As Leituras do Pedro: Tex Coleção #306 “Aventura no Caríbe” & Tex Coleção #307 “O Navio do Horror”

As Leituras do Pedro*

Tex Coleção #306: Aventura no Caríbe
Tex Coleção #307: O Navio do Horror
Guido Nolitta
(argumento)
Guglielmo Letteri (desenho)
Mythos Editora
Brasil, Abril de 2012
135 x 177 mm, 114 p., pb, capa mole, quinzenal
R$ 6,90 / 3,40 €

O western puro e duro é o tema por excelência em Tex, mas ao longo dos seus quase 70 anos de existência, tem havido curiosas excepções. Mas talvez nenhuma tão estranha como a deste díptico.

Leitor regular de Tex, ao longo dos anos tenho trazido a este – e a outros espaços – algumas dessas ‘fugas à regra’, geralmente distintas pelo tom de sobrenatural ou fantástico que as caracterizam. No caso presente, a situação é bem diferente.

De regresso de uma viagem à Colômbia, Tex e Kit vêem o barco em que viajam desviado por piratas e, após um naufrágio, encontram-se numa ilha onde um parente de James Brooke, o rajá branco de Sarawak – esse mesmo, o grande inimigo de Sandokan… – planeia invadir e conquistar a ilha de Providence, para fazer dela o seu reino.

Os preparativos, nos quais Tex é obrigado a alinhar por Kit estar nas mãos dos seus adversários, são interrompidos pela aparição de um monstruoso animal que está a fazer vítimas entre os habitantes da ilha.

No final da revista #306 – ainda presente nas bancas portuguesas – o ranger irá descobrir que o animal em questão é nada mais, nada menos que um… dinossauro (!) como (será) mostrado na capa da revista #307, onde será explicada a sua origem e como os Willer vão solucionar o(s) problema(s).


Se já tinha visto Tex a defrontar uma tribo de vickings parada no tempo – in Tex Almanaque #16: A Ilha Misteriosa – e um cientista louco que conseguia fazer crescer seres humanos e animais – in Tex em Cores #22 – parece-me que esta aventura ‘pré-histórica’ do ranger – publicada originalmente no Tex italiano #253/#254, em 1981 – não sendo caso isolado (é verdade!!) – é a mais exótica que conheço e (até pela sua disponibilidade actual em Portugal)  justifica, só por isso, esta nota de leitura.

*Pedro Cleto, Porto, Portugal, 1964; engenheiro químico de formação, leitor, crítico, divulgador (também no Jornal de Notícias), coleccionador (de figuras) de BD por vocação e também autor do blogue As Leituras do Pedro (http://asleiturasdopedro.blogspot.com/).

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *