Entrevista com o fã e coleccionador: Marcelo do Nascimento da Silva

Entrevista conduzida por José Carlos Francisco.

Para começar, fale um pouco de si. Onde e quando nasceu? O que faz profissionalmente?
Marcelo do Nascimento da Silva: Nasci em Guaira, no Brasil, em 25 de Junho de 1984 e trabalho como garçom num restaurante da cidade.

Quando nasceu o seu interesse pela Banda Desenhada?
Marcelo do Nascimento da Silva: Quando eu era criança adorava ler de tudo e um dia um amigo emprestou-me algumas revistas. Foi a partir desse dia que nasceu o meu interesse pela banda desenhada.

Quando descobriu Tex?
Marcelo do Nascimento da Silva: Em 1992. Eu estava enjoado de ler revistas da Walt Disney e queria alguma coisa diferente. Foi quando eu conheci o Tex…

Porquê esta paixão por Tex?
Marcelo do Nascimento da Silva: Tex é sensacional, ele leva-nos a conhecer o oeste selvagem e transporta-nos por caminhos incríveis.

O que tem Tex de diferente de tantos outros heróis dos quadradinhos?
Marcelo do Nascimento da Silva: O carisma. O seu poder de conquistar as pessoas é demais.

Qual o total de revistas de Tex que você tem na sua colecção? E qual a mais importante para si?
Marcelo do Nascimento da Silva: Pouco mais de duzentas. ”Sequestro nas Colinas do Vento” é a mais importante para mim por ser a primeira história de Tex que eu li.

Colecciona apenas livros ou tudo o que diga respeita à personagem italiana?
Marcelo do Nascimento da Silva: Apenas Tex. Antigamente e falando portanto no campo das revistas, também coleccionava Zagor e Mister No.

Qual o objecto Tex que mais gostava de possuir?
Marcelo do Nascimento da Silva: A sua camisa amarela.

Qual a sua história favorita? E qual o desenhador de Tex que mais aprecia? E o argumentista?
Marcelo do Nascimento da Silva:O Passado de Kit Carson’’. No que a desenhadores diz respeito e com todo com todo o respeito ao Galep, Claudio Villa é um génio. Já nos argumentistas, Giovanni Luigi Bonelli na minha opinião continua insuperável.

O que lhe agrada mais em Tex? E o que lhe agrada menos?
Marcelo do Nascimento da Silva: A coragem e a sua simpatia… de menos? Nada, Tex é perfeito!

Em sua opinião o que faz de Tex o ícone que é?
Marcelo do Nascimento da Silva: A forma como as suas histórias são contadas, pois o realismo que elas nos passam é impressionante.

Costuma encontrar-se com outros coleccionadores?
Marcelo do Nascimento da Silva: Às vezes.

Para concluir, como vê o futuro do Ranger?
Marcelo do Nascimento da Silva: Acho que ele ainda vai continuar por muitos anos. E espero que conquiste mais fãs a cada dia que passa.

Prezado pard Marcelo do Nascimento da Silva, agradecemos muitíssimo pela entrevista que gentilmente nos concedeu.
(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *