A Gibicon a dois passos de casa…

Por Valdivino Otilio de Almeida

Depois da minha longa aventura (numa viagem relâmpago) em Outubro do ano passado para conhecer Fabio Civitelli, na companhia da minha esposa e do meu filho John Lucas, aquando do 17º Fest Comix de São Paulo, agora tive a felicidade de receber o Tex e dois dos seus autores, o mesmo Fabio Civitelli que tinha conhecido em São Paulo, mas também, Lucio Filippucci, num fabuloso evento realizado na minha cidade, Curitiba, capital do Paraná, a Gibicon nº 0.

Estou acabando de chegar em casa e desde logo escrevo estas palavras… foi muito gratificante participar do evento. O Fabio Civitelli e o Lucio Filippucci são grandes personalidades que fizeram a alegria de todos os presentes, desenhando para todos os texianos e eu mesmo que no Fest Comix não tinha conseguido um único desenho original e exclusivo, acabei desta vez conseguindo vários e de ambos os autores, assim como o meu filho John Lucas, como poderão ver em algumas das fotos que ilustram este meu texto.

Nesta Gibicon nº 0 encontrei novos amigos texianos (o Zanolla, o Nei e sua filha, o Ezequiel e sua esposa, o Sergio Starepravo de Curitiba e mais um pard que veio de Teresina) e revi muitos outros amigos (Vander Dissenha, o editor Dorival Vitor Lopes, o Júlio Schneider, o Gervásio, o Nilson, o Felipe e sua esposa, o Paulo Possebon e mais alguns que não citarei, para não cometer o lapso de me esquecer de algum) mas também senti bastante a falta do nosso ilustre Tex brasileiro, o G. G. Carsan e também do ilustre divulgador mundial do Tex, o grande Zeca de Portugal e ambos deveriam ter estado presentes e foi realmente uma pena ambos os amigos não estarem por aqui nesta primeira passagem de Tex por Curitiba.

Para finalizar, apenas digo caros amigos, que foi portanto fantástica esta primeira Gibicon em que estive presente e onde parecia uma criança já que a felicidade era tanta sobretudo por rever os velhos amigos e conhecer novos amigos e espero que no futuro venham outros eventos similares já que o Civitelli e o Filippucci foram de uma simpatia e disponibilidade únicas: nota 1000 para ambos! Inclusive o meu filho John Lucas também esteve sempre radiante pois teve o seu dia de glória junto dos Mestres italianos, ele que um dia também sonha vir a ser um desenhador profissional…

Já agora, para quem gosta de ver um Tex “nascer”, deixo-vos o vídeo onde Lucio Filippucci desenha um belíssimo Tex para este vosso pard:

(Para aproveitar a extensão completa das fotografias acima, clique nas mesmas)

2 Comentários

  1. Excelente post, pard Valdivino, excelente a idéia de filmar a realização do desenho. Foi muito legal te conhecer, e fico feliz que vc “recuperou” tudo que não pode fazer em SP.
    Abraço

  2. Oi Valdivino,

    Prazer encontra-lo junto ao filhão neste evento. Parabéns pelos desenhos autografados (o meu ainda não foi desta vez – era exigir demais -, mas a menina recebeu um belo desenho do Doc Mystère feito por Filippucci). Registros imperdíveis, boa idéia do vídeo, evento memorável!

    Abraços,

    Nei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *