COMUNICADO DA MYTHOS EDITORA: Erro de impressão na página 206 de Tex Ouro 93

De Dorival Vitor Lopes, editor de TEX, recebemos o seguinte comunicado a propósito da edição nº 93 da série Tex Ouro, publicada no Brasil neste mês de Novembro:

AVISO DA MYTHOS EDITORA.

Amigo leitor, lamentavelmente, Tex Ouro 93 (Conspiração no Canadá, parte 2) foi impresso com um erro de impressão na página 206, erro esse que torna praticamente ilegível os diálogos dos balões de quatro quadrinhos.

Lamentamos muitíssimo pelo erro, e para que os nossos queridos texmaníacos não fiquem sem saber o que as personagens falavam naqueles balões e para corrigir essa falha vamos dar a página certa no Tex Ouro 94, com instruções para recortar e colar na edição 93.

Novamente pedimos que perdoem nossa falha e… VIVA TEX!

DVL (Dorival Vitor Lopes)
Mythos Editora

Página 206 de Tex Ouro 93 devidamente correcta num trabalho de Sérgio Streiechen

Página 206 de Tex Ouro 93 devidamente correcta num trabalho de Sérgio Streiechen

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

18 Comentários

  1. Mais uma vez, o nosso grande editor (Dorival Vitor Lopes) mostra um grande respeito para com os leitores, se manifestando, e sempre corrigindo alguns erros que às vezes acontecem com a impressão das nossas amadas HQs Bonelli. Parabéns Dorival, pela seriedade que você sempre teve teve e tem com os leitores. Um abraço Zeca.

  2. Eu sempre faço criticas para melhorar o nosso Tex, mas também sei reconhecer e elogiar o sr. Dorival pelo respeito que ele tem por nós que amamos o nosso Tex. Parabéns, são atitudes assim que fazem nos continuar.

  3. Deveria reimprimir a edição, e efetuar a troca de quem já comprou ou a devolução do dinheiro.

  4. Parabéns ao sr. Dorival. Excelente a solução encontrada por ele para resolver o erro da edição 93. Queremos ajudar ao nosso grande herói Tex e não complicar a vida da editora. Continuem publicando os grandes heróis Bonelli. Obrigado.

  5. Atitude positiva do editor ao ”assinar”, colocando o nome nesta Nota-de-Correção.
    Continue assim… ASSINANDO (quem fez o artigo/matéria) em qualquer texto nas publicações do Tex/Bonelli.
    O valor-moral é muito MAIOR!
    Viva Tex & os texianos(as)!

  6. Toda empresa erra às vezes, principalmente quando terceiriza etapas da produção. O importante é reparar o erro.

  7. Postura corretíssima, afinal, exigir a troca da edição por um erro de uma página é um pouco demais… se quebrarmos a editora, adeus TEX.
    Quanto ao erro persistente citado pelo Sérgio, deve estar se referindo à trema do primeiro balão, sinal suprimido na última reforma ortográfica feita para complicar a vida.
    Ou há mais algum?

  8. O erro está na parte inferior onde fica o numero da página. Deveria estar escrito “Tex Ouro” ao invés de “Tex”. A pagina correta foi escaneada por mim do Tex Mensal. Quando percebi o erro já tinha publicado… era tarde.

  9. Eu tenho 55 anos e compro Tex desde 14: Comprei a Tex 103 Edição Histórica com o arco “A Águia e o Relâmpago“.
    acontece que eu tenho 3 exemplares da extinta Vecchi com essa aventura: o 136 – A Águia e o relâmpago, o 137- Ninho de víboras e o 138- A Casa do Rio.
    E fiquei surpreso, porque simplesmente a Mythos não publicou a primeira tira de “Ninho de víboras” e a primeira tira de “A Casa do Rio”.
    paguei R$ 26,90 por uma publicação sem 2 tiras originais e aí, como é que eu fico?

    • Prezado Julio Caldas Alves de Brito essas tiras que faltam em Tex Edição Histórica são as chamadas tiras (ou vinhetas) de continuidade e que são sempre cortadas (no Brasil, mas também na Itália ou em qualquer outro país) quando uma história da série normal em continuação é publicada num só volume ou em continuidade como em Tex Ouro no Brasil ou na Collezione Storica a Colori em Itália… são as consideradas vinhetas de encher linguiça… ou seja estar ou não estar em nada perturba o natural desenrolar da história e são sempre cortadas quando se publica a história integral para não desvirtuar as três tiras por página…

      Agora cortes são aqueles que aconteciam no passado… dezenas e dezenas de páginas cortadas tornando as histórias incompreensíveis… vou citar apenas 2 de muitos exemplos… “Vingança de índia” Tex nº 2 e “Tex, vingador e justiceiro” Tex nº 23 (nesta aventura a nação texiana ficou sem saber o que aconteceu com Sam, o irmão de Tex, já que houve um corte nessa aventura. A Vecchi cortou abruptamente a história, encerrando-a naquela que é a página 147 do Tex Edição Histórica 47)

  10. Tem mais erro! Quando “reciclarem” histórias, façam as adequações ortográficas: “SEQÜESTRO” NÃO TEM MAIS TREMA. É SEQUESTRO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *