Entrevista com o fã e coleccionador: Sidnei Southier

Entrevista conduzida por José Carlos Francisco.

Para começar, fale um pouco de si. Onde e quando nasceu? O que faz profissionalmente?
Sidnei Southier: Chamo-me Sidnei Southier, nasci em Pato Branco, município brasileiro localizado no sudoeste do estado do Paraná. Tenho 41 anos e há 21 que trabalho no gerenciamento de condomínios e como corrector de imóveis em Riviera de São Lourenço, Bertioga – SP.

Quando nasceu o seu interesse pela Banda Desenhada?
Sidnei Southier: Recordo-me que quando tinha 6 anos, por volta de 1981, comecei a gostar de revistas de todos os tipos, pois fazia recortes das figuras.

Quando descobriu Tex?
Sidnei Southier: Em 1982. Muito claro como hoje lembro que recortei algumas páginas de Veleiro Maldito e era do pai de um amiguinho da escola, aí deu confusão (…risos…) . Fui chamado à atenção e desse momento em diante essa pessoa que não recordo o nome falou que eu podia olhar mas não era para estragar, comecei a olhar as figuras e depois a ler, algumas que me marcaram foram a Lua Comanche, Na fronteira do Colorado, A volta de Yama, O mistério da mina, O grande golpe

Porquê esta paixão por Tex?
Sidnei Southier: Por morar num sítio (quinta), eu sentia-me e queria ser Tex, o todo-poderoso (…risos…). As brincadeiras eram de ser Ranger e ficou impossível não seguir com essa paixão.

O que tem Tex de diferente de tantos outros heróis dos quadradinhos?
Sidnei Southier: Olha já li e tive vários outros: Fantasma, Zé Carioca, Tio Patinhas, Cascão, Zagor, mas realmente me afeiçoava mais ao Tex, daí a minha decisão em formar colecção somente de Tex.

Qual o total de revistas de Tex que você tem na sua colecção? E qual a mais importante para si?
Sidnei Southier: Por volta de setecentas, entre elas: primeira e segunda edição, almanaques, históricos, grandes clássicos, ouro, gigantes, mini-séries, coloridas. A mais importante é o Tex Ouro 3 “Lua Comanche” porque essa história me marcou muito.

Para além de Tex, o que mais colecciona?
Sidnei Southier: Tenho colecção de notas, moedas,cartões telefónicos. Fazia também de bonés e chaveiros quando morava no Paraná mas aí se perderam.

Qual o objecto Tex que mais gostava de possuir?
Sidnei Southier: Chapéu, até porque já usei um parecido, lenço, e revólver.

Qual a sua história favorita? E qual o desenhador de Tex que mais aprecia? E o argumentista?
Sidnei Southier: Então como já falei, a Lua Comanche é a minha favorita, por ser uma das primeiras que tinha lido e por ser bem emocionante!!  Quanto a autores, sem dúvida os textos que mais aprecio são os de G. L. Bonelli, já nos desenhos prefiro Aurelio Galleppini.

O que lhe agrada mais em Tex? E o que lhe agrada menos?
Sidnei Southier: Agrada-me ele ser uma pessoa que tem muita criatividade, muito verdadeiro e que sempre faz as coisa pela razão e ainda por colaborar com eliminar os pilantras que estão passando a perna nos inocentes. Não vejo nada que o desabone quanto ao seu perfil de Ranger.

Em sua opinião o que faz de Tex o ícone que é?
Sidnei Southier: Acho que por muitos colegas terem essa vontade de ser como o Tex, é uma inveja boa (…risos…). As pessoas identificam-se com Tex pela situações em que vemos Tex se sair sempre na melhor embora em algumas esfolado, mas sempre finaliza com honra.

Costuma encontrar-se com outros coleccionadores?
Sidnei Southier: Por enquanto não tive contacto pessoalmente com os pards, mas tão breve possa será um enorme prazer, só tenho contacto através das vias electrónicas.

Para concluir, como vê o futuro do Ranger?
Sidnei Southier: No Brasil encontramos dificuldades de encontrar as revistas e parece que algumas estão parando de produzir pelo alto custo, creio e torço para que dêem continuidade em realizar os nossos sonhos com novas edições e sequência das que já estão em andamento.

Prezado pard Sidnei Southier, agradecemos muitíssimo pela entrevista que gentilmente nos concedeu.

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

2 Comentários

  1. Parabéns pela entrevista, pard
    Muito caprichoso e muito linda sua coleção, abraço…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *