O nascimento do CLUBE TEX PORTUGAL

O nascimento do CLUBE TEX PORTUGAL

Por José Carlos Francisco (texto e fotos) e Orlando Santos Silva (fotos)

A história acta da Fundação Oficial do CLUBE TEX PORTUGAL

No decurso do 18º Salão Internacional de Banda Desenhada de Viseu, organizado pelo GICAV – Grupo de Intervenção Cultural e Artística de Viseu, mais precisamente durante a Tertúlia Texiana realizada ao final do dia 10 de Agosto e que juntou quase 30 pessoas numa alongada mesa num restaurante situado no interior da Feira de São Mateus e que contou, obviamente, com a presença do próprio Andrea Venturi, autor de Tex convidado pela organização do evento, teve nascimento o CLUBE TEX PORTUGAL, uma iniciativa idealizada por Hernâni Portovedo e apadrinhada pelo próprio Venturi.

Hernâni Portovedo, Carlos Moreira, Andrea Venturi e António Guerreiro com a histórica acta da fundação do CLUBE TEX PORTUGAL

Trata-se de uma iniciativa destinadas aos fãs e coleccionadores de Tex Willer residentes em Portugal e que visa um maior convívio não somente entre os admiradores do Ranger, mas também, entre outras coisas, proporcionar a vinda a Portugal e consequente convívio com autores de Tex que se mostrem disponíveis para se deslocarem ao nosso país e quiçá até uma publicação destinada em exclusivo aos sócios do oficial CLUBE TEX PORTUGAL, caso a Sergio Bonelli Editore autorize.


Mas de momento damos conhecimento público da acta de constituição do CLUBE TEX PORTUGAL, elaborada por Hernâni Portovedo e assinada por todos os fundadores presentes na Tertúlia Texiana (e que nomearam Andrea Venturi como Sócio Honorário) de Viseu e que será devidamente emoldurada devido à sua alta importância:

Hoje dia 10 de Agosto de 2013 na presença do padrinho Andrea Venturi, decidiu-se nomear a comissão instaladora do CLUBE TEX PORTUGAL com os seguintes membros iniciais:

JOSÉ CARLOS FRANCISCO
HERNÂNI PORTOVEDO
MÁRIO MARQUES
JOÃO DIAS
CARLOS MOREIRA
ÁLVARO MACHADO
GASPAR PEREIRA
JOSÉ EDUARDO MONTEIRO
ANTÓNIO GUERREIRO
ORLANDO SANTOS SILVA

Os Estatutos deverão ser elaborados no prazo de 90 (noventa) dias e a “Escritura” celebrada num jantar a realizar em Lisboa. A quota será mensal e terá um valor de € 2,00 (dois euros) e VIVA O TEX!
.

José Carlos Francisco assinando a acta de fundação do CLUBE TEX PORTUGAL

As inscrições para sócio do CLUBE TEX PORTUGAL encontram-se abertas e podem ser efectuadas online aqui mesmo no blogue do Tex na forma de comentário a este post (ou via e-mail para José Carlos Francisco), com isenção de jóia (que será de € 5,00) até ao dia 31 de Dezembro de 2013, sendo obrigatório o pagamento da quota de Janeiro de 2014. Menores de 18 anos estão isentos do pagamento de quotas e todos os associados terão um cartão oficial do CLUBE TEX PORTUGAL devidamente numerado e personalizado!

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

16 Comentários

  1. Hillary Alessandra Arroyo Marques Valencia Machado (filha de Álvaro Machado), nascida a 14-03-2005, pretende ser sócia deste fantástico clube.

    • Ana Beatriz Gonçalves Francisco (filha de José Carlos Francisco), nascida a 26-02-2005, também se deseja inscrever como sócia do CLUBE TEX PORTUGAL.

  2. Espero que seja permitido a este humilde brasileiro também ser sócio do exclusivo e prestigiado Clube Tex Portugal. Prometo pagar minhas mensalidades em dia e participar ao vivo de pelo menos uma reunião por ano.

  3. Faço minhas as palavras do editor Dorival, que estando tão longe não hesitou em aderir, de alma e coração, ao Clube Tex, uma grande ideia, em boa hora nascida. Certamente que haverá, como ele, muitos outros texianos fora de Portugal desejosos de se inscreverem como sócios… e assim a aliança de fraternidade entre todos nós terá uma amplitude ainda maior.
    Dois euros de quota mensal está ao alcance de todas as bolsas e o propósito de fazer uma grande reunião anual com a presença de autores convidados, e até a edição de uma revista que seja como que um prolongamento do Tex Willer Blog, tem todo o meu aplauso.
    Um grande abraço para o Zé Carlos e para os outros promotores desta magnífica iniciativa.

  4. Altamente! Pena eu não ter ido… ainda ando a passar as noites em branco.
    Isso de assinarem sem mim não vale… a seguir criamos o partido Tex e compramos revolveres para desaparecer com os maus de Lisboa…. e a corja do 25 de Abril.
    Jantar em Mealhada ou Aveiro.

  5. Momento histórico este, o da fundação do “Clube Tex Portugal“! Que ele possa ser o início de muitos e memoráveis encontros e atividades ligadas ao TEX, para que a BD nunca morra nem o prazer que ela dá aos seus leitores, em qualquer parte do mundo. É como os jantares: em boa companhia, eles podem acontecer em qualquer lugar! E na companhia dos Texianos, o que não vão faltar são jantares para celebrar uma longa vida ao TEX e, agora, ao CLUBE TEX PORTUGAL.
    Um grande abraço a todos e… até ao próximo jantar texiano.

  6. Eu também gostaria de fazer parte desse clube, aliás, a idéia foi fomentada há algum tempo atrás, na minha presença!!!!

  7. Como não estive presente no jantar (era completmamente impossível) ainda vou ponderar se quero ser sócio ou não!

    Parabéns pela iniciativa.

  8. O BDjornal, desde sempre divulgador da personagem Tex Willer em todas as suas edições desde o nº4, deseja tornar-se membro do Clube Tex. É uma excelente ideia, que vai certamente, juntar muita gente.

    Grande abraço a todos!

  9. O que não pode é se desfazer no futuro!
    Estou pensando em me associar neste clube.

  10. A minha homenagem à direcção do CLUBE TEX PORTUGAL. Os meus cumprimentos a todos os pard’s da direcção.

  11. Sou Brasileiro, resido em Cuiabá MT, e gostaria muito de fazer parte desse clube, uma ótima ideia, seria um prazer ser sócio deste clube texano.

    • Muito obrigado pelo seu interesse em se tornar sócio do Clube Tex Portugal, prezado pard Luiz Carlos, mas para já o Clube só está aberto a portugueses ou a pessoas residentes em Portugal conforme determinam os Estatutos, exceptuando os sócios honorários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *