e foram muitas as pessoas fãs do cowboy italiano Tex Willer, que escolheram Coimbra para vir conhecer estes dois grandes mestres da Nona Arte e vir ver a exposição do Tex. Ficou demonstrado inequivocamente que os consagrados desenhadores foram uma aposta certa por parte dos responsáveis do evento. Os desenhadores tiraram centenas de fotos e fizeram muitíssimos desenhos, bastantes inclusive de Tex com dedicatórias que sem dúvida passarão a ser o maior tesouro de muitos dos felizardos que os conseguiram. E o mais interessante é que tanto Walter Venturi como R. M. Guéra realmente se estavam a divertir tanto quanto os seus admiradores. Não se cansavam de agradecer a todos os portugueses pela acolhida que receberam no nosso país e que jamais esquecerão, prometendo ambos voltar assim que possível ou quando forem novamente convidado para um evento português…


(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *