A realização do 333º póster de Claudio Villa em Tex Nuova Ristampa

A realização do 333º póster de Claudio Villa
.
em Tex Nuova Ristampa

Por José Carlos Francisco

Tex Nuova Ristampa é a terceira reedição de Tex na Itália, ou seja a 4ª série do Ranger: Tex (inédito), Tex Tre Stelle, Tutto Tex e Tex Nuova Ristampa. O principal atractivo da mais recente reedição de Tex, que actualmente tem uma periodicidade quinzenal, são os mini-pósteres da autoria de Claudio Villa, um extra que sempre acompanha a revista desde o número 1.

Vinheta de Claudio Villa que serviu de inspiração para o mini-póster de TNR 333

No Brasil estes pósters têm sido utilizados, sobretudo mas não só, como capas de Tex Edição Histórica, aliás foi o Brasil através do lançamento de Tex Edição Histórica, em Agosto de 1993, que deu azo a estas magníficas ilustrações, de Claudio Villa, muito bonitas e interessantes e que retratam situações passadas em histórias antigas de Tex Willer, já que os responsáveis da Editora Globo pediram a Sergio Bonelli a possibilidade de se produzirem capas inéditas para a “nova” série brasileira, pedido esse que o editor italiano atendeu de pronto e mais tarde, em Fevereiro de 1996, Sergio Bonelli também deu a conhecer aos leitores italianos os pósteres de Claudio Villa ao reproduzi-los no interior de cada número de Tex Nuova Ristampa.

Esboço inicial da ilustração para Tex Nuova Ristampa #333 inspirada numa vinheta da página 106 da edição italiana #503

A propósito da autêntica galeria Tex Nuova Ristampa que no passado dia 16 de Agosto viu então o seu 333º póster, Claudio Villa confidenciou-nos queNestas imagens procurei, desde o seu início, “encontrar” o Tex mais autêntico: a Lenda. Aquele Tex que está no coração de cada leitor desde a primeira história lida e por quem foi “capturado”. E imagem após imagem o retrato de Tex fica cada vez mais claro no papel. Com a convicção de que o leitor que está dentro de mim guia o lápis do desenhador que trabalha.

Ilustração a tinta da china do mini-póster de TNR 333

Antes do falecimento de Sergio Bonelli tudo começava com um esboço da imagem pretendida, determinado pelo próprio editor, já que ao contrário do que muitos pensavam, o desenhador não tinha liberdade para fazer a ilustração que bem entendesse para a história, como nos explica Claudio Villa: Se no passado tudo nascia na editora, onde Sergio Bonelli examinava pessoalmente a história em questão para procurar uma cena “de capa” entre as vinhetas desenhadas e depois elaborava um esboço veloz que me era enviado por fax, junto às cópias das páginas correspondentes (em geral, duas ou três), hoje em dia cabe-me a mim seleccionar a cena a eleger.

Ilustração pintada manualmente, por Claudio Villa, do mini-póster de TNR 333

Inclusive as cores da capa, são da responsabilidade de Claudio Villa: “Eu dou uma “indicação” de cor: faço uma fotocópia em A4 a preto e branco e passo a colori-la com tintas líquidas, pintando-a como gostaria de vê-la impressa. Depois é o impressor que deve, com os seus instrumentos, aproximar-se daquilo que fiz…“

Póster Tex Nuova Ristampa 333

Pois bem, foi todo este processo de criação da recente edição de Tex Nuova Ristampa 333 que demos hoje a conhecer aqui no blogue do Tex, uma ilustração que nasceu inspirada da edição nº 503 de Tex, a história do retorno de Mefisto!

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

5 Comentários

  1. Vendo essas imagens do maquiavélico MEFISTO me veio uma ideia pois já se avizinha o n° 666 do TEX ITALIANO…
    Que tal um especial com esse grande inimigo de Tex infernizando sua vida mais uma vez???
    Afinal esse n° 666 tem tudo a ver!!

  2. Concordo que a última ilustração sem a cor tem muito mais força.
    Outro excelente trabalho de Claudo Villa… mas nota-se uma pequena diferença no ombro direito de Tex em relação às imagens anteriores.

  3. Concordo com os Pards acima, as ilustrações em preto e branco tem muito mais força, são mais impactantes.
    Como já escrevi aqui várias vezes, os desenhos de Villa perdem muito com a péssima colorização da casa Bonelli.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *