Tex: Um 2018 de aventuras

Hoje no blogue do Tex vamos lançar um olhar à programação OFICIAL* das edições de Tex em 2018 (ano em que Tex comemora 70 anos de vida editorial) para descobrir em antestreia, através de uma viagem de várias etapas, o que Tex oferecerá aos seus leitores nos próximos doze meses.

O 2018 de Tex inclui os 70 anos de vida editorial do Ranger

Por Mauro Boselli e Giorgio Giusfredi*

Tex, o seu irmão Sam e o ranger Jim Callahan empenhados em desbaratar o bando de invasores que matou Ken Willer, na arte de Corrado Mastantuono

Tex tem setenta anos! Mas aparenta quarenta. Ou melhor, cerca de vinte… O que é que isso significa? Em Fevereiro sai um novo álbum cartonado a cores, de Boselli e Mastantuono, que concluirá a aventura iniciada no álbum “Il Vendicatore” (“O vingador) e verá Tex, o seu irmão Sam e o ranger Jim Callahan empenhados em desbaratar o bando de invasores que matou Ken Willer. Sobre o jovem Tex haverá outras grandes surpresas, mas iremos descobri-las quando – em Setembro – festejarmos o seu aniversário…

Uma das grandes surpresas reservadas para o Outono de 2018 – Arte de Fabio Civitelli

Na série regular, o Tex que todos nós conhecemos, na plenitude da sua maturidade e na companhia dos Pards, enfrentará, como é costume, todos os géneros de perigos: da seita chinesa das Tríades, activas no porto de San Diego, aos Apaches Chiricahua, do retorno do inexpugnável homem dos cem rostos, o “ressuscitado” Proteus, a outro grande regresso do criminoso louco conhecido como o Mestre, que, depois de San Francisco e New Orleans, aterrorizará nada menos do que a cidade de New York, obrigando Tex, Carson e Pat Mac Ryan, com a colaboração de Buffalo Bill e Ned Buntline, a lutarem entre os canyons de edifícios altos e comboios elevados, na selva urbana da maior metrópole do mundo.

Tex e as Tríades Chinesas na arte de Ugolino Cossu

Tex e os Apaches Chiricahua na arte de Yannis Ginosatis

Tex e Carson em New York na arte de Maurizio Dotti

Proteus regressa na arte de Bruno Ramella

Tex também participará de uma “Grande Corrida” através do Oeste selvagem, encontrará dois velhos conhecidos do seu passado, Tesah e o xerife Mallory, e voltará a evocar-nos o seu amor pela Lilyth e a última aventura do seu fiel Dinamite!

A última aventura do fiel Dinamite na arte de Roberto De Angelis

O habitual Tex Gigante a publicar em Junho, escrito por Mauro Boselli, traz desenhos de Majo, e verá Tex enfrentar a rebelião do seu filho Kit, que estará com um “Corpo Especial” dos Rangers!

Kit Willer à luta, na arte de Majo

Não é tudo, porque como dissemos anteriormente, teremos muitas outras surpresas no Outono!

*Texto apresentado no sítio da Sergio Bonelli Editore em 12 de Janeiro de 2018.
Tradução e adaptação a cargo de José Carlos Francisco.
Copyright: © 2018, Sergio Bonelli Editore S.p.A.

4 Comentários

  1. Olá, José Francisco esta nova série de Tex será publicada no Brasil com novo título e numeração começando do número 1? O Dorival pensa em lançar esta nova série no Brasil desde o número 1 ou ela será lançada nas séries já existentes da Mythos?

    • De concreto quase nada se sabe desta nova série, nem sequer na Itália, mas certamente será tão especial que a Mythos no Brasil também inaugurará uma nova série.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *