Lançamentos Mythos Editora: 2017 termina com Tex Graphic Novel 4 e 2018 inicia com Tex Ouro 94

* Neste final de ano que se aproxima vertiginosamente, a Mythos Editora, a casa brasileira das personagens Bonelli Tex, Zagor e Julia Kendall, já nos tinha brindado com o anúncio de algumas edições deveras especiais, de modo a encerrar brilhantemente mais um grande ano, com destaque para os lançamentos de Tex Anual 19, Tex Platinum 12, Tex Ouro 93, Tex Edição Histórica 102, Tex 577, Tex Coleção 440 e 441, Zagor 174 e 175 e Julia Kendall 131.
Mas 2017 não poderia terminar da melhor maneira se não pudéssemos anunciar Tex Graphic Novel 4 e para 2018 (UM GRANDÍSSIMO ANO BONELLIANO QUE AÍ VEM PARA A MYTHOS EDITORA), começar da melhor maneira divulgamos já hoje o Tex Ouro 94!

 

.
.
O grande destaque da Mythos Editora para este final de ano é o
Tex Graphic Novel 4, com lançamento previsto para o dia 12 de Dezembro e que contém uma história épica assinada pela dupla Gianfranco Manfredi (textos) e Giuliano De Vita (artes) e cujo título no Brasil é Desafio no Montana.
Um amigo da juventude de Tex em perigo. O cruel massacre de uma tribo inteira. Um impiedoso caçador de peles e de homens. A vingança dos índios pés-pretos. O clima mais hostil da América. Esses são os ingredientes desta gelada aventura do jovem Tex no Montana, emoldurada por uma belíssima, deslumbrante e arrebatadora arte colorido como você nunca viu antes!


2018 inicia com a publicação de Tex Ouro 94, com lançamento previsto para 17 de Janeiro. O volume cujo título é “Diadema indígena” traz uma história escrita por Mauro Boselli e desenhada por Guglielmo Letteri, o mítico desenhador de Tex com ligações a Portugal (a sua filha e os seus netos habitam neste pequeno país à beira-mar plantado): Um estranho diadema indígena cai por acaso nas mãos de Tex e Carson. Os heróis resolvem investigar a origem do objecto e entram em contacto com um feiticeiro da tribo pima que os acompanha ao desfiladeiro Jemez, onde, segundo um antigo mapa do povo anasazi, um pueblo quase inacessível pode encerrar o segredo do deus Kokopelli, o mágico guardião de um grande tesouro. Mas o corrupto xerife de Rio Lobo e uma quadrilha de bandoleiros mexicanos também querem o tesouro.


(Para aproveitar a extensão completa das imagens, clique nas mesmas)

10 Comentários

  1. Eu ainda estou esperando pra saber as novidades que o Zeca insinuou tempos atrás (acho que o contrato já deve ter sido assinado) essa HQ do Tex Ouro eu não li… já o Graphic Novel é com certeza inédito pra toda a comunidade Texiana exceto talvez para os poucos que leem em Italiano.

  2. Ansioso por esta nova Graphic. Não gostei muito da história do terceiro volume… Mas que capa espetacular, hein?

  3. Gente o que terá que ser feito pro sr. Dorival faca a coisa certa, veja nesse Tex Ouro de novo a escrita sobre a imagem. Parece que faz de propósito, tinha resolvido esse problema, agora vem e faz caca na capa.

  4. Olá, José Carlos, a Mythos poderia começar a lançar o Tex Coleção mensal, pois já se tem que comprar o Tex normal todo mês e como o Tex Coleção é quinzenal começa a ficar caro comprar as duas coleções ao mesmo tempo.

  5. Olá José Francisco,

    Quando é que voltamos a ter as edições da Mithos do TEX em Portugal?

    Em conversa com outros apaixonados, está a perder-se o interesse devido ao grande hiato causado pela suspensão do envio para Portugal (os últimos que comprei foi em Anadia, por amabilidade do Dorival que fez o favor de me trazer os números em falta).

    Fernando Videira

    • Olá prezado pard e Amigo Fernando Videira,
      Realmente esta longa ausência das edições de Tex dos quiosques nacionais não é nada boa, nem para os fãs e coleccionadores nem para o próprio Tex, mas vamos lá a ver se as negociações finalmente chegam a bom porto e volatmos a ter as edições da Mythos no primeiro semestre de 2018, de todo o modo haverá muitas e boas novidades texianas (e até bonellianas) no próximo ano para os pards portugueses e não somente com o selo da Polvo… aguarde a divulgação das novidades…

      A propósito, se quiser que o editor Dorival em Abril (aquando da 5ª Mostra do Clube Tex Portugal) lhe traga mais edições de Tex, é só fazer o pedido no início de Abril 😉

  6. Eu não sei se é proibido por contrato criar assinaturas para Portugal. Assim os leitores lusos teriam suas publicações via correios. Seria uma possibilidade.

    • Pard Banzé, de certo modo isso já existe e num modo melhor do que a assinatura que obriga ao pagamento antecipado. Há centenas de leitores portugueses a comprar sensivelmente a cada 2/3 meses revistas de Tex que a Mythos envia pelo correio e o comprador só paga no acto da compra… por enquanto é o que é possível, mas esperamos ter boas novidades a esse propósito ainda este ano 😉

  7. Sou a favor de mudar o logotipo do Tex Ouro a partir da edição 100. Ele é demasiadamente grande, e prejudica a arte das capas. Deveriam fazer algo menos chamativo, acredito que o departamento de arte da Mythos tem gente capacitada pra criar um logo melhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *