Os 10 mais belos temas sonoros de filmes de faroeste, um por filme

O blogue do Tex apresenta aos seus leitores uma selecção dos 10 mais belos temas sonoros de filmes de faroeste, um por filme. Os temas estão listados sem ordem de preferência e indicados por compositor e nome. A escolha foi feita pelo texiano Rodrigo Bratz, um grande aficionado por trilhas sonoras de filmes. Esperamos que apreciem-na!

Para ouvir cada tema, basta accionar o respectivo play no vídeo disponibilizado logo abaixo do respectivo cartaz cinematográfico. 
.
Eis a selecção:.

Dimitri Tiomkin Birth of Red River D
Do filme Rio Vermelho (em Portugal, O Rio Vermelho)

Elmer Bernstein Main titles and Calvera’s visit: “Allegro con fuoco”
Do filme Sete homens e um destino (em Portugal, Os sete Magníficos)

Ennio Morricone For a few dollars more
Do filme Por uns dólares a mais (em Portugal, Por mais alguns dólares)

Bruce Broughton On to Silverado
Do filme Silverado

Elmer Bernstein Rooster and runaway
Do filme Bravura indômita (em Portugal, A velha raposa)

Lennie Niehaus & Clint Eastwood Claudia’s theme (end credits)
Do filme Os imperdoáveis (em Portugal, Imperdoável)

Ennio Morricone The ecstasy of gold
Do filme Três homens em conflito (em Portugal, O Bom, o Mau e o Vilão)

John Barry The buffalo hunt
Do filme Dança com Lobos

Ennio Morricone Once upon a time in the West: Finale
Do filme Era uma vez no Oeste (em Portugal, Aconteceu no Oeste)

Jerome Moross The big country: Main title
Do filme Da terra nascem os homens

Tema extra

Como bónus, Rodrigo adiciona mais um tema:

Victor Young Main title (Prelude)
Do filme Os brutos também amam (em Portugal, Shane)

48 Comentários

  1. Boa seleção! Impressionante o quanto as trilhas do Enio Morricone se sobressaem e ainda hoje soam modernas.

    Como palpite, eu acrescentaria ainda:
    – De “Três Homens em Conflito“, o tema principal e o tema do duelo final;
    – O tema de “O Último dos Moicanos” (“The Gael“, se não me engano)

    (“O Último dos Moicanos” pode ser considerado faroeste?)

  2. Belíssima selecção, a todos os níveis, que nos faz sonhar com filmes e com músicas que nunca se apagaram da nossa memória, mesmo quando não tínhamos a possibilidade, como hoje, de os rever nos ecrãs dos televisores.
    Concordando com as duas sugestões do Henrique Placido, gostaria de acrescentar o tema principal de “Shane“, para mim um dos maiores “westerns” de sempre, com uma banda sonora inesquecível do Victor Young.
    O Último dos Moícanos” pode ser considerado faroeste? Para os mais puristas talvez não, mas não esqueçamos que foi Fenimore Cooper quem criou as raízes do género. Por isso, eu acho que sim, que também é faroeste, embora com características diferentes e passado numa época muito mais remota do que as dos filmes aqui citados, quando ainda não existia a era dos “cowboys“.
    Parabéns e obrigado aos mentores desta nova e excelente rubrica: Rodrigo Bratz e José Carlos Francisco. Cada vez mais o blogue do Tex se afirma como um espaço privilegiado para todos os amantes do “western“!

  3. Pois é Jorge… O tema é parecido: formação dos EUA, a relação entre homens e índios, etc.; por outro lado, o filme se passa antes mesmo da marcha para o Oeste. Parece uma espécie de “prequel” para os Westerns, hehehe

  4. Excelente lista, parabéns pelas escolhas! Mas eu se fizesse uma lista semelhante, provavelmente os temas de Ennio Morricone estariam ainda em maior número. Para mim, o tema de abertura de “O Bom, o Mau e o Vilão” e o “The Man with the armonica” do “Aconteceu no Oeste“, são absolutamente incontornáveis!

  5. A-D-O-R-E-I !!!!

    Curto demais temas de filmes, gostei de todas!
    Mostrarei para o meu pai… ele vai adorar também!!!

  6. Parabéns Rodrigo e o blog do Tex pela escolha e pela iniciativa. Eu concordo com vários aqui acima de que as músicas do Ennio Morricone marcaram época e ainda são bonitas, mas os poucos filmes de Oeste atuais trazem trilhas sonoras bastante envolventes e mais acústicas, como, por exemplo, a trilha de Twosocks em Dança com Lobos. Outro exemplo é a excelente trilha sonora do remake de 3:10 to Yuma com Russel Crowe.

  7. Fantástico, sublime. Não sabia que o tema de Claudia tinha tido a mão de Clint Eastwood. Esse cara é phoda.

  8. A pedido do nosso prezado pard Rodrigo, foi incluído “Main title (Prelude)“, do filme Shane, como o tema extra da selecção.

  9. Que bela surpresa, pard Rodrigo! Não tenho palavras para lhe agradecer a satisfação do meu pedido, mesmo decorrido mais de um ano. Por isso a surpresa ainda foi maior!
    Adoro a música deste “western” que já devo ter visto, no cinema e em DVD, uma centena de vezes… assim como adoro o filme no seu conjunto, os actores, a paisagem, o tema, a realização de George Stevens, que o transformou numa obra-prima.
    Como você é um perito na matéria tenho outro pedido a fazer-lhe (com a cumplicidade do Zé Carlos) e para o prazer de todos os amantes do “western” e seguidores deste blogue: que nos brinde, logo que possível, com outra selecção das melhores bandas sonoras de filmes do Faroeste. Todos nós lhe ficaríamos imensamente gratos!

  10. Uma outra musica de faroeste linda é Django (Luis Bacalov) Vocal e também só instrumental. Cara são lindas!!!! Se puder acrescentar eu ficaria agradecido.

  11. Pena que ficou de fora a lindíssima música do filme de Giuliano Gemma, Califórnia Adeus. E o tema de “The Searchers” (Rastros de Ódio), de Stan Jones? Pra mim, é a segunda melhor, depois da adequadíssima trilha sonora que Victor Yong fez para Shane. Pô, já ia me esquecendo das espetaculares músicas temas do épico filme “The Álamo“, de John Wayne.
    A verdade é que não se pode selecionar apenas 10 músicas, sob pena de cometer injustiças terríveis com umas outras 90 músicas deliciosas que marcaram os filmes americanos e italianos. Não sai de minha cabeça os créditos finais de O Dólar Furado subindo ao som da viola de “Se Tu Non Fossi Bella Come Sei“.

  12. Quanta saudade dos filmes do velho oeste americano. Me fez relembrar tempos que já não voltam mais. Parabéns aos idealizadores e garimpeiros desta coletânea.

  13. Extraordinário programa com os filmes que me trazem imensas saudades, dos meus tempos de juventude quando ia ao cinema.

  14. Todas estas músicas são demais, porém não esqueçam da musica tema do filme KEOMA, ainda hoje quando ouço aquela musica me causa arrepio de emoções e olhe que faz décadas que a conheço, e sempre que a ouço é como se fosse a primeira vez, é um épico.
    Tanto o filme como o tema são demais!

  15. Desde pequeno sou fascinado por estas músicas…
    Obrigado, todas são fantásticas.

  16. TEMAS MUSICAIS SOBRE FAROESTE (Tenho baixadas em MP3)

    1.TRINITY (Trindade. Filme homônimo) – Gianfranco Plenizio e orquestra (3,05ms-1970)
    2.THE GOOD, THE BAD AND THE UGLY (Filme O bom, o mau e o feio)-Hugo Montenegro (2,49ms-1966)
    3.RAINDROPS KEEP FALLING ON MY HEAD (Filme Butch Cassidy and Sundance Kid) – B.J Thomas (4,29ms-1969)
    4.ONE SILVER DOLLAR (Filme O dólar furado) – Maurice Renet e orquestra (2,38 ms – 1965)
    5.PER UN PUGNO DI DOLLARI (Filme por um punhado de dólares) – Ennio Morricone (2,57ms-1964)
    6.BLAZE OF GLORY (Filme Jovens demais para morrer) – Bon Jovi (5,37ms-1990).
    7.JOHNNY GUITAR (Filme homônimo) – Nico Fidenco (2,57ms-1954)
    8.PER QUALCHE DOLLARO IN PIU (Filme por uns dólares à mais) – Ennio Morricone (2,46ms-1965)
    9.APACHE (Tribo Norte-Americana) – The Jet Blacks (2,48 ms – 1963)
    10.DJANGO (Filme homônimo) – Maurice Renet e orquestra (3,03 ms -1966)
    11.I GOT A NAME (Filme Django livre – 2012) – Jim Croce (3,11ms-1973)
    12.BONANZA (Seriado de TV) – Jay Livingston e Ray Evans (2,02ms-1959)
    13. C’ERA UNA VOLTA IL OESTE (Filme Era uma vez no Oeste) – Ennio Morricone (3,42ms-1968)

  17. Cara, não tenho nem palavras para falar. Essas músicas são um retorno aos bons tempos em que ouvir musica fazia um bem ao corpo, este tipo de música não deveria nunca deixar de tocar.

  18. Estas músicas sempre serão as melhores do mundo.
    Nunca ficarão velhas. Amo todas!

  19. Adoro músicas de cinema, em especial Ennio Morricone, só que não estou conseguindo ouvir. Como proceder? Obrigada.

  20. Uma forma sadia que encontrei de regredir minha idade aos BONS TEMPOS do Verdadeiro CINEMA.

  21. Gostei de todas as músicas, faltou a música do filme “Rastro de ódio” que é pra mim o melhor filme de faroeste. E o filme e música “Johnny Guitar“.

    • Todas lindíssimas, mas as de Ennio Morricone se tornam incrivelmente melhores, parabéns pela seleção.

  22. Maravilhoso, relembrei os tempos que eu e meu pai, assistimos todos estes filmes, saudades velho companheiro, e muito obrigado por vocês. me fazerem lembrar.

    Grato!

  23. Gostaria de ter acesso a ” Partitura “, cópia digital, da música, trilha sonora do filme ” Era Uma Vez no Oeste “, título original ” Once Upon Time In The West ” !

    Obrigado ! Israel

  24. Para você que é fã de cinema, recomendo ouvir a radio cinema,
    a primeira web rádio brasileira só com temas de filmes dos ultimos 70 anos, 3840 gravações famosas, 8 dias sem repetição de musica, o melhor acervo do mundo.

    Visite o site CINEMA.RADIO.COM

    Grato

    Horacio

  25. Estas músicas sempre serão as melhores do mundo.
    Procuro a música de abertura do filme Rio Lobo composta por Jerry Goldsmith.

    Abraço

    Hugo

  26. Gostaria de saber como adquirir músicas da trilha sonora de filmes de faroeste. Att. José

  27. Caros amigos, muito boa a seleção de músicas de faroestes.
    Gostaria de acrescentar 3 detalhes que considero importantes:
    1. a trilha sonora de “Fúria no Alasca” (North to Alaska) de Lionel Newmann – especialmente a música-título de Johnny Horton – me parece que o título em Portugal foi “A terra das mil aventuras”.
    2. a trilha sonora de “Matar ou Morrer” (High Noon) de Dimitri Tionkim, me parece que o título em Portugal foi “O comboio apitou três vezes).
    3. e uma curiosidade sobre “Butch Cassidy”, cujo título em Portugal me parece que foi “Dois homens e um destino” A música que todos identificam com o filme é RAINDROPS KEEP FALLING ON MY HEAD, no entanto, o belíssimo tema principal é aquele que pode ser ouvido durante a abertura do filme e que, anos mais tarde, foi magistralmente cantado por ASTRUD GILBERTO (Where There’s a Heartache), uma verdadeira pérola. A trilha sonora foi de Burt Bacharach.
    Abraços,
    José Afonso

  28. Desde criança trago nas minhas lembranças essas lindas músicas. Quando as ouço tenho muitas saudades de tudo que eu fazia e vivia ouvindo-as.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *